[Resenha] Quebra-Nozes & Camundongo Rei, de E.T.A Hoffmann

Sinopse

Um dos melhores contos do genial E.T.A Hoffmann, pela primeira vez numa tradução direta e integral. A pequena Marie se vê às voltas com estranhos acontecimentos desde que ganhou de Natal um curioso senhorzinho quebra-nozes. Os objetos ao seu redor parecem ganhar vida: as bonecas, os soldadinhos de chumbo de seu irmão...até que surge uma horripilante criatura para estragar tudo. Um mundo encantado está em perigo e para piorar, ninguém mais acredita nela. Uma história repleta das coisas mais esplêndidas e maravilhosas... se tivermos olhar para isso.

Autor: E.T.A Hoffmann
Tradução: Bruno Berlendis
Berlendis & Vertecchia * 128 páginas * 2012



Tudo começa na véspera de Natal, quando Marie e seu irmão Fritz estão em um quartinho dos fundos, esperando seus pais arrumarem a ala central da casa e a sala ao lado para a comemoração do Natal. Sabem que ganharão muitos presentes comprados por seus pais e abençoados por Jesus, e esperam ansiosamente saber qual será o presente dado pelo Dindo Drosselmeier.
"Sempre que vinha, ele trazia algo bonito para as crianças, ora um bonequinho que girava os olhos, saudando-os com gestos, o que era engraçado de se ver, ora uma caixa de onde saltava um passarinho, ora outra coisa. Para o Natal, porém, ele sempre preparava algo muito bonito e engenhoso, que lhe dera bastante trabalho[...]."
O desembargador Drosselmeier, é amigo da família e padrinho das crianças. Um homem peculiar, cheio de talentos, que entende de relógios, é inventor, usa peruca de vidro e jaqueta amarela, e sempre que visita as crianças leva algo muito bonito e curioso feito por ele mesmo.

Dentre todos os presentes recebidos na noite de Natal, o preferido de Marie é o Quebra-Nozes feito pelo Dindo, ao qual se afeiçoa, tornando-se sua protetora.
"Marie o pegou na mesma hora e fez com que quebrasse algumas nozes, mas escolhia as menores de todas, para que o homenzinho não precisasse escancarar tanto a boca, o que afinal não lhe caía bem."
A rica imaginação de Marie, aliada ao estímulo oferecido pelo padrinho com as histórias que costuma contar a ela e ao irmão, fazem com que Marie veja o padrinho como o relojoeiro da corte do pai de Pirlipat, o seu Quebra-Nozes como o jovem Drosselmeier de Nurembergue, e a si mesma como a princesa Pirlipat, todos esses personagens de "A história da noz dura", contada pelo Dindo em um dos capítulos.

Sendo assim, Marie "vive" muitas aventuras juntamente com o Quebra-Nozes, das quais se destacam a batalha contra o Camundongo Rei e a viagem ao Reino de Brinquedo. Porém, não pode falar sobre isso com ninguém, pois não acreditariam nela...
"Marie já não podia falar de suas aventuras, mas as imagens daquele maravilhoso reino de fadas a envolviam inebriante e docemente, com sons adoráveis e amenos. Ela revia tudo assim que se concentrava e por isso, em vez de brincar como de costume, ficava sentada em silêncio, imóvel, pensativa[...]." 
O final do livro, com direito a epílogo, é fofo e muito romântico! Achei ótimo ler a versão integral desse conto, pois até então só o conhecia através da versão resumida dos livros infantis, dos balés e do filme "Barbie e o Quebra-Nozes"(tenho uma filha!).

A edição é muito caprichada, as folhas são grossas e de alta qualidade, tem muitas e belas ilustrações e também está disponível em capa dura. Apesar de ser uma obra escrita em 1816, a tradução está primorosa, tornando a leitura agradável e fluida. Além da história, no final há também uma breve descrição do ilustrador e do tradutor, a biografia do autor, com informações da época em que o texto foi escrito, e a história da história (a trajetória desse conto ao longo das gerações). 

Especulação Passional(abafadurante a narrativa, o Dindo Drosselmeier me lembrou o Aslam de "As Crônicas de Nárnia". Achei isso engraçado, mas quando cheguei ao capítulo da viagem ao Reino de Brinquedo, me vi dentro do guarda-roupa de "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa". Peguei meu volume de "As crônicas de Nárnia", de C.S.Lewis, e verifiquei que "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa" foi escrito em 1950. Na aba do livro, consta: "A fascinação de Lewis por contos de fadas, mitos e lendas antigas, juntamente com a inspiração trazida da infância, levaram-no a escrever O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, um dos livros mais apreciados de todos os tempos." Então eu acho que "Quebra-Nozes & Camundongo Rei", de E.T.A. Hoffmann foi uma das histórias que inspiraram C.S.Lewis na sua infância! 

É uma leitura deliciosa recomendada para todas as idades!!!
Beijos...Elis.

20 comentários

  1. Boa Noite!


    Este livro não faz meu tipo de leitura, mas a resenha ficou bem interessante!

    Beijos e até a próxima visita ;)
    http://www.apaixonadaporromances.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lu!
      Também não é um livro que leio comumente, mas apesar de ter lido dezenas de livros infantis para minha filha quando ela era pequena, ainda não conhecia a história do Quebra-Nozes na íntegra, e resolvi conhecer. Fiquei surpreendida pois esse livro prende a atenção do começo ao fim!
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Uau... inspiração de C.S. Lewis??? Isso é que é referência.
    Parece ser um livro mais infantil, mas uma graça!
    Bela dica!

    Bjs
    Bia
    www.amormisterioesangue.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia! É mesmo uma graça!
      Obrigada pela visita! Bjs...Elis.

      Excluir
  3. Fiquei surpresa com sua resenha, me deu bastante vontade de ler o livro e conhecer melhor essa história que eu também só conheço porlivros de criança, balés e pela Barbie [hahahahaha pois é, eu assisti].

    Adorei. :)
    E a especulação sobre o Lewis faz muito sentido o.o

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já teve seus momentos Barbie Juh? kkkkkk Que menina escapa, né?
      Beijos e obrigada pela visita...

      Excluir
  4. Já parou pra pensar o quão bom seria se fizessem mais jornais voltados pra cultura? Foi pensando nisso que fizemos o "A gente não quer só comida". Lá você pode ter acesso a muitas dicas sobre arte, música, literatura e filmes. Vale a pena conferir!!!

    http://artenarotina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Elis,
    Gostei da sua resenha;
    Nunca li esse livro, mas já conhecia a história.
    *Bye*

    loucaporromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Elis

    Ador esse tipo de contos. Vou lendo e me sentindo crinaça novamente.

    Beijos

    PS. Estou lenvando o seu link para colocar na minha página de parceiros.
    Parabéns pelo blog e está tudo lindo por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amor!
      Bem vinda ao Passional e à parceria!
      Beijos...Elis.

      Excluir
  7. Há! Que fofo!
    Sabe, querida, eu fico muito feliz quando vejo resenhas de livros assim. Como mãe, tenho grande dificuldade para encontrar coisas interessantes para incluir nas leituras do meu filho ( hj ele tem 3 aninhos).
    Na minha infância eu lia muito Monteiro Lobato, mas isso já em idade escolar... Hoje as crianças curtem tanto esses desenhos da Disney, que para fazer com que eles se sentem e peguem um livro nas mãos é uma árdua negociação huauhauha.
    Estou crente que meu filho gostará muito da serie como Treinar seu dragão, que mantenho filmente atualizada pensando nele,mas ainda daqui um tempinho. Hoje lee se contenta Smilinguido e livros de bichinhos, e classicos assim, só nos famosos desenhos huauuahu

    Parabéns pela resenha, viu? Bjussssssss no ♥
    Sabrina - Leituras & Devaneios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Sabrina, obrigada linda!
      Quer dizer que você tem um pequenino leitor em casa?
      A minha filha Samantha tem 10 anos, ela está adorando a série "Como treinar o seu dragão".
      Tenho certeza que com o bom exemplo de uma mãe leitora, seu filho vai gostar bastante de ler!!!
      Vou deixar o link do blog "Só pra Menores" da Samantha, pois ela lê várias obras infanto-juvenis que talvez possam te interessar daqui a pouco tempo (eles crescem rápido):
      sopramenores.blogspot.com.br/

      Beijos para você e seu filhote!
      Elis Culceag.

      Excluir
  8. Fiquei surpresa com esse livro aqui. E mais ainda com sua resenha. Parabéns, ela ficou ótima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maristela, esse livro é muito especial.
      Beijos... Elis.

      Excluir
  9. Em que conto de Hoffmann se inclui a (História do Quebra-Nozes) ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Não conheço outras obras de E.T.A Hoffmann, mas "Quebra-Nozes & Camundongo Rei" é um conto de E.T.A Hoffmann traduzido pelo Bruno Berlendis a partir de sua versão integral, cujo título original é "Nußknacker und Mausekönig".
      Beijos!!

      Excluir
  10. Em que conto de Hoffman se inclui a (História do Quebra-Nozes) ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Não conheço outras obras de E.T.A Hoffmann, mas "Quebra-Nozes & Camundongo Rei" é um conto de E.T.A Hoffmann traduzido pelo Bruno Berlendis a partir de sua versão integral, cujo título original é "Nußknacker und Mausekönig".
      Beijos!!

      Excluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!