Não sei como ela consegue *filme*

Sinopse: 

Kate Reddy (Sarah Jessica Parker) é o modelo de mulher moderna. Divide habilmente seu tempo entre os afazeres domésticos como mãe de família e os profissionais, decorrentes de seu trabalho como analista financeira. Quando a grande oportunidade de ascender na carreira aparece, vê sua vida virar do avesso por causa das inúmeras viagens que têm de fazer ao lado de Jack Abelhammer (Pierce Brosnan), charmoso banqueiro com quem passa a desenvolver um projeto. Kate se vê, então, diante de um dilema: como conciliar amor, trabalho e família e não sucumbir aos encantos do colega de trabalho bonitão? 
Duração:115 minutos * Ano:2011
País:EUA * Classificação:10 anos

Sara Jessica Parker como Kate

Não posso dizer que esse filme é uma obra-prima do cinema, mas é um filme bom e agradável, ao estilo  sessão pipoca. Decidi comentá-lo pois retrata o dilema de toda mulher que tem filhos e trabalha fora: como conciliar família, trabalho e além de tudo manter-se saudável, bem disposta, feliz e realizada. 

Logo no começo do filme Kate recebe um "terrível" bilhete da escolinha de sua filha, lembrando-a do evento beneficente que ocorrerá no dia seguinte, ao qual ela deverá levar uma prenda. Quem de nós mães, nunca recebeu a tarefa de providenciar um prato de doce ou salgado para uma festinha na escola dos filhos, bem no meio da semana, naquele dia em que não sobrou folguinha na agenda, e solucionou o caso com uma passadinha rápida no supermercado para comprar algo pronto? 

E tem a questão da "lista" que a Kate estabelece, mas  nunca é 100% cumprida (#lista é um tema tabu aqui em casa, tentei implantar uma vez e precisei recuar pelo bem geral!). Há também uma "discussão filosófica" sobre o significado oculto de como assinamos nossos e-mails. São várias situações cotidianas as quais podemos nos identificar e rir de nós mesmos.

Christina Hendricks como Alison

A narrativa de Kate sobre os eventos é alternada com depoimentos/palpites dados por personagens que convivem com ela, como sua melhor amiga, sua babá, seu rival na empresa em que trabalha, sua assistente pessoal e a mãe de uma criança da escola da sua filha. 



A frase do filme que eu mais gostei foi dita pela Kate, quando ela entende que é impossível agradar a tudo e a todos, e que  precisa escolher quais serão as suas prioridades:
"Porque tentar ser um homem é desperdiçar uma mulher..."
Não sei como ela consegue! Quem aí sabe?
Beijos... Elis Culceag.

18 comentários

  1. Oi,Elis!
    Não conhecia o filme mas achei maior barato.Me pareceu bem engraçado!
    Valeu pela dica! Já anotei para baixar..rsss
    Bjs!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zilda!
      Acho que toda mulher que trabalha e tem filhos vai se identificar com alguma situação exposta no filme! Bjs... Elis.

      Excluir
  2. Oi,tudo bem?

    Não é o tipo de filme que me faça ir ao cinema ou até mesmo vê depois em DVD, mas gosto da Pierce Brosnan hehehe

    Até a próxima visita (✿◠‿◠)
    http://www.apaixonadaporromances.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O tema parece legal, vi o trailer no cinema, mas só não assisti ainda porque tenho birra da Sarah Jessica Parker, hahaha!!
    É que não gosto de nada dessas coisas de "mulherzinha", e Sex And The City é algo que eu nunca teria vontade de assistir, rsrsrs...
    Bom, mas quem sabe? Nunca vou dizer nunca! =)

    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      O filme não tem a ver com o universo de Sex and the city, fala mais sobre a rotina de uma mulher super-mega-ultra-ocupada, que tenta "conciliar o inconciliável". Mas quando a gente não vai com a cara de algum ator ou atriz, é mesmo difícil ver o filme!
      Bjs...Elis.

      Excluir
  4. Já tinha ouvido falar desse filme, mas não tinha parado para assistir o trailer.
    Boa dica, gosto de filmes com Pierce Brosnan.
    *bye*

    louca por romances

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a Sarah Jessica Parker!
    Como a personagem consegue manter todas as áreas da vida em perfeita harmonia, eu também não sei, não tenho filhos, nem marido e, mesmo assim, ainda tropeço! rs...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Ju, acho que todo mundo tem um "momento confusão" na vida, mas na maioria das vezes, felizmente, temos o poder de resolvê-lo! O que seria da vida sem alguns tropeços? Beijos...Elis.

      Excluir
  6. Ah, eu vi o trailer desse filme qndo fui no cinema ano passado!!! Tá na minha listinha pra assistir (sim, além de lista de livros, tenho lista de filmes tb, kkkkkk)

    Bjnhs!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Suelen, ultimamente minhas listas só aumentam...
      Vou me inscrever na Maratona de Banca 2012!
      Mais uma listinha pra ler kkkkkkk.
      Beijinhos...Elis.

      Excluir
  7. Elis

    Um filme que mostra o nosso real!! hehehe

    Adoro Sarah Jessica Parker e quero ver esse filme !

    Beijos
    Irene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Irene, só na correria, mas obrigada por separar um tempinho pra passar por aqui!
      Beijos...Elis.

      Excluir
  8. Gente esse filme e tudo de bom, e na hora que ela esta com piolho, kk
    Ri de mais, parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem divertido mesmo Letícia!
      Beijos... Elis.

      Excluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!