[Resenha] Mistérios Nórdicos

MIistérios Nórdicos - Mirella Faur
Sinopse - Pensamento - 2007 - 496 páginas

A fonte que inspirou os grandes! Preparem-se para mergulhar na maior história de todos os tempos, as origens de todos os mitos, lendas, magia, seres fantásticos, criaturas abomináveis, guerreiros invencíveis, poderosas mulheres, conhecimento mágico de ervas e plantas, encantamentos, deusas e deuses mortais que foram imortalizados por seus feitos.

Então vamos ao início: O grande segredo... Por que me interessou a leitura deste livro? Tudo começou quando...Tam, tam, tam, tam, vi essa imagem:

Bran, o lobo e o corvo

Na sequência, queria entender a história do menino e seus aliados encantados, passei a assistir o seriado "As crônicas de Gelo e de Fogo", fiquei tão fissurada que parti para o livro, afinal o seriado devia ter omitido muitas coisas, e eu queria saber tuuuudo, estava tão fascinada com a mitologia que envolvia as criaturas do outro lado da muralha e os lobos gigantes que comecei a pesquisá-la e cai diretamente no Ragnarok, e depois de muito pesquisar sem achar algo específico, encontrei Mistérios Nórdicos e ei !!!! 

Mas a mitologia nórdica não é aquela história do Thor, do Odin e do trovão? Não, não e não. É infinitamente maior do que isso, raro é encontrar um livro tão absoluto e incrível como o que a maravilhosa Mirella Faur escreveu.

Surpreendente a cada página, pelo conhecimento antigo nele contido, mas sobretudo na identificação de mundos e personagens que tanto amamos em nossas leituras.

No Mito da Criação Nórdico, o “Poetic Edda”, encontramos o conflito de forças representadas pelo fogo e pelo gelo, uma guerra entre gigantes (grandes lords?), uma disputa entre 9 mundos (reinos?), um dragão, lobos gigantes, anões, luta pelo poder, traições, amores, enfim está tudo ali, e quanto as personagens, basta olhar no capítulo de teogonia, que consta de arquétipos, deuses e seres sobrenaturais, é só destrinchar.

Na fiel releitura de George R.R. Martin, do Mito da Criação Nórdico, em suas Crônicas de Gelo e de Fogo, quem conhece o mito, já sabe que é o Ragnarok que virá pela frente, quem tiver curiosidade é só ler a descrição genial que a Mirella Faur faz neste livro, no entanto para se aprofundar mais, ela publicou um específico sobre o Ragnarok também pela Editora Pensamento. 

Recapitulando, você pega o livro e diz: Ora é um livro de runas, um oráculo, um tipo de adivinhação, não é? Será?

Pode ser para os meros mortais, para Neil Gaiman as runas parecem ser uma incrível fonte de inspiração, porque senão, como eu identificaria vários de seus mundos, entre os nove mundos de Yggdrasil, a arvore cósmica nórdica? 

Yggdrasil

E se as runas são o elemento de ligação entre mundos e seres míticos... então ok, isso é mais que fonte de inspiração, eis aqui um mapa da mina.

Bem, como em um futuro próximo resenharei os dois autores poderei pontuar melhor essas relações nórdicas em suas obras. Aliás, os Irmãos Grimm também transcreveram muitos mitos nórdicos, assim como toda essa galera que escreve sobre temas célticos também está bebendo desta fonte.

No entanto, nenhuma analise como fiz acima seria possível sem Mirella Faur, que generosamente nos presenteou com esse magnífico manual de conhecimento ancestral nórdico, que por séculos nos foi inacessível, seja porque grande parte da fonte de pesquisa ora é oral, ora islandesa, ou porque a simples menção de magia rúnica levou muita gente à fogueira.

Isso mesmo, a terceira parte do livro dedica-se exclusivamente a melhor Tradição Mágica que já tive acesso, sem enrolação, nem mistérios, claro que é necessário disciplina e dedicação em qualquer Tradição, mas para aqueles que buscam conhecimentos sólidos, esse é o livro.

Mistérios Nórdicos é um livro para os que tem sede de conhecimento.
Se for o seu caso, beba também desta fonte.
Recomendadíssimo! 

Essa leitura foi uma cortesia do Grupo Pensamento.
Aguardamos seus comentários! By.:.

16 comentários

  1. Resenha muito instigante!
    Que delícia compartilhar essa paixão com você *minha amiga*
    Beijos... Elis Culceag.

    ResponderExcluir
  2. Renata (do blog Escuta Essa)28 de outubro de 2012 16:32

    Que livro interessante, fiquei curiosa pra ler!! Sua resenha está perfeita! Eu também gosto muito da série do George R.R. Martin e estou acompanhando! Quero ler os livros *-* Devem ser demais.
    Sobre o "os pilares da terra", eu adorei, já vi a série toda e agora quero ler o livro. Recomendo ;)
    Eu também adorei o "dias de chuva e tempestade", que livro né? Tão pouco falado e tão bom, andei pesquisando e vi que a autora já escreveu vários livros, mas esse é o único lançado aqui no Brasil.
    Sobre o Atlas Esmeralda,é daquelas histórias marcantes, vc fica com ela na cabeça, lembro praticamente de cada detalhe e já li já faz um tempo, uma história leve e que parece um filme. Minha mãe devorou o atlas esmeralda e ficou "quando vai sair a continuação?" rsrs
    Não sei se vc já viu, mas fiz uma resenha dele, se quiser dar uma espiada, está aqui: http://escutaessa.blogspot.com.br/2011/12/resenha-livro-o-atlas-esmeralda-de-john.html

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!
      Quem fez a resenha foi a Rosem Ferr amiga, mas obrigada por ela rsrsrs... Ela também adora o George Martim, eu ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas amo o seriado Game of Thrones.
      Beijos *-*

      Excluir
  3. Não conhecia, amo suas dicas, os livros que vejo aqui são totalmente diferentes dos que leio, e quando decidir experimentar algo novo já sei onde procurar.

    Rafa
    Blog Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa,

      Pode contar conosco, no que refere-se a diferencial.

      Bjo!

      Excluir
  4. Bily Pretonobranco28 de outubro de 2012 23:48

    Oii, não conhecia o livro e adorei ser apresentada a ele. Acho que não farei a leitura agora, mas com certeza está anotado para o dia em que eu sentir essa sede, hahaha.
    Beijoo!
    Tô seguindo :)
    preetonobranco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Elis, adorei a resenha!

    Não conhecia o livro e, confesso que o assunto não me atrai muito. Mas eu fiquei encantada com tudo que escreveu eme empolguei! Gosto de sempre conhecer um pouco mais, ler livros diferentes dos que estou acostumada.

    Adorei!

    Beijos ;*

    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla,

      Este é bem diferente e interessante.

      Bjos!

      Excluir
  6. Fiquei bastante interessada em ler este livro, pois tenho muita curiosidade, sobre estes mistérios e lendas, e o povo nórdico, sempre foi cercado disto.
    Sua resenha me fez viajar pelo imaginário e com certeza, se houver oportunidade vou ler este livro. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia,
      é um livro que vale o investimento, muito rico.

      Bjus!

      Excluir
  7. Rosem, eu nunca pensaria em ler esse livro... mas você o fez parecer tão fascinante que até deu vontade! rs... Ainda nem comecei a ler As Crônicas de Gelo e Fogo, quem sabe depois da leitura da série eu me empolgue mais ainda com o livro da Mirella! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,

      É um livro para ler aos poucos, um livro de descobertas.

      Bjs!

      Excluir
  8. Demorei, mas cumpri o prometido! ^_^
    Eu tenho o livro Ragnarok! Fui correndo lá na estante ver e, bingo, a autora é a mesma! ♥♥♥
    Mas afff, esse Mistérios Nórdicos parece ser MUITO legal!! Realmente, eu quero conhecer mais sobre a Mitologia Nórdica, mas não queria ficar limitada ao "pop" ou ao que todo mundo sabe. Queria algo mais profundo, ou mais bem pesquisado, e senti que esse é o livro!! Vai pra wishlist, com certeza!!
    Pô, agora me deu vontade de botar o Ragnarok nos próximos da fila!! =)
    beijão!!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!