[Resenha] Aqualtune e as histórias da África

Aqualtune e as histórias da África - Ana Cristina Massa
Aqualtune e as histórias da África - Ana Cristina Massa
Sinopse - Editora Gaivota - 2012 - 164 páginas


Aqualtune - que queria ser chamada de Alice pois detestava seu nome - viaja juntamente com os amigos Maria e Guilherme, para a fazenda dos pais de Maria, localizada na Serra da Barriga, em Alagoas. Acredita que o ponto máximo de aventura nessas férias será caçar vaga-lumes à noite com seus amigos. Eles não podem imaginar as experiências e descobertas que terão nos próximos dias.

Na fazenda centenária, antiga sede de um engenho de cana-de-açúcar, o trio de amigos conhece a vó Cambinda (cozinheira do casarão) e Kafil, seu neto. Eles são quilombolas, e vivem numa vila de gerações de descendentes de escravos, perto de lá. A partir daí, Aqualtune, Maria e Guilherme fazem contato com a cultura do povo bantu*.

" - Bamburucema é o nome daquele tipo de vento que a gente sentiu e viu no céu. Para nós que viemos da África, é a manifestação de uma deusa, que tem a força da natureza. Para umas tribos da África, essa deusa é chamada de Iansã, para nosso povo, os bantus, é a Bamburucema. Nunca acontece por acaso. Deusa das tempestades, raios e trovões. É força."

* Povo bantu: Unidos por crenças, costumes e línguas semelhantes, os bantus se formaram pela mistura de diferentes povos africanos. Os que vieram para o Brasil, trazidos pelos traficantes de escravos, são originários de uma região que hoje pertence aos seguintes países: Angola, Congo, República Democrática do Congo e Moçambique.

Numa noite, vó Cambinda conta para Alice/Aqualtune e seus amigos a lenda de uma princesa do Congo, linda, forte e guerreira, que foi capturada, virou escrava no Brasil, fugiu grávida e fundou o Quilombo dos Palmares, e de uma profecia que envolve um mapa, um tesouro e uma menina com o mesmo nome da princesa. Aventura, mistério, lendas e fatos históricos se misturam, numa corrida contra o tempo, para que os amigos consigam cumprir sua missão antes da terceira Bamburucema.

A diagramação do livro é linda. O sumário e a divisão de capítulos me encantaram, com ilustrações que remetem à capa e elementos conectados com a história que está sendo contada. E no final há um apêndice com as informações históricas utilizadas na construção do enredo.


Amei a cena em que os amigos participam de uma festa tradicional na vila, a congada, vestindo roupas típicas, máscaras rituais e dançando no ritmo do batuque. Fiquei morrendo de vontade de comer a comida da fazenda servida pela vó Cambinda #GulosaEu e de conhecer a Serra da Barriga.

Essa é uma leitura pulsante, que toca algo lá no fundinho da gente. As palavras que Ana Cristina Massa escreveu na dedicatória do livro ao autografá-lo para mim e minha filha, o definem perfeitamente:

"Uma história de coração aberto, de alma, de raiz! Espero que gostem!"

Saiba mais...



A Serra da Barriga, situada a 86 quilômetros de Maceió/AL, ocupa uma área verde de aproximadamente 27,97 km quadrados. Foi para as matas fechadas de Serra da Barriga, que alcança até 500 metros de altitude, que milhares de escravos negros rebelados fugiram durante o período de dominação holandesa, lá fundando a República Livre de Palmares – o maior, mais duradouro e mais organizado quilombo das Américas, onde viveram mais de 20 mil pessoas, entre 1597 a 1695.

Fonte e mais informações:

Essa leitura foi uma cortesia do Editora Gaivota.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

47 comentários

  1. Está aí um livro que me desperta o interesse! Gostei!

    P.S: gostarias de concorrer ao livro Cinquenta Tons de Cinza + Amazônia - um caminho para o sonho?
    Só acessar: http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marli!
      Aqualtune é uma ótima obra de autoria brasileira com um conteúdo cultural excelente. Beijos!

      Excluir
  2. Não conhecia o livro, bem legal.
    Acho que se eu tivesse o nome da menina também ia querer ser chamada de Alice ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina!
      Você vai ficar surpresa com o significado do nome se ler o livro ;)
      Beijos... Elis.

      Excluir
  3. Oi,Elis!
    Esse é um dos livros do catálogo da Gaivota que mais tenho curiosidade de ler. Lendas africanas e tudo relacionados á cultura me atrai bastante. Imagino que deva ser uma linda história. E a Biruta é sensacional. Todos os seus livros são impecavelmente bem diagramados. O trabalho gráfico é perfeito.
    Bjs!
    Zilda
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zilda!
      O trabalho das Editoras Biruta e Gaivota é muito bonito e bem feito, as diagramações são lindas, nota-se o cuidado com o "nascimento" de cada livro. Você vai gostar de Aqualtune!
      Beijos... Elis.

      Excluir
  4. eu quero muito ganhar, amei a resenha, espero ser a feliz sorteada

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro muito construtivo, que demonstra de maneira tocante histórias, que nos levam a pensar no sofrimento do povo Africano, e busquemos uma melhora em nosso caráter dia a dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mateus!
      Há realmente muito o que se aprender com a história dos povos africanos e como eles fazem parte dessa mistura cultural de que é formado o Brasil. Beijos!

      Excluir
  6. Muito interessante. Gosto dos livros da Gaivota e da Birutra.

    Beijos,
    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carissa!
      Eles tem mesmo um catálogo incrível, beijos!

      Excluir
  7. Achei interessante o que li até agora. A capa também é diferente, mas tem tudo a ver com o tema. Eu não Conhecia o livro e quero muito ler. Gostei da resenha, está muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Durante a leitura a gente vai decifrando a capa e os símbolos Maristela, é muito legal.
      Beijos!

      Excluir
  8. Para ser sincera eu não tinha ficado muito interessada, pela capa do livro, mas depois de ler sua resenha, percebi que o enredo dele parece ser bem interessante.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma aventura bem interessante Marla, você vai gostar!
      Beijos... Elis.

      Excluir
  9. Oi Elis! Nunca li nada sobre lendas africanas, achei bem legal este livro traze este tema. Eu pensei que Aqualtune fosse um lugar ou uma criatura, não uma menina, rs


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      Também nunca tinha ouvido esse nome. É muito interessante descobrir quem foi Aqualtune na história e o papel que ela desempenha na lenda.
      Beijos... Elis.

      Excluir
  10. Gostei da história. Lendas africanas, Quilombo de Palmares são ingredientes de uma possível boa história. A vontade de ler o livro cresce com a leitura da resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Celso!
      Essa é uma temática muito rica que foi belamente explorada por Ana Cristina Massa. Beijos!

      Excluir
  11. Não é meu estilo de livro preferido, mas gostei bastante da resenha, e é bom conhecer culturas diferentes.
    Bgs'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina!
      Adoro conhecer novos lugares, mitos, lendas e fatos históricos através da leitura. Beijos!

      Excluir
  12. Oi Elis,
    Que lindo esse livro, a diagramação está super caprichada e s história parece ser muito legal! Adorei saber que o livro possui um pouco de aventura, mistério, lendas e fatos históricos, fiquei muito curiosa pra ler *-*
    Parabéns pela sua linda resenha, ficou muito boa e sentimos nas suas palavras o quanto você gostou do livro.
    Vou colocar ele na minha listinha de livros desejados ;)

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Renata, o livro foi uma surpresa para mim, não esperava me envolver tanto e devorá-lo como fiz.
      Beijos, amiga =D

      Excluir
  13. Oi Elis!
    Fiquei morrendo de vontade de conferir essa história, amei a citação que você usou na resenha.
    Beijos...Samantha
    Só pra Menores

    ResponderExcluir
  14. Oi, Elis!
    Esse livro é bem diferente do que eu costumo ler. Parece ser legal por trazer mais da cultura e da história do nosso país! Adorei as imagens também!!
    beijão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      O conteúdo é muito legal, pois fala das nossas raízes, vale a pena conferir! Beijos ;)

      Excluir
  15. Oi
    Parece ser bem legal o livro, fiquei curiosa para conferir a história.
    A cultura africana ainda é um mistério para mim, que eu quero desvendar lendo este livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Linny!
      Que bom que despertamos a sua curiosidade *-*
      Beijos... Elis.

      Excluir
  16. Deve ser muito bom ler este livro. Aparenta ter tudo para ser uma leitura leve e cheia de aventuras.

    soniacarmo
    retalhosnomundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Legal, deve ter boas informações sobre as raízes africanas, pois afinal, nosso país também é composto por elas. Interessante.

    ResponderExcluir
  18. Sinto que vou amar essa história, amo os cultos africanos, sou umbandista e me identifiquei muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai amar a cena da festa da congada, beijos!

      Excluir
  19. Nossa pela capa tinha imaginado que o livro seria uma tipo de documentário sobre a cultura africana no Brasil, e ao ler a sinopse já mi senti aventurar com os personagens. Esse livro não podia ter sido lançado em hora melhor, pois faz umas duas semana kii tivemos no pais a consciência negra, e fiquei imaginando kii ainda não tínhamos uma história negra só branca!
    Parabéns pela resenha!
    Ah...
    Adora o "Saiba mais", muito criativo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Fico feliz que goste do "Saiba mais", sempre faço com muito carinho! O livro é uma ótima aventura, o título talvez confunda um pouco as pessoas, mas ainda bem que pude falar um pouco sobre a riqueza dessa história na resenha.
      Beijos... Elis.

      Excluir
  20. Nossa vou adorar ler esse livro é bem diferente de tudo que eu já, e nunca tinha lido nada sobre cultos ou cultura africana. Gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pela divulgação de autores nacionais,Livro interessante,depois da resenha fiquei curiosa para ler,descobrir um pouco mais sobre a cultura da África,e como vai ser juntar o passado e o presente em relação à lenda

    ResponderExcluir
  22. Eu não sou muito fã de literatura nacional mas esse livro parece legal!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipo, misturar cultura nacional + africana e conseguir fazer uma história parece não ser muito fácil!!

      Excluir
    2. Quando você visitar alguma Feira de Livros, passe para conhecer o estande das Editoras Biruta e Gaivota, ficará encantado com o trabalho deles, é bem diferente, vale a pena conferir!
      Beijos... Elis.

      Excluir
  23. Achei muito linda a diagramação do livro, Elis!! *-*

    Como seu eu pudesse esperar outra coisa da Editora Gaivota, o trabalho deles é fantástico!!!

    Quanto à história, não sei se me interessaria... fiquei bem na dúvida.

    ResponderExcluir
  24. Parece ser um livro bem especial, adoro essas histórias que utilizam as narrativas orais ancestrais e resgatam tradições culturais, religiosas e contam um pouco sobre as raízes do nosso povo.

    ResponderExcluir
  25. Muito legal saber mais desta cultura que é puro Brasil.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!