[Resenha] Reiniciados

Reiniciados - Teri Terry

Reiniciados - Teri Terry
Trilogia Reiniciados - Livro 01
Sinopse - Farol Literário - 2013 - 432 páginas


O ano é 2054, temos como cenário o Reino Unido, que separou-se da União Européia em 2020, fechando suas fronteiras. Agora é governado pela Coalizão Central, só existem 3 canais de TV devidamente controlados, os jovens não podem portar celulares até os 21 anos, o uso de computadores pessoais é restrito e o sistema de navegação pertence ao governo também. A paz e a ordem são garantidas pelos Lordeiros, sinistros e intimidadores funcionários do governo que estão presentes em todo lugar à caça de gangues e terroristas. Jovens infratores são capturados e REINICIADOS.

Kyla foi reiniciada e um Nivo (aparelho fixado no pulso) monitora seu nível de felicidade: se ficar abaixo de 3.0 numa escala de 1 a 10, o chip instalado em seu cérebro queima causando-lhe um desmaio, impedindo a manifestação de emoções como raiva ou violência. Todo reiniciado tem a memória apagada cirurgicamente, precisa reaprender a falar, andar, escrever e recebe uma nova família. A mente de Kyla é uma página em branco, ou pelo menos deveria ser... 

Kyla não é uma reiniciada comum, ela aprende mais rápido que os outros, possui raciocínio apurado, tem opinião própria e seu Nivo não sofre alterações quando está com raiva. Ela sabe instintivamente que não deve contar isso a ninguém, nem para sua nova mãe, muito menos para a médica, a enfermeira, a psicóloga, a orientadora educacional, os professores e assistentes que acompanham seu tratamento. É perigoso. Em quem confiar?

"Minhas memórias se foram, mas parte de mim se membra. meu corpo, meus músculos (...) Então não é a mesma coisa que começar do zero, não mesmo. É como se, ao dar o impulso certo, você consiga fazer coisas que tinha esquecido. Quem sabe do que mais sou capaz?"

O que Kyla fez para ser reiniciada?

Nesse primeiro volume da Trilogia Reiniciados, inicialmente, acompanhamos a rotina de Kyla, sua integração com a nova família e escola, a tentativa de entender o mundo ao seu redor e quais comportamentos e ações são esperados de si. Os outros reiniciados são altamente sugestionáveis, à exemplo de Ben - o melhor amigo de Kyla -, mas ela tem suas próprias ideias e curiosidades. Ao perceber que jovens estão desaparecendo, começa a questionar-se sobre essa situação e sobre o seu passado, arrastando Ben nessa busca.

Kyla terá coragem de descobrir a verdade sobre quem foi?
O que fazer com as respostas que ela não deveria ter?

Com o início mais lento, espelhando a condição de reiniciada da protagonista Kyla, a autora francesa Teri Terry teceu sua trama gradativamente, numa narrativa em 1ª pessoa fluída e envolvente. E conforme Kyla foi refazendo as conexões em seu cérebro, o ritmo narrativo refletiu esse processo, tornando-se cada vez mais intenso do meio para o final, chegando ao ponto de tirar o fôlego: vários fios conectados, alguns nós desatados, um punhado de pontas soltas e uma nova situação perturbadora e muito interessante a ser trabalhada no próximo volume. Foi um final arrepiante, que acelerou minha pulsação e elevou a níveis altíssimos o meu desejo pela continuação!

Reiniciados foi muito bem recebido no exterior e garantiu o Prêmio North East Teenage Book Award em janeiro de 2013. O livro ainda concorre a vários prêmios: Leeds Book Award, Portsmouth Book Award, Angus Book Award, Sussex Coast Schools Book Award, Wirrall Paperback of the Year, The Branford Boase Award e Rotherham Book Award. A história também será adaptada para o cinema, pois a produtora Prescience (do filme “O Discurso do Rei”) comprou os direitos do livro e pretende começar a produção em 2014!

Distopia recomendada!

Trilogia Reiniciados



Reiniciados - 2013
Fragmentada - 2013
Despedaçada - 2014

Essa leitura foi uma cortesia da Farol Literário.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

64 comentários

  1. Oi Elis! Eu estou muito afim de ler este livro, sou fã de distopias e achei esta aqui com uma proposta bem diferente.Pelo que vi na resenha tem tudo para me agradar e favoritar. Bom domingo.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      Acho que você vai curtir bastante, principalmente as surpresas do enredo. Beijos e ótima semana!

      Excluir
  2. Oi,

    já tinha ouvido falar desse livro e sou louca para lê-lo! A capa é divina, além de que a trama é muito original! Ótima resenha, parabéns!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meus agradecimentos Mademoiselle, fico encantada que tenhas gostado ;)

      Excluir
  3. Oi Elis,
    Não sou muito fã de distopias, mas o enredo de “Reiniciados” me deixou curiosa, espero ter uma oportunidade de lê-lo em breve.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla!
      Creio que essa história te envolveria sim =D
      Beijos!!!

      Excluir
  4. É a segunda resenha que eu vejo desse livro essa semana, todas recomendando muito mesmo o livro. Eu adoro distopias e gostei bastante desse enredo. Estou super curiosa.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Já que curte distopias, se joga na leitura menina ;)
      Beijos...

      Excluir
  5. uau pelo visto vou adorar esse livro
    vou add ele na minha estante do skoob pq fiquei mega curiosa para ler *---* gostei da resenha elis :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alice, espero que curta a leitura tanto quanto eu, bjs!

      Excluir
  6. Eiita, ótiima resenha!
    já estou achando que vou amar o livro.
    Adoorei o blog.
    É a primeira resenha que vejo dele, adoorei! Já estou louca pra ler!
    bjoooos

    Tem resenha nova lá no blog, quer dar uma passadinha por lá?
    Desde já eu agradeço...
    -Ivie
    -Fallen in Me

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivie!
      Seja bem-vinda ao Passional, quero te ver sempre por aqui, beijos!

      Excluir
  7. Oi Elis!
    AMEI a resenha!!! É o meu estilo de leitura e, de certa forma, me lembrou Starters, que foi um livro que adorei! Uma pena ser série (eu sempre fugindo das séries, né?), mas esse com certeza eu leria!
    Adorei a dica :)
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla!
      Ainda não li Starters, vou conferir, bjs!

      Excluir
  8. Parece muito interessante! Gostei da proposta, bem diferente.
    Adoro histórias ambientadas na Inglaterra. Eu já tinha ouvido falar deste livro, mas não sabia muito sobre a história e tudo o mais, mas agora fiquei com vontade de lê-lo.
    Ótima resenha, Elis. :)

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa!
      Fico feliz que tenha curtido, beijos!

      Excluir
  9. Não sou fã de distopia, assuntos futurísticos e afins... parabéns pela resenha, gosto de ficar por dentro, mesmo não sendo o gênero de livro que costumo ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érika
      Também costumo "espiar" resenhas de todo tipo de livro, a curiosidade pode surgir e me levar a conhecer novos estilos ;)
      Beijos!

      Excluir
  10. O que li me deixou bastante curiosa e pretendo ler esse livro em breve. Gostei demais da resenha.

    ResponderExcluir
  11. Muito interessante..eu não sabia o que era uma distopia, mas achei inteligente pois é um modo de criticar a sociedade atual. Fiquei com muita vontade de ler o livro e descobrir quem Kyla foi e do que mais ela é capaz.

    ResponderExcluir
  12. Parece ser interessante.Eu gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  13. Nossa, esse livro eu não conhecia... Parece ser ótimo, fiquei muito interessada nele. Já entrou na minha listinha de desejados, com certeza!

    =)

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gostei da história, é diferente de tudo que já li pois não estou muito acostumada a ler distopias, mas ultimamente estou me abrindo mais a novos gêneros literários e tive boas surpresas. Achei a história do livro super original e interessante, fiquei curiosa pra ler!
    Bejooss!

    ResponderExcluir
  15. A premissa do livro é extremamente impressionante. E você coloca na resenha que o final é muito bom, então o livro merece ser lido!!! Estou ansiosa para ler e fiquei imaginando se isso acontecesse na vida real, se alguma coisa de fato nos impedisse de manifestar raiva ou violência... ah, os livros sempre nos dão um escape perfeito!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi!
      Seria terrível ter que nos controlar para não sentirmos raiva ou tristeza, o NIVO é uma solução extrema para uma situação extrema, característica das distopias.

      Excluir
  16. Adorei a história , parece ser um super livro mesmo !!! Eu não leio muito distopias , eu ainda estou empacada no genero vampiresco (nao consigo parar de ler ) ,mas esse livro meu deixou muito curiosa ainda mais depois de saber que ira virar filme , adorei!!!

    ResponderExcluir
  17. Eu sou muito fã de distopias, e essa parece ser mega contagiante...A resenha foi bem explicativa, eu li uma outra resenha, mas não passava o livro de uma maneira fácil de entender... Super ansiosa para ler esse livro...... Achei a capa bem bonita...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gislayne!
      Fico feliz que tenha captado o clima da história, às vezes é difícil mesmo comunicar isso ao leitor sem revelar demais sobre a trama. Beijos!!!

      Excluir
  18. Excelente resenha, destacando pontos importantes do livro, despertando o interesse dos leitores sobre esse tema.

    ResponderExcluir
  19. Já disse que amo distopias. São sempre tão legais. Acho que Reiniciados deve ser parecido com Delírio e Divergente. Quero/preciso ler :)
    xoxo

    ResponderExcluir
  20. Adoro distopias e esse livro me chamou mt a atenção. É um livro completamente único, nunca vi nada parecido, um dispositivo que controlasse nossas emoções, tem coisas que são involuntárias. Mas como sempre, a personagem tem algo de especial, e quero muito descobrir como ela vai se manifestar na história.

    ResponderExcluir
  21. Deve ser uma leitura intensa e contagiante! Não sou muito fã de distopia, mas essa parece deixar os cabelos arrepiados.



    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  22. Nossa, amei! Estou louca para ler!!

    ResponderExcluir
  23. Que liiiiiiiiiindo, velho. Esse livro é a perfeição. Está na minha meta 2013. A capa dele, o título, a estória, tudo! Amei a resenha e me deixou mais curiosa ainda.

    ResponderExcluir
  24. Ótima resenha!
    Depois que vi esse livro no skoob fiquei louca pra ler *-* Entrou pra minha lista de desejados, com certeza. Mas ainda tá em pré-venda né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana!
      Ele já está disponível na Cultura e Saraiva e acredito que deva estar chegando nas demais livrarias ;)
      Beijos!

      Excluir
  25. Oi Elis
    Soube desse livro tem pouco tempo e fiquei bem curiosa com essa trama. Já li algumas resenhas e todas foram positivas, assim como a sua e gostei de saber que o final foi arrepiante!
    A sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler o livro!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  26. Adoro uma distopia, e este livro ja foi para minha lista,
    acho interessante esta teoria de apagar as memorias, um novo futuro..e minha curiosidade para saber oque ela fez para ser reiniciada, tomara que o segundo não demore muito,
    beijos.

    ResponderExcluir
  27. Desde quando lançou o livro vi pessoas indicando o livro. Não sabia que a autora é francesa, achei que era americana. O livro recebeu vários prêmios e vi resenhas positivas, espero lê-lo e espero me prender a história e me apaixonar pelo livro.. apesar de não ter gostado da capa.

    ResponderExcluir
  28. Oi Elis! Eu ultimamente estou fascinada por distopias. E quando eu acho que não tem mais espaço pra criarem uma história diferente, lá vem uma dessas pra me deixar curiosa!
    Adorei a resenha!

    Abraços

    ResponderExcluir
  29. Sou fã de distopias, e tento ler o maior número possível. Achei a trama dessa bem interessante. Me peguei imaginando como seria a vida de uma pessoa que teve todas as suas lembranças apagadas, e confesso que achei a ideia bem aterrorizante. Acho que esse livro deve ser bem tenso.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. Definitivamente é uma distopia bem diferente de tudo o que já vi.
    E sou fascinado por distopias e obras pós-apocalípticas em geral.
    Bem interessante a premissa, já vou até marcar esse livro como Vou Ler.
    Grato pela sugestão.

    @GlaucioMarcos

    ResponderExcluir
  31. Nossa que distopia em, e sem falar na resenha que me encantou!
    A Kyla parece ser aquelas protagonistas fortes, que não se entregam e que não são bobinhas, não sei e é só impressão minha, e esse Nivo, ele me deixou ainda mais curiosa, e eu nunca tinha visto nada parecido em nenhuma outra distopia, essa parece ser muito boa!

    ResponderExcluir
  32. Esse livro, de certa maneira, mostra o que já vivemos hoje em dia com a mídia tentando nos controlar, só que claro de uma maneira bem mais tecnológica. Com certeza vai valer apena lê-lo

    ResponderExcluir
  33. Gostei muito da resenha, dá pra se ter uma idéia de qto o livro é bom...
    Parabéns!
    Visite meu blog, publiquei lá o sorteio ;)

    http://livrosleituraeciadacris.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  34. Muito boa a resenha, o livro deve ser perfeito mesmo!

    ResponderExcluir
  35. Adoro livros que é uma distopia,e estou louca por esse,
    a capa é linda, e estou super curiosa depois dessa resenha.

    ResponderExcluir
  36. Como já comentei em outros posts eu tenho paixão por distopias desde que li Huxley quando adolescente...Adorei a resenha e confesso que me deu até um frio na espinha, algumas coisas escritas ali parecem estarem prestes a acontecer here and now, hein?

    ResponderExcluir
  37. Essa resenha me deixou com vontade de ler o livro agora mesmo! Adorei a ideia do livro! Estou super ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  38. Esse livro me lembrou Starters, mas a Kyla tem um "que a mais", acho que será bem emocionante! Só o fato de ser narrado em primeira pessoa faz com que esse livro ganhe um super ponto extra na minha estante, afinal me sinto mais a vontade lendo. Adorei o blog!

    ResponderExcluir
  39. Muito interessante a resenha adorei!

    ResponderExcluir
  40. Addddoorei a resenha e a história do livro! Depois de ler fiquei no modo: o que vai acontecer, o q oq?? e preciso ter logo!
    Queria ter $ pra matar logo essa curiosidades XD
    bjus e continue assim!

    ResponderExcluir
  41. Para com isso mulher!! Pra que falar desse final desse jeito?? Caramba, contou o livro com um jeito de arrepiar e deixou essa frase no final?!!!
    Agora eu vou morrer!!!
    kkkkkkkkkk

    Amei a resenha, tá assim... muito... empolgante!!

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Realmente o nome do livro tem muito a ver com ele rsrsr ( ao contrario de outros) parece ser muito bom e fiqueii muito curiosa e o que vc disse no final então, agora que eu quero mesmo!!
    sabedorianaoseiescrever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. Amei a história, parece ser muito boa! Estou super ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  44. Bem este livro me instiga muito ler.... Pela sia resenha notei que o livro trata de temas que eu gosto, e uma delas é a rebeldia. Não aceitar tudo sem uma explicação plausível.

    Até a próxima.

    ResponderExcluir
  45. Pela sua resenha a estória parece ser bem construída, muito boa, muito original na verdade assim como a maioria dos livros do gênero distopia. Hoje em dia tornou-se massante o número de livros que estão ganhando adaptação para o cinema, alguns deles deterioram e destroem a bela narrativa do livro. Espero que não ocorra quando for lançado este. Estou muito curiosa para lê-lo. Parabéns pela resenha.

    Bjs

    susanemd@blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  46. Como eu quero livro pra mim! Só escuto maravilhas sobre esse livros e tô doida pra descobrir se é isso tudo msm. Muito boa resenha!

    ResponderExcluir
  47. Já tenho tantos livros que desejo ler e que eu terei certeza que se tornará um dos meu favorito e este aí vai para a minha lista de" desejados-futuros favoritos".Este livro me lembrou "estilhaça-me".Estilhaça-me começou digamos que "devagar" ,não um devagar ruim,mas a história começa a realmente a andar depois de algumas página descrevendo o estado de espírito da personagem,mas eu nunca desisti de lê-lo E ENTÃO "ESTILHAÇA-ME" se tornou um dos meus livros favoritos.beijos.

    ResponderExcluir
  48. Tem previsão para o segundo livro?

    Achei a capa do primeiro mais bonita!
    Bom, eu estou simplesmente viciada em distopia, li umas 4 seguidas e depois fui ler outros livros, parecem todos sem graça e sem emoção. É uma pena que as distopias custem tão caro em relação a outros gêneros!
    Estou ansiosa por esse livro, parece um pouco com Starters e Hospedeira, que são livros que amei!

    ResponderExcluir
  49. Achei a história bem interessante. Estou lendo bastante livros distópicos e espero que esse seja diferente, porque alguns tendem a repetir o mesmo tipo de história. Espero ganhar a promoção e assim ter a chance de ler esse livro.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  50. REINICIADO, gostaria muito de ler, pois goto de livros q falam de monitora as pessoas por chips.

    ResponderExcluir
  51. Olá!
    Super interessante a história...fiquei curiosa...acredito que iria gostar de ler.
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!