[Resenha] Seis Coisas Impossíveis

Seis Coisas Impossíveis - Fiona Wood

Seis Coisas Impossíveis - Fiona Wood
Sinopse - Novo Conceito - 2013 - 272 páginas


Dan Cereill (se pronuncia como "surreal", não "cereal") mudou de casa após duas grandes revelações que deixaram sua vida de pernas para o ar: seu pai faliu e revelou que é gay. Dan e sua mãe ficaram sem dinheiro e não tinham lugar pra morar até ela herdar uma casa velha e que cheirava a xixi, mas esse foi o único jeito de terem um lar. O menino acabou se apaixonando por Estelle, a nova vizinha, e sabe tudo sobre ela mesmo que nunca tenham se falado.

"Toda essa agitação e eu ainda nem falei com ela.
O que ela vai achar de mim? Do meu eu meio loser?
Do eu-tentando-esconder-que-sou-nerd?"

Com todas essas coisas acontecendo na sua vida ao mesmo tempo, ele acabou fazendo uma lista de seis coisas que considera impossíveis, mas pretende realizar:

1- Beijar a garota.
2- Arrumar um emprego.
3- Dar uma animada na mãe.
4- Tentar não ser um nerd completo.
5- Falar com o pai quando ele liga.
6- Descobrir como ser bom e não sair abandonando pessoas por aí.

Será que ele vai conseguir realizar tudo isso e ser feliz?

Seis Coisas Impossíveis é um livro com narrativa em primeira pessoa, feita por Dan, ele fala bastante dos seus pensamentos, sentimentos e aos mesmo tempo nos faz rir com as coisas que faz e diz. Não é difícil considerar Dan nosso melhor amigo, passamos a torcer o tempo todo por ele e até começamos a pensar numa forma de ajudá-lo, em uma saída para seus problemas.

O livro me prendeu, pude perceber como Dan foi amadurecendo, aprendendo com seus erros, errando de novo, ficando cada vez mais esperto. Ele é um garoto bem determinado!

As situações são engraçadas em algumas partes, junto com a narrativa leve e o toque juvenil, a leitura fica muito gostosa. Os jovens vão adorar a história, ainda mais por que Dan enfrenta problemas que muitos adolescentes passam.

A minha cena preferida foi a parte em que Dan estava tentando esconder Howard (o cachorro), pois os homens da vigilância sanitária estavam em sua casa, para ver se sua mãe poderia abrir um negócio de fazer bolos de casamento. Ela não se lembrava se podia ou não manter um cachorro no local e Dan teve que tirá-lo da casa, ri muito nessa cena!

Recomendo para jovens ou adultos que gostem de literatura juvenil. Lembrem-se: é um história leve para se divertir e relaxar, sem expectativas de um enredo mais complexo ou agitado.

Essa leitura foi uma cortesia da Novo Conceito.
Aguardamos seus comentários ;)
Seis Beijos Possíveis...

23 comentários

  1. É justamente esse "juvenil" que me faz ficar receosa em ler o livro, não que não leia livros assim, mas é o que menos me atrai, entende????

    Sobre o Dan, não sei o que faria no lugar dele, a vida deste menino dá uma reviravolta que achamos que só acontece em livro ou novela (mas é aí que se enganamos).
    Imagine, descobrir que seu pai é gay, faliu, sua mãe meio que entra em uma depre, começa estudar numa nova escola (?) e começa a gostar de uma menina, isso tudo num intervalo de tempo pequeno.
    Tenho certeza que todas essas experiencias só acrescentaram na vida do personagem, não é atoa que você aponta o amadurecimento deste.

    Acho que no final, o livro é uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  2. fiquei bem curiosa pra ler o livro, mas nao sei se ainda me interesso por leituras do genero... eu com certeza gostaria de ler um livro assim ha uns 5 anos kkkkkk mas gostei muito do enredo... vou esperar ler mais sobre o livro e decidir ;)
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Samantha! Oi Elis!
    Segunda resenha que leio desse livro hoje e só me bate mais o arrependimento de não ter solicitado ele no lançamento. =/
    Dan parece ser uma graça, certeza de que vou gostar dele quando ler (pq eu vou comprá-lo, questão de honra agora - rs). Curto livros divertidos e leves, acho que vou me divertir muito lendo.
    Beijos
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
  4. bem bacana você fazer essa resenha Sam, pois a idade é bem próxima e tipo alguns dos desejos do Dan a gente ja viveu na adolescência, como o primeiro beijo, não ser um bobo e poxa um livro regado de cenas engraçadas não pode ser ruim não importa a idade que tenhamos!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Li poucas resenhas sobre esse livro, mas posso dizer que adorei a premissa dele. Parece ser uma leitura bem cativante. Não costumo gostar muito de histórias narradas por adolescentes, porque na maioria das vezes sinto um pouco de superficialidade nos acontecimentos ou até mesmo pela forma de pensar, mas por incrível que pareça, eu não senti isso a respeito dessa. Futuramente, gostaria de lê-lo!

    ResponderExcluir
  6. Já li algumas resenhas sobre este livro e estou com muita vontade de ler, parece ser muito bom, cheio de emoções e muito divertido. Adorei saber que o personagem amadurece e aprende cada vez mais ao longo da narrativa, deve ser muito bom acompanhá-lo enquanto resolve seus problemas e aprende cada vez mais com eles!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. A premissa do livro é bem interessante e já li algumas resenhas elogiando ele bastante.
    Achei legal mas eu ando tentando fugir de livros com adolescentes e me focar em leituras mais serias e densas. Quem sabe em uma próxima. ;)

    ResponderExcluir
  8. Para começar, adoro livros contados em primeira pessoa, porque me ponho no lugar do personagem, sendo ele menino ou menina. Depois, adorei o enredo do livro, que coincide muito com o título do livro e que meio que relata como está a vida de um pobre adolescente. Ganhei este livro recentemente, e estou esperando pela sua chegada. Espero não me decepcionar!

    ResponderExcluir
  9. Oi Sa! Eu gostei tanto deste livro, achei o Dan um menino muito divertido, atrapalhado e um filho excelente. Senti dó deles, ri com ele e adorei cada uma de suas peripécias. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Oi Samantha.
    Eu gosto de dramas e livros com muitos detalhes, amo romances e livros de aventura e fantasia, mas sobra um espacinho para livros com uma narrativa leve, tudo depende do momento. Tenho certeza que vou torcer muito pelo Dan também e vou rir um pouquinho |o| Indo para o skoob.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Sam... pra começar, estou doida por esse livro... esses dias o encontrei na livraria, e acreditava que era fininho, mas é mó grosso, e me encantei ainda mais. A capa é bela demais, essa chave como I é uma graça. Já quero que Dan seja feliz, já quero que ele beije a vizinha, já quero que a mãe dele dê uma animada. Deve ser uma leitura bem prazerosa, enquanto vamos "riscando" os itens da lista (assim imagino). Quero muito o livro. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Narrativa leve e toque juvenil? Ah, é comigo mesmo. :)
    Estou ansiosa para ler esse livro, pelo o que tudo indica, vou rir bastante durante a leitura. Aliás, a fofura do Dan me cativou antes mesmo de eu ler o livro. Pude perceber pelas resenhas que li que ele tem um diferencial e, ao mesmo tempo, comete erros comuns, além de ter um carinho enorme pela mãe. Achei isso tudo muito cativante.
    Amei a resenha, Samantha! :)

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. É sempre bom ter um livro assim, com uma narrativa mais leve e descontraída. Na torcida pelo Dan e que ele consiga atingir seus objetivos, vou ler para confirmar. Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Curiosa pra ler o livro. Certeza de que vou gostar. Principalmente depois de saber que é um livro grosso, meus predileetos *u*

    ResponderExcluir
  15. Adoro a ideia de um chick-lit com narrador masculino, muito legal!
    Achei muito bacana a ideia da lista também, fiquei curiosa para saber como ele vai concluir todas as metas. Deve ser um livro bem engraçado e bacana de ser lido.

    ResponderExcluir
  16. Leitura gostosinha para uma tarde ou duas :)

    ResponderExcluir
  17. Quantos dramas na vida de Dan em? Essa fase de mudanças impactantes deve ter afetado muito a vida dele, e essas mudanças com certeza fazem crescer. A narração em primeira pessoa agrada demais quando o personagem é cativante assim e acaba fazendo parte de nós. Apesar de já ter saído dessa fazê eu adoro literatura juvenil então acho que esse livro é perfeito para mim, embora eu tenha ignorado ele por um tempo:) Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Samantha!!

    Eu também gostei bastante do livro! Me diverti com o Dan e torci bastante por ele. =) É uma história bem leve mesmo, mas li sem expectativas e adorei.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Estou com esse livro aqui na minha estante e estou bem ansiosa para lê-lo!!
    Vai ser uma das minhas próximas leituras!!
    Ai volto aqui e te conto o que eu achei!!Mas pela resenha acho que vou amar!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Sinceramente, a resenha esta ótima como sempre, mas preciso de algo mais impactante para ler. Esse acho que vai me dar sono.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Não esperava essas situações cômicas, estou aqui me perguntando onde que esconderam o cachorro e imagino em quais outras situações ele irá se meter.Espero que a casa perca o cheiro de xixi porque ninguém merece viver com esse cheiro, acho que não por conta da fabricação dos bolos.
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Que nunca fez uma lista assim uma vez na vida (mesmo que mentalmente)?? Já comecei rindo da sinopse o que me fez ficar ainda mais curiosa pelo livro. Preciso ler algo do tipo, alegre e divertido, ultimamente meus livros tem me arranado rios de lagrimas.

    ResponderExcluir
  23. De inicio eu não me interessei muito por ele não...mas vi tanta resenha positivo que acabei mudando de ideia..a capa tb não me chamou muito atenção não..mas depois que peguei ele achei a capa super fofo...agora estou mais que curiosa pra saber se Dan conseguiu seguir todas as regras da lista :)

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!