[Resenha] TIGANA: A Lâmina na Alma

TIGANA: A Lâmina na Alma - Guy Gavriel Kay

TIGANA: A Lâmina na Alma - Guy Gavriel Kay
Tigana - Livro 01
Skoob - Saída de Emergência - 2014 - 368 páginas
Sinopse: Tigana é uma encantadora obra de mito e magia, a história de uma nação oprimida que luta para se libertar depois de cair nas mãos de conquistadores implacáveis. O povo foi tão amaldiçoado pela feitiçaria do Rei Brandin que o próprio nome da sua bela terra não pode ser lembrado ou pronunciado. Mas anos após a devastação de sua capital, um pequeno grupo de sobreviventes, liderado pelo Príncipe Alessan, inicia uma cruzada perigosa para destronar os reis despóticos que governam a Península da Palma, numa tentativa de recuperar o nome banido: Tigana. Num mundo ricamente detalhado, onde impera a violência das paixões, um povo determinado luta para alcançar seus sonhos.


Tirania, liberdade e identidade.
Tigana é o retrato fiel do momento histórico brasileiro, leiam, informem-se, reflitam, acordem!
“...alguns homens devem fazer escolhas por aqueles que não podem fazê-las, seja por falta de vontade ou de poder...”  (Sandre, Duque de Astibar)
Com vocês o genial e surpreendente Guy Gavriel Kay:

A trama de Tigana foi dividida em dois volumes na edição brasileira. Neste volume um, TIGANA: A Lâmina na Alma, somos introduzidos aos antecedentes da maldição que foi lançada sobre a província de Tigana, ou seja, na batalha do Rio Deisa e portanto somos bruscamente iniciados em acontecimentos que podem parecer estranhos e desconexos, entretanto farão todo sentido no decorrer da leitura repleta de descobertas a cada capítulo.

Mapas com riqueza de detalhes nos fazem mergulhar...
A Saída de Emergência caprichou hein? Amei!

A narrativa em 3ª pessoa tem um jogo interessantíssimo, pois nos lança em uma polaridade de pontos de vista, na parte um temos uma visão da invasão tanto sob ponto de vista dos invasores como dos invadidos, pois as conspirações são constantes e elaboradíssimas. 

Como vencer dois feiticeiros sem usar magia?????

Alessan é realmente um oponente a altura dos dois conquistadores Barbadior e Brandin, que disputam entre si as províncias do continente, enquanto os dois últimos usam feitiçaria e terrorizam o povo que é dominado através do medo e da corrupção, Alessan com sua astúcia e poder de manipulação vai tecendo uma rede de tramas que pouco a pouco colocarão em dúvida o poder dos dois tiranos, logo é um jogo perigoso, ardiloso e repleto de sustos que nos faz devorar os capítulos.

Paixão, aventura, honra, vingança, amizade, memória, amores impossíveis, proibidos, libidinosos, eternos... tirania, crueldade, intrigas, traições, ganância, submissão... companheirismo, lealdade, identidade, passionalidade:

“...Um caldeirão fervia dentro dela, devastador, varrendo tudo diante de si como um mar de lava. Estivesse Brandin naquele quarto, naquele momento, ela arrancaria seu coração com as próprias unhas e dentes...” (Dianora di Certando)

Quem é Dianora? Hummmmm! A parte dois nos dirá e preparem-se, essa belíssima mulher esconde muiiiiiiiitos segredos que provavelmente farão tremer as nove províncias hahahahaha! Aliás, todas as mulheres da trama são ultra mega passionais, ou seja, mulheres simmmm, portanto preparem-se para conhecer as personalidades das beldades exóticas e complexas: Catriana, Alienor e da “por enquanto” doce Alais.

Os homens da trama são caixinhas de surpresa à parte, personalidades absolutamente distintas unem-se em busca de dois ideais: Vingança e Liberdade. Alessan é “o príncipe anti-herói” para quem os fins justificam os meios, Sandre ainda carrega no coração o juramento dos cavaleiros, Baerd é um cavaleiro, Erlein ainda é um enigma, perigosíssimo por sinal, agora Devin hummm! Creio que esse é o queridinho de Kay, e por simbiose o meu, afinal no decorrer da trama observamos o seu desenvolvimento intelectual, moral, psicológico e... sexual hehehe, de menino a homem, nosso Devin, o cantor de voz celestial da trupe, descobre suas origens, decide lutar por uma causa e transforma-se a cada capítulo, creio que Devin nos promete muiiiiiiito no livro dois, afinal ele é o caminho do meio e voz do autor, vamos aguardar e ver se minha intuição confere.

“Não existem caminhos errados. Apenas caminhos que você não sabia que teria de percorrer.” (Devin – recordando ensinamentos de um velho sacerdote de Morian) 

Então Simmmmmmmmmmmm! É tudo verdade! Tigana é uma das melhores fantasias já editadas, e o posfácio fecha com chave de ouro e presentifica a genialidade do autor.

Estradas, tavernas, montanhas, florestas, magia, rotas de fuga nas “distradas” poeirentas, cantigas de honra e amor ao pé da fogueira. Que erga-se a terceira taça de vinho azul a Guy Gavriel Kay e façamos um brinde: Que venha “A Voz da Vingança”.

Magnifico, Sensacional... Esplêndido! BANG!

Tigana




Mapa da Península de Palma



Essa leitura foi uma cortesia da Saída de Emergência Brasil.
Aguardamos seus comentários!

Beijos tiganeses!

23 comentários

  1. Caramba! Parece ser uma história e tanto! Pela resenha eu gostei bastante do Alessan, mesmo parecendo que ele não teria remorso algum... independente do que fizesse.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosem. Através de sua resenha vejo que o livro é melhor do que eu imaginava. Gosto dessa mistura de romance e aventura e para completar: momentos reflexivos. Quando um lugar novo é inventado, eu quero imaginá-lo com detalhes, e pelo jeito não me decepicionarei com Tigana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou muito fã do gênero fantasia, mas pelo que pude entender, as personagens desse livro são bem estruturadas, com grande personalidade. Simpatizei bastante com a descrição de cada um deles.
    “...alguns homens devem fazer escolhas por aqueles que não podem fazê-las, seja por falta de vontade ou de poder...”
    (Sandre, Duque de Astibar)
    Simplesmente achei incrível esse quote. Se encaixa perfeitamente no meu ponto de vista a respeito do Brasil ao longo de seus anos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Rosem! Logo que a Saída de Emergência lançou o livro achei que seria uma história bem interessante, a sinopse e a capa me chamaram atenção, e lendo tua resenha, muito boa por sinal, vejo que eu não estive enganada. Leitura com cenário épico, muita magia e segredos, e batalhas, e parece ter amor no meio. Quero saber desde o inicio das batalhas, o porquê de tudo, e como tudo ficará no final, e pra isso o que tudo irá acontecer. Beijos

    ResponderExcluir
  5. achei pra la de interessante o enredo, o cuidado em produzir mapas e quando estava lendo me senti meio parte da história, me envolvi com a resenha e quando vi o livro confesso que não pensava em ler, mas agora estou entusiasmada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. a historia parece bem legal e acho super interessante esses livros com mapas ( ajudam muito ) mas mesmo assim esse estilo nao faz muito meu tipo :/ acho q e o tipo q eu demoro semanas pra ler ou entao desisto :/
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li o primeiro e agora fiquei bem nervosa,eu amo fantasia e lendo sua resenha enlouqueci... "A melhor fantasia já editada.." isso não se faz com uma pobre leitora que está cheia de livros para ler....

    Amei sua resenha,ela é contagiante e empolgante....

    bjsss

    Bianca

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  8. Adorei conhecer a sinopse e enredo deste livro! Quando vi no post do Correio Passional #23 fiquei muito interessada logo por ver a capa, parecia ser muito bom e a capa é linda! Gostei do enredo, adoro estórias com aventuras e magia e esta parece ter muitas emoções!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Apesar do nome um pouquinho estranho, 'Tigana' tem um enredo que chama a atenção de qualquer um para a leitura, porque além de mitos, envolve magia; dois itens essenciais em livros como esse. O bom é saber que o livro foi dividido em 2 volumes, deixando o leitor ansioso para saber o que acontece no próximo!

    ResponderExcluir
  10. Amei as capas!! *-* Tão charmosas!!
    Pelo o que eu li na resenha o livro é cheio de ação e cenários incríveis banhados a muita magia!!
    Fiquei bem curiosa ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Puxa, puxa, puxa!!!!! Parece ser mara, quero ler!!!! Oh, céus... minha internet mal voltou e a lista de desejados já começam a aumentar... rsrsrs....

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  12. Oi Elis ;)
    Nossa que saudades daqui!!!
    Eu estou muito ansiosa pra ler esse livro!
    Ele foi minha escolha da editora esse mês e não aguento esperar que ele chegue e se eu já estava assim antes imagina agora depois de uma resenha tão empolgante? Por favor chega logo livrinho!!!

    Tem post novo lá no blog, quer ler?
    Desde já obrigada!

    Fallen In Me
    - PatyScarcella

    ResponderExcluir
  13. Super empolgada com essa leitura agora..amo esse gênero e a editora realmente caprichou na diagramação..aaiinnn agora fiquei super curiosa pra saber mais sobre Tigana - A Lâmina na Alma e todos esses lindões ^^ sem nem ler o primeiro ainda já quero o segundo..adoro personagens femininos assim..curiosidade mode on..espero que a editora não demore muito pra lançar Tigana - A Voz da Vingança \o/

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Ele tem tudo para ser bons, pelo que vi tem bons personagens, mas me pergunto se a narrativa é boa e fluída. A capa é bonita, mas não atraiu aos meus olhos o que salvo foi a sinopse e sua resenha.
    beijos
    Ju

    ResponderExcluir
  15. Não sou la fa de historias que envolvem batalhas, reinos e afins, mas tenho que concordar que depois de ler esta resenha ,e deu vontadinha de ler. A trama parece ser bem construída e envolvente. Q qie será que essas mulheres tem ;) kkkkk

    http://mensagensreflexoesemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Essa duplicidade de pontos de vista me agrada muito, torna a obra mais envolvente e chega até a nos fazer questionar.O Alessan deve ser muito sábio para travar essa batalha utilizando como arma maior a sua sagacidade. Percebo que as mulheres dessa historia são personalidades marcantes, devem ser de extrema importância na trama. O autor deve ter trabalhado bastante para construir personagens tão singulares como os que você citou. Creio que as obras de fantasia são as mais complexas da literatura, certamente merecem destaque.

    ResponderExcluir
  17. Estava com saudades de livros assim: com mitos, magias, uma trama muito bem desenvolvida que te pega por completo e deixa a sensação de quero mais. Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  18. Apesar de falarem que são bons livros, eu não gosto muito, não são do meu estilo, mas recomendo a quem goste.

    ResponderExcluir
  19. Não curto esse gênero literário e nem tive muito interesse por esta obra. Achei a capa bonita, mas não vi muita inovação e nada que me fizesse olhar duas vezes para o livro.
    Entretanto, eu acho essas mapas que vem com esse tipo de livro super lindo e bacana!

    ResponderExcluir
  20. Vingança e liberdade são dois ideais que meche e muito com todos, seja aquele que aprecia uma boa leitura ou por aquele que ama séries, filmes e etc. Tigana trás isso e muito mais, uma boa opção de leitura pra quem quer sair um pouco da leitura água com açúcar, onde a narrativa surpreende e te aproxima dos personagens.

    Uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  21. Estes lançamentos desta editora nova estão super comentados :)

    ResponderExcluir
  22. Adorei o título do livro...estou curiosa para lê-lo
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. A história me lembrou um pouco de Game of Thrones, e por isso parece ser bem bacana. Gostei do personagem Alessan, personagens astutos são meu preferidos, e alem de tudo o livro parece ter detalhes que eu amo ler... pois acontecem em um mundo diferente, pelo que eu entendi rs Parabéns pela resenha!!!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!