[Resenha] Uma Carta de Amor

Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks

Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks
Sinopse - Arqueiro - 2014 - 288 páginas


Essa é uma história de amor, dor e esperança, entre duas pessoas que tentam superar suas perdas e que têm as vidas conectadas através de Uma Carta de Amor. Aos 36 anos, Theresa sente que não está mais no controle de sua vida, os dias passam rápido demais e ela não faz metade do que poderia fazer. Trabalhando como cronista no Boston Times e totalmente envolvida na criação do agitado Kevin, de 12 anos, desde o divórcio, ela sente que o mundo perdeu um pouco da cor, suas convicções não tem mais firmeza e luta constantemente para não ser dominada pela indiferença...

Até que, durante uma semana de férias em Cape Cod, ela encontra na areia da praia uma garrafa arrolhada, com uma carta em seu interior. A carta - apaixonada e desesperada - que Garret escrevera para sua falecida esposa Catherine, mexe profundamente com Theresa, que descobre mais duas cartas escritas por ele e, aproveitando que seu filho está passando as férias com o pai, viaja para a Carolina do Norte rumo a Wilmington, pra tentar conhecer o homem que não sai de seu pensamento. 

"Ela não sabia onde Garrett estava, mas ele existia de verdade, e uma das coisas que ela aprendera bem cedo na vida fora que, quando uma pessoa encontra algo que mexe com ela, é melhor tentar descobrir mais sobre essa coisa. Se ela ignorar os próprios sentimentos, jamais descobrirá o que poderia acontecer, e por vários motivos isso é pior do que constatar que estava errada desde o início. Porque, ainda que esteja equivocada, ela será capaz de seguir sua vida sem olhar para trás e sem ficar imaginando o que poderia ter acontecido."

Ao chegar em Wilmington, a ansiedade de Theresa estava a mil (e a minha também), porque ela não fazia a menor ideia de como Garrett era, nem o que iria dizer ao encontrá-lo. E quando os dois se olharam, meu coração bateu disparado igual ao deles!!! Garrett sentiu algo por Theresa assim que colocou os olhos nela e pela primeira vez, desde que a esposa morreu, percebeu-se atraído por outra mulher. Isso lhe causou um sentimento de culpa, mas ele ignorou a sensação de que estava fazendo algo errado e convidou Theresa para velejar, dando início a uma nova etapa de suas vidas.

Uau, que leitura!!! Nicholas Sparks conseguiu nos apresentar um casal cheio de amor e afinidades, mas que precisará superar muitos obstáculos para ser feliz. A forma como cada um deles lidava com a solidão antes de se conhecerem, se reflete (e atrapalha) no atual relacionamento que estão construindo: Garret é muito solitário, apegado ao passado e, após a morte da esposa, alimentou-se do sentimento de perda e das lembranças dos momentos passados com Catherine. Ele é um pouco depressivo, carente e carrega um peso dentro de si, do qual não consegue (ou não quer?) se livrar. Já Theresa, após o divórcio, apoiou-se no amor pelo filho e na sua criação, fez terapia para sentir-se inteira novamente, além de investir na sua carreira de colunista, que tem se mostrado promissora. Cada um deles lidou com a perda à sua maneira e agora será difícil mudar alguns comportamentos. Comparando o casal a um veleiro (eles adoram velejar), Theresa seria a vela num dia sem vento e Garrett seria uma âncora presa no oceano. Bastaria um bom vento pra fazer a vela funcionar, mas erguer a âncora já não é uma tarefa tão fácil.

Quando eu leio Sparks fico assim, cheia de metáforas rsrsrs... é que ele trabalha com temas universais que me fazem refletir: amor, amizade, família, luto, dor, alegria, companheirismo, são coisas que fazem parte da nossa vida e que causam identificação. Os personagens são cheios de defeitos e virtudes, erram e acertam, assim como nós. As situações imaginadas pelo autor permancem na minha mente por horas, dias e fico pensando: "e se ele tivesse feito isso?"; "e se ela tivesse feito aquilo?"; "e se fosse comigo?".

Pra mim, toda leitura do Sparks é um "mergulho da alma" onde acabo me molhando, às vezes em lágrimas de alegria, noutras vezes de tristeza, mas a sensação ao virar a última página é sempre de compreensão, esperança e muito, muito amor.

Recomendo passionalmente!!! Mas não se esqueçam dos lencinhos de papel!!!

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Arqueiro.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

38 comentários

  1. Elis muito bom ! Irei adiquirir esse título que ainda falta na minha estante. Parabéns pela escrita, adorei ! Grande beijo minha linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, tenha uma ótima leitura =)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oii Elis , Esse livro esta a minha lista a alguns dias ,!!! O Nicholas trabalha muito bem nos livros deles :) euu adoro os livros dele , a resenha é muito linda eu amei ! amei a postagem , bjo gata

    ResponderExcluir
  3. WOW, sua resenha me fez vontade de pegar meu livro aqui e começar a ler agora! Com certeza será uma das minhas próximas leituras, rs
    Também amo a escrita do Tio Sparks, ele consegue falar de amor de tantas maneiras diferentes e, mesmo assim, nunca me canso.
    A proposta me lembrou um pouco a de A Última Carta de Amor, da Jojo Moyes, mas espero estar enganada com o contexto. Enfim, parabéns pela resenha, me deixou ainda mais curiosa *---*
    Beijos.

    www.missthay.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me diz o que achou da leitura ;)
      Beijos!!

      Excluir
  4. Oi Elis :)
    Eu acho o enredo desse livro, um dos melhores do Nicholas. Achei super interessante essa coisa da carta numa garrafa, e a personagem simplesmente sair à procura do homem que escreveu. Estou curiosa pra saber como foi essa procura, até o encontro deles.
    Como fã do Nicholas estou louca pra ler esse livro, que deve ser muito lindo, como sempre. <3 Sua resenha está ótima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Estou muito ansiosa para ler esse livro!!!Sua resenha está divina e me fez ficar emocionada,
    Gosto muito do estilo do Nicholas também ,ela faz um misto de amor,amizade,conflitos familiares e por aí vai..e sempre penso " e se fosse comigo?".Amei!!UM bjão.

    ResponderExcluir
  6. Nossa que resenha maravilhosa! O livro parece bom, não é toa que Sparks é um autor conceituadíssimo e seus livros sempre fazem grande sucesso e na maioria das vezes são adaptados para o cinema! Romance não é minha leitura favorita, mas acho que esse vale a pena!
    Beijos!
    www.lerimaginarviver.com

    ResponderExcluir
  7. Eu não me interesso muito pelos livros do Sparks, todas as sinopses de livros que leio do autor não me interessam, acho que suas obras que não fazem meu estilo mesmo.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Os livros do Nicolas Sparks são todos muito clichês, as vezes eu estou um pouco mais "romântica" e acabo lendo um livro dele kkkk
    Romance vem do momento certo, se vc não estiver no ''momento'' vai acabar não gostando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que estou sempre no "momento" romance rsrsrs... Beijos!

      Excluir
  9. Eu amo os livros do Nicholas Sparks *-*
    Terminei de ler "O milagre" a dois dias e não vejo a hora de ler a continuação. Os livros dele nos fazem refletir muito, eu também sou assim me identifico com os personagens, sinto a alegria e tristeza deles, porque como você disse, as histórias são muito reais. Fico imaginando o que o Garrett sentiu, ele queria ser feliz mas continuava preso as lembranças para que elas diminuissem sua dor.
    Não vejo a hora de ler o livro :)
    Nossa escrevi um texto! Rsrs me empolguei.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor dele é palpável e a dela também, embora ela seja mais forte que ele. Beijos!!

      Excluir
  10. Oiee =)
    que ótimo que a leitura foi demais para você, sinceramente eu não sou fã do Tio Sparks - E.T - mas estou pensando em ler esse livro pelo fato de falar em cartas - e as amos - espero gostar;

    Beliscões da Máh ♥
    Blog |Instagram |Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que curta, quem sabe esse te conquista?
      Beijos!

      Excluir
  11. acredita que só falta esse na coleção Elis? Que romance, ja vi o filme, mas aposto que não chega nem aos pés do livro!!1
    esse livros mais antigos do Sparks fazem a gente chorar e sonhar ao mesmo tempo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila!
      Vi o filme depois de ler o livro e achei que mudaram muita coisa no filme, como a profissão do Garret, o que aconteceu com Catherine e principalmente o texto das cartas, o que deixou o filme bem fraco em relação ao livro. Beijos!

      Excluir
  12. Eu me lembrei do filme e agora fiquei curiosa para ler o livro que parece ainda melhor. :)
    Também me lembrei que mudaram umas coisinhas no 'Querido John' também.

    ResponderExcluir
  13. Que resenha linda, Elis! <3
    Eu adoro o Nicholas, mas não solicitei esse livro pq ando muito emotiva esses dias e a leitura dele não me faria muito bem. Mas pretendo comprá-lo em breve para poder ler assim que estiver menos emotiva. rs
    Tem filme, é? Não sabia! Vou procurar também.
    Beijão
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Neyla, tenho dois livros dele aqui que ainda não li porque estou esperando "o momento certo". Beijos!!!

      Excluir
  14. Elis, diferente de você, ainda não consegui me entregar totalmente a leitura de um Sparks.
    Já li dois livros dele e não me familiarizei com as estórias, achando tudo muito "artificial"... Não sei explicar direito.
    Ainda sim, não desisti, não! Sei que um dia lerei algo dele que irei realmente amar. Quem sabe não é esse livro, né?
    Espero que seja tão emocionante quanto você diz.

    Beijo
    Mariana | Sem querer me intrometer

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto muito do estilo de escrita do Nicholas, já li algumas de suas apaixonantes obras, e essa parece ser muito linda... Sua resenha me deixou muito curiosa, com certeza vai para minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  16. Oie Elis!

    Apesar de achar a escrita do Sparks gostosa e bem construída, não sou muito fã. Pois é bem previsível e eu sou apaixonada por livros que te instigam a descobrir grandes mistérios .

    Bjus!
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  17. Eu NUNCA li um livro dele. Sei que isso é um absurdo, mas acontece que acabo vendo todos os filmes de seus livros e isso me desanima depois a ler o livro. Mas gosto de histórias de "gente como a gente" como você disse acima. E afinal, tenho que resolver essa minha falha de não conhecer um autor tão famoso.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  18. como colecionadora dos livros do nick, eu fiquei chateada qndo a arqueiro mudou as capas dela.. q antes era sempre brancas e parecidas, na estante ficava bem parecido com uma coleçao/ saga ... mas a capa desse livro ficou tao linda, que passei a querer ele mais ainda *-*
    sou fa do nick e esse ano ainda terminarei minha coleçao dele :3

    ResponderExcluir
  19. Oi Elis! Eu não pedi este, faz pouco tempo que li Sparks e estou na pausa agora, mas será o próximo com certeza, parece ser o mais lindo dele, e você toda suspirando nesta resenha, passando emoção em cada linha me deixou arrependida de não ter solicitado logo.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  20. Tenho muita vontade de ler algum dos livros deste autor, sempre parecem ser muito bom e com estórias que nos emocionam e nos fazem refletir...gostei bastante da sua resenha e enrendo deste livro, parece ser muito bom acompanhar os personagens enfrentando os obstáculos para poderem ficar juntos! Parece ser mesmo uma ótima leitura! :)

    ResponderExcluir
  21. Oi, Elis, eu amei a sua resenha, também amo os livros do Nicholas, não vejo a hora de poder ler Uma carta de amor, que historia linda esse livro é né, e com toda certeza os livros dele nos fazem refletir, sobre amor, família, perda, dor sofrimento, amei a resenha.
    Beijão!!!

    ResponderExcluir
  22. Uma amiga me mandou este livro em e-book a uns 3 anos atrás sob o título "As palavras que nunca te direi". Foi meu primeiro livro do tio Nick. Chorei horrores no final, e o autor conquistou meu coração.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  23. Olá Elis, tudo bem?
    Tenho muitos dos livros do autor na minha estante, pois amo demais sua escrita e suas historias...E já tenho este na lista de desejados, e depois de conferir tua resenha fiquei ainda mais curiosa!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  24. Oi Elis!
    A sua resenha ficou linda! Esse é mais um que vai para a lista dos desejados, vou dar mais uma chance ao autor, quem sabe não mudo de ideia sobre os livros dele...
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. A história é linda e a resenha perfeita, mas não sou fã desse autor desde quando assisti O diário de uma paixão.

    ResponderExcluir
  26. Confesso que quando li também fiquei curiosa para conhecê-lo kkk

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!