[Resenha] Simplesmente Irresistível

Simplesmente Irresistível - Rachel Gibson

Simplesmente Irresistível - Rachel Gibson
Série Chinooks Hockey Team - Livro 01
Sinopse - Jardim dos Livros - 2013 - 389 páginas


Simplesmente Irresistível é como o próprio nome diz, irresistível para aqueles que amam um bom romance com altas doses de doçura, várias colheradas de humor e uma pitadinha de drama, polvilhado com obstáculos a serem superados, antes de um suspiro feliz.

Inicialmente o prólogo nos leva ao ano de 1976 no Texas, e de cara nos apaixonamos por Georgeanne, uma garotinha de nove anos que tem seus sonhos limitados ao ser diagnosticada como "disfuncional", e a partir de então será treinada pela avó para conseguir um bom marido no futuro, já que nunca poderá ser "brilhante de fato".

As próximas páginas acontecerão no ano de 1989, em Seattle, onde encontraremos Georgeanne bem encrencada. Ela deixou o noivo multimilionário (e quarenta anos mais velho que ela) esperando no altar e fugiu, carregando apenas uma valise bege, que combina perfeitamente com o minúsculo vestido de noiva em cetim rosa claro. Sem dinheiro, família ou um plano de fuga, só lhe resta jogar charme pra cima de John (o homem a quem pede carona) e convencê-lo a ajudá-la enquanto decide o que fará da vida.

John Kowalsky compareceu ao casamento apenas por obrigação, pois o noivo é o dono do Chinnoks, time de hóquei no qual John atua como jogador. Ele "bateu o ponto" e foi embora antes da cerimônia começar, mas quando concordou em dar carona à linda morena de olhos verdes que desceu as escadas correndo, não poderia imaginar que ela seria a noiva do patrão e que sua carreira (e sanidade) estariam em risco nas próximas horas.

Georgie e John passam uma noite maravilhosa juntos. Georgie acha que encontrou seu "cavalheiro de armadura brilhante", mas John está mais para um "homem que caiu do cavalo e fora pisoteado por ele". Apesar da boa índole, John está ferido e fere aos outros sem perceber, ele não está preparado para corresponder às expectativas de Georgie nem disposto a arriscar sua carreira, por isso na manhã seguinte a despacha pra bem longe dali.

Então a história avança, nos levando à 1996, onde acontece o restante da trama. John superou a fase negra pela qual passou, enfrentou a depressão e o alcoolismo que lhe dominavam, se tornou o capitão do time e está pensando em formar uma família. Georgie permaneceu em Seattle, tem uma filha chamada Alexandra (Lexie) e uma grande amiga (Mae) com quem administra um bufê. É claro que o destino dá um jeito de cruzar novamente os caminhos de John e Georgie, e a partir daí os personagens viverão uma montanha russa de emoções, nos levando junto com eles, é claro.

Amei o livro! A narrativa é uma delícia, é a primeira vez que leio um livro da Rachel Gibson e me empolguei, devorando as 389 páginas em 2 dias. O trunfo está na dificuldade de John e Georgie entenderem as motivações e as intenções um do outro, pois além das mágoas do passado e da forte tensão sexual presente, existe a vida (e a guarda?) de uma criança em jogo, que nenhum dos dois deseja magoar. Apesar do enredo parecer clichê, as cenas não são construídas de forma óbvia e a maneira como a autora trabalha os personagens nos envolve e nos faz torcer por eles. 

Georgie é absolutamente doce e tagarela, foi criada acreditando ser intelectualmente incapaz e só mais tarde descobriu que na verdade tem dislexia. Mas ela venceu na vida, pondo em prática tudo o que aprendeu nos cursos de "cata marido" (culinária, etiqueta e artesanato) em seu próprio negócio, tornando-se uma empresária de sucesso. John fica encantado com a paternidade, é emocionante ver como ele se apega à filha e se preocupa em ser um bom pai, aprendendo aos poucos as "coisas de meninas". Já Lexie é uma menina fofa e esperta, que sabe como ninguém negociar regras com a mãe e aproveitar-se da ingenuidade do pai. Ela não é uma "criança de enfeite", mas uma personagem bem construída e importante no desenvolvimento do enredo.

O final é foférrimo e fechadinho, pois os próximos volumes da série trazem outros casais como coadjuvantes, cujos mocinhos tem ligação com o time de hóquei Chinnoks. Rachel Gibson possui poucos livros publicados no Brasil, já adicionei todos à minha lista de desejados e estou na torcida para que os demais livros dela sejam publicados por aqui!

Série Chinooks Hockey Team



1 - Simply Irresistible (1998) - Simplesmente Irresistível (2013)
2 - See Jane Score (2003) - Jane Joga e Ganha (2009)
3 - The Trouble With Valentine's Day (2005)*
4 - True Love and Other Disasters (2009)*
5 - Nothing But Trouble (2010)*
6 - Any Man of Mine (2011)*

*ainda não publicados no Brasil

Aguardamos seus comentários ;)
Beijos românticos...

35 comentários

  1. ja amei saber q o livro tem um roamnce super doce e com humor. esse é o estilo de livro que se encaixa comigo, amo romances e romances bobinhos sao os melhores pra mim. adorei tambem se passar numa epoca mais antiga, mas nao tao antiga assim. fiquei muito curiosa para conhecer todo o romance. acho q vou adorar a protagonista, estou precisando de protagonistas mulheres q virem minhas amigas, pq geralmente sao tao chatinhas kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jack!
      A Georgie é ótima, tagarela e divertida, sem dúvida daquelas que convidaríamos pra uma festa =)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Elis! Eu comecei a ler Gibson por este livro e fiquei apaixonada, eu sabia que você ia gostar e muito, romance fofo assim e com uma história bem elaborada vale ouro. Ele pode até parecer clichê, mas a verdade é que eu nunca sabia para onde a autora ia nos levar, os avanços rápidos no tempo foram uma surpresa, reviravolta atrás de reviravolta. A pequena Lexie é o melhor de tudo, que garota esperta. Fico feliz que tenha gostado.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, eu amei e favoritei, obrigada pelo presente certeiro no ♥
      Beijos!!

      Excluir
  3. Oi Elis,
    Esse livro e simplesmente irresistível *-*. A escrita da autora e ótima e te envolve do principio ao fim. Também gostei bastante da trama e dos personagens .

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla!
      Não dá pra evitar o trocadilho, o título se encaixa perfeitamente ^^
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Elis!
    Se já ri enquanto lia a resenha, pense se ler o livro... Não tinha muito interesse por esse livro, apesar de achar essa capa linda, mas agora fiquei bem curiosa. Acho que vou gostar de ver três épocas diferentes e principalmente de uma personagem criança que não é só plano de funda para a história!
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. faz tempão que quero ler esse livro e as sequencias! ainda não tive nenhum contato com a Gibson, mas ela é uma daquelas que parece escrever histórias encantadoras! adoro humor e romance, dá um ar de comédia romântica da sessão da tarde ^^ leitura ideal pra desestressar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Elis!
    Imaginei esse livro bem diferente da sua resenha. Pensei que ele fosse hot, ao mesmo tempo um chick lit, parecido com Melancia (Eu não o li até o final mas não gostei das expressões usadas pela protagonista). Você já leu algum livro da Marian Keyes? Simplesmente irresístivel parece ser muito divertido e fofo, espero que eu goste tanto quanto você, quero muito saber o que acontece no final, o que acontece com o ex noivo da protagonista, etc.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara!
      Ainda não li nada da Marian Keyes, então não posso comparar, mas Simplesmente Irresistível não chega a ser hot, possui só algumas cenas sensuais leves, mas que não são o foco da história. Beijos!!

      Excluir
  7. Faz tempo que não leio romances mas quando leio prefiro os com humor. Acho uma mistura que combina perfeitamente. Agora, um homem que caiu do cavalo e fora pisoteado por ele, nem de longe seria a descrição de um amor para encontrar. Mas, na vida real as coisas não são perfeitas mas ainda assim o toque da realidade é melhor que fantasia.

    Beijos

    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Elis
    Adorei sua resenha. Também não li nenhum livro da Rachel Gibson e ganhei esse Simplesmente Irresistível e o Loucamente sua e pensei que era continuação. A Geração já publicou o Sempre ao seu lado e Sem Clima para o amor. Será que são histórias individuais? Vou pesquisar.
    Uma história bem cheia de emoções, superação e um final de reencontro. Já vou furar a fila para ler.
    Parabéns por ter cumprido o Desafio da Tradição da Capa Azul.
    Beijos

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Irene!

      Loucamente Sua é o livro 1 da série Single Novels
      Sem Clima Para o Amor é o livro 2 da série Writers Friends
      Sempre ao Seu Lado é o livro 3 da série Writers Friends

      Mas cada um desses livros é com um casal diferente e possui um final fechado, por isso dá pra ler isoladamente ;)

      Beijos!!

      Excluir
  9. Parece ser um romance totalmente delicioso, adorei a indicação.

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler esse livro , um livro da autora que tambem desejo muito é sem climas para o amor ! , quero ter oportunidade de poder ler esse livro , ele parece ser otimo , amei a resenha !

    ResponderExcluir
  11. Oie Elis!! Estou super curiosa pra ler alguma obra da Rachel e esse livro me chamou a atenção. Gostei do fato de ser um romance misturando doçura com humor, creio que deve ser bem engraçado a parte que a Georgie abandona seu noivo no altar e é claro embarca em aventura louca. Gostei do fato de John e Georgie se reencontrarem depois e ops... fiquei super curiosa pra descobrir quem é o pai da Lexie... hehehe Será que o J....?? A capa desse livro é linda, ela já nos apresenta o que será o livro: leve, romântico e com humor. P.S: Adoro azul!!!!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  12. Parece ser bem engraçadinho o livro até, mas eu realmente nao consigo gostar de romances e sofro para le-los. Fico triste com isso as vezes pq, no caso desse livro, por exemplo, parece ser bem legal...Mas eu nao consigo ler :(

    ResponderExcluir
  13. Bom, eu não gosto muito dos livros da Rachel Gibson, pelo simples fato de não ter tido uma experiência com outro livro dela. Essa leitura eu passo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha eu quis dizer que li Sem Clima Para o Amor e não curti, ou seja, não tive uma boa experiência com esse livro, o que me leva a não querer ler mais livros da autora. Entendeu? hahah

      Excluir
    2. Ah, tá, agora entendi ;)
      Beijos!!

      Excluir
    3. Sem clima para Rachel Gibson então kkkkk :) Desculpe 'meter o bedelho' eu não li estes livros, só achei engraçado o título do livro que você não gostou. :)

      Excluir
  14. Ainda não li nenhum dos livros desta autora, mas estou muito interessada em Sem Clima para O Amor, parece ser muito interessante e é um livro bem elogiado.
    Gostei muito de conhecer esta obra também, além de ter um enredo que me deixou curiosa, gostei muito de saber que as cenas são bem construídas e não tem nada de clichê.
    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Ah, agora entendi o desafio da 'capa azul', e também gostei da dica e da resenha, pareceu um pouco o estilo da Marian keys e das personagens 'meio ouquinhas'' dos livros dela.
    Também não li ainda nada desta escritora, já fique esperta quando falaram 'time de hóquei'. acho que aqui é sobre o gelo e com patins, mas não tem hóquei com cavalos ? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone!
      É hóquei no gelo mesmo ^^
      Beijos!!

      Excluir
  16. Oi Elis, a resenha deu aquela vontade de conhecer o livro, mas quando vi que era mais uma série confesso que achei melhor deixar mais para frente.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha. deve ser muito lindo, já que é um romântico "antigo" como quase não vemos nos livros atualmente.
    Gosto muito de livros que tem esse 180º do destino, onde de uma hora pra outra sua vida que está tudo calma acontece algo e vc reencontra amores passados, amigos passados ou até algum parente que não ve a muito tempo e sua vida muda completamente

    ResponderExcluir
  18. Gente quase perdendo o fôlego com tanta informação, tantos anos e tantas coisas acontecendo, e engraçado a protagonista ser faladeira, pois com tanta decepção e confusão se fosse comigo teria virado a menina mais deprimida e calada ado mundo! hihiih, vou ler, acho que todo livro com uma pitada de bom humor ganha lugar em minha estante

    ResponderExcluir
  19. Oi Elis. Deu vontade de ler o livro. Parece ser fofo, divertido e muito romântico. Impressionante como os livros já tem bastante tempo de publicados e ainda não foram lançados no Brasil. É uma pena!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Adorei. Com certeza vou fazer o mesmo e colocar na minha lista de desejados.
    Parece ser daqueles livros que você fica com diabetes pra ler, mas também não larga. HAHA
    Eu adorei o livro ser mais "antigo" na história, com o passar do tempo bem marcado. Gosto de detalhes e isso é um preenchimento do meu toc. kkkkkkkkk Ser detalhista ao extremo.
    Enfim, amei a resenha, deixa a gente com vontade de quero mais. ^^
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu li somente um livro da Rachel Gibson, que foi Loucamente sua e eu adorei, estou louca para ler os outros livros dela e Simplesmente irresistível, é o que mais estou louca para ler, amei a sua resenha, eu sabia do livro, mas não fazia ideia de como ele era, essa foi a primeira resenha que vi dele e adorei, parabéns Elis.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Olá Elis...Tudo bem??
    Como não se interessar por este livro depois de conferir tua resenha, curto muito livros assim com historias leves e que nos prendem. Ainda mais por que não li nenhum livro desta autora. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  23. Amei o livro, principalmente pela parte do John ser um bom pai; quem nasceu em uma familia sem pai sabe o quão dificil é viver sem essa presença essencial na criação de uma criança; Livros que retratam essa parte tão importante são realmente precisos em qual quer prateleira, mais ainda em um país como o Brasil que o indice de pessoas sendo criadas só pela mãe é tão grande.
    Quero ler, e tenho certeza absoluta que vou chorar, pensando em ter realmente um pai presente, kkkkk. Beijos

    ResponderExcluir
  24. Comecei a prestar atenção na Rachel recentemente com o lançamento de seu novo livro, apesar de ser um romance, um estilo que não muito fã, esse livro me cativou, seja pelo envolvimento de John com Georgie, ou pela pequena e esperta Lexie, acredito que seja por trazer mais que apenas cenas de amor, poder acompanhar os personagens em diferentes épocas e anos é uma jogada muito boa da autora que conseguiu fazer um livro com personagens de personalidade, que podemos facilmente identificar, mesmo que os protagonistas tenham sofrido existe ainda uma parte de humor que deixa tudo mais divertido, leve, simples e devido a essa simplicidade é capaz de que a autora tenha ganho mais um leitor de seus livros!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!