[Resenha] Sociedade dos Meninos Gênios

Sociedade dos Meninos Gênios - Lev A.C. Rosen

Sociedade dos Meninos Gênios - Lev A.C. Rosen
Sinopse - Novo Conceito - 2014 - 544 páginas


Violet é filha de um cientista e herdou do pai o dom de inventar, debaixo de sua casa há um mini laboratório onde passa grande parte do seu tempo inventando. O maior sonho de Violet é entrar em Illyria, uma faculdade para os jovens cientistas gênios e ela afirma ter inteligência suficiente para conseguir uma vaga, apenas uma coisinha a impede: a faculdade é só para garotos e é estritamente proibida a entrada de qualquer menina por lá.

“Às vezes, quando diziam-lhe, que era bonita, queria gritar: “Sou um gênio!”, como se o fato de notarem apenas sua beleza a tornasse uma tola aos seus olhos, que era o que ela mais temia.”

É claro que Violet não deixa para lá! Quando soube que seu pai iria passar um ano nos EUA junto com outros cientistas, ela disse que pretendia debutar e o pai deixou que ela e seu irmão gêmeo, Ashton, passassem um ano morando sozinhos em Londres. Ele não imaginava que Violet e Ashton tinham bolado um plano, que podia acabar em felicidade ou desgraça: Violet iria se inscrever em Illyria usando o nome do irmão e, caso passasse, teria de fingir ser um homem, até a feira de ciências no fim do ano letivo, onde ela pretendia se revelar, e ao mesmo tempo encantar a todos com uma grande invenção. Enquanto isso, Ashton passaria um ano em Londres, livre para fazer o que bem entendesse.

Violet se disfarçou bem durante o tempo que passou na faculdade, engrossou a voz, andou como homem, mas o que podemos perceber é que ela deseja a cada minuto poder agir como uma mulher lá dentro, por isso tem tanta inveja de Cecily e sua governanta Miriam, que vivem na faculdade por serem parentes do duque (o dono do lugar) e tem a liberdade de serem elas mesmas. Violet é uma personagem muito inteligente, que adora refletir sobre como as coisas funcionam, é uma jovem observadora e determinada, tanto que queria gastar cada segundo do seu tempo em Illyria criando algo para a feira de ciências do fim do ano.

“- Realmente, não gosta de flores, não é? - o duque perguntou (…).
- Gosto muito de flores, sim. Não gosto é de ser considerada o tipo de mulher que não pensa em outra coisa a não ser flores.”

É tipo impossível não gostar de Violet, ela odeia as conversas dos meninos e não entende a cabeça deles, principalmente a de Jack, seu amigo. Além disso, morre de medo de se apaixonar por algum garoto e não conseguir se concentrar completamente nos estudos. Desejamos a todo instante que ela possa mostrar sua genialidade feminina.

“Virar homem, pelo visto, dava-lhe muito mais vontade de ser mulher de novo.”

Illyria tem alguns aspectos super interessantes: o som incessante de engrenagens girando, perfeitamente encaixadas uma na outra e fornecendo energia elétrica para a escola.. Ficamos tão familiarizados com o lugar que até nos sentimos verdadeiros alunos! Outro aspecto curioso da escola é pra onde vão as invenções que deram errado, estão inacabadas ou podem causar algum dano aos alunos: elas estão no porão, que é enorme (ninguém sabe onde acaba). A entrada dos alunos é proibida por lá, pois nunca se sabe o que pode ser encontrado, desde máquinas que criam vida até animais geneticamente modificados. Portanto, as cenas que acontecem no porão da escola, se tornaram as minhas preferidas!

A narrativa é em terceira pessoa, mas não se foca apenas em Violet, muitas cenas são do ponto de vista dos professores ou dos alunos mais velhos da faculdade, é muito interessante saber o que cada uma dessas cabecinhas geniais estão pensando. O ritmo da história está em constante mudança, no começo tive que ler poucas páginas por dia porque a adaptação de Violet na escola estava sendo um pouco parada, mas depois surgiram mais conflitos e situações que não me deixavam parar de ler. O fim da história é absolutamente fantástico!

Sociedade dos Meninos Gênios é um livro cheio de reviravoltas, acontecimentos, detalhes, humor e personagens cativantes (ou não, no caso dos malvados) e até mesmo um pouco de romance. Preciso dizer que amei e que se tornou um favorito?

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Novo Conceito.
Aguardamos seus comentários ;)
Beijos Geniais...

30 comentários

  1. é tão bom quando a leitura proporciona tantos sentimentos, tantas emoções e no fim se torna um favorito. Vou ser sincera, não é um livro que me atrai em si, as vezes me parece uma releitura jovial do filme "ela é o cara", claro que talvez pudesse dar boas risadas, imagine uma menina convivendo com meninos e tendo que agir como um? quantas confusões!!!
    talvez no futuro de uma chance ao livro, no momento estou buscando ler aqueles que a muito tempo quero ler!
    parabéns pela sua contribuição!

    ResponderExcluir
  2. Nossa Samantha eu não tinha muita curiosidade de ler esse livro, mas agora fique com muita vontade. Um fato que me chamou a atenção é que o livro relata sobre as diferenças existentes entre a classe feminina e a masculina na época em que a sociedade era completamente machista. A Violet já me conquistou através de sua resenha, ela me pareceu uma garota sonhadora, destemida, ousada que não procura apenas viver sonhando mas realizando. Observando bem a capa notei que o personagem da capa não é homem como eu imaginava, rsrsrs, "ele" tem muitos traços femininos!!! Espero poder ler esse livro em breve e sua resenha ficou muito boa!

    Beijos!


    Meu Diário

    ResponderExcluir
  3. Ai que legal uma menina querendo seguir seu sonho, e para isso acaba entrando em uma faculdade só de meninos... usando ainda o nome do irmão dela :O
    Ainda não li esse livro mais parece que e um pouco engraçado ela andando como homem falando mais grosso...
    Bom a historia parece abordar o tema machismo, e ela quer mostrar o que a mulheres podem fazer tão bem quanto o homem faz...
    Ainda vou ler esse livro acho que sera uma leitura agradável *-*

    ResponderExcluir
  4. A História do livro parece ser uma delicia e até um pouco feminista, de fato a Violet aparenta ser um personagem muito forte e bem marcante. A maneira que você redigiu a sua resenha desperta a curiosidade de ler o livro, esse aí entra na minha lista de "Não julgue um livro pela capa." Porque se fosse pra julgar, esse daí não compraria nunca porque achei a capa bem feinha, sei lá ficou muito computadorizada parece até um robozinho o "carinha da capa". Não me conquistou.

    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é um pouco feminista mesmo, afinal, Violet luta contra o preconceito à todas as mulheres!

      Excluir
    2. É isso o que dá mais tesão em ler o livro :D

      Excluir
  5. Oi, Samantha :)

    Desde que li a sinopse pela primeira vez que fiquei interessada. Gosto tanto de personagens fortes e destemidas, que fogem da regra e se impõem. Sua resenha me deixou ainda mais empolgada para lê-lo. Além disso, fiquei curiosa para saber como ela fingirá ser um garoto, rs.

    Beijocas, meninas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Samantha, só vou discordar de você em um detalhe, até os vilões caíram bem.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. eu adorei a resenha sam :)
    o livro parece ser mt bom, ainda não li meu exemplar e nem sabia q era uma menina o personagem principal. vou ver se dou um jeitinho de ler logo esse livro!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  8. Oi Samantha!
    O título desse livro não chama muito a minha atenção, mas eu já li algumas resenhas e gostei bastante. Fico imaginando o que Violet passou tendo que se disfarçar de garoto para seguir seu sonho. Sem contar que fiquei muito curiosa para saber o que acontece no porão da universidade...
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra te deixar mais curiosa: as partes do porão são as melhores.

      Excluir
  9. Oi Sá! Você me deixou com muita vontade de ler o livro agora, mas como a fila anda grande, deixo para o próximo mês, mas vou ler sim e espero curtir tanto quanto você. Os personagens pelo visto são bem caracterizados, e esta mocinha deve ser bem ousada, lembra a protagonista de um outro livro que li, que também precisou de um disfarce masculino.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. A resenha ficou ótima, parabéns! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas agora fiquei super interessada em lê-lo. Parece que a Violet tem uma personalidade bem forte. Pela resenha prevejo que ela é aquelas protagonistas que você ama por ser tão esperta, porque inteligente pelo visto ela já é, e muuuito!
    Abçs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo Hellen, Violet é uma protagonista mega inteligente, impossível não amar!

      Excluir
  11. Eu gosto deste tipo de estórias que envolvem aventuras com jovens gênios (ou simplesmente nerds! Adoro)...
    Mas eu não me empolguei ao ponto de querer ler o livro...
    Vou deixar para uma próxima.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Samantha! A capa realmente não chamou a minha atenção no lançamento. Achei sem graça. Mas a história que você contou me deixou bem curiosa pra conhecer a Violet e também Illirya, que deve ser fantástico. Deve ser muito divertido ver uma menina se passando por menino em meio a tantos homens... Fico imaginando o tanto de coisa que ela ouviu no meio deles rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Sociedade dos Meninos Gênios parece uma história com muita ação e mistério. Não é muito o meu tipo de leitura, mas parece ser uma ótima opção para os fãs.
    A Violet parece ser um boa personagem, bem decidida e inteligente =)

    ResponderExcluir
  14. Na época do lançamento não me vi interessada pelo livro por causa da capa. Não gostei e acabei nem mesmo lendo a sinopse. Agora, com sua resenha, é que descubro do que se trata a história! Acho que eu iria gostar da Violet querendo mostrar que as mulheres também podem! Fiquei curiosa pela história do livro. :D

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Nossa, esse livro parece ser muito legal! Quero ler
    Parabéns pela resenha, me deixou com vontade de devorar essa história
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  16. Mais um livro fascinante da NC. Adorei a Violet, como vc disse, como nãos e apaixonar? Adoro protagonistas fortes, inteligentes e decididas. Uma bela mistura de dramas da adolescÊncia com literatura fantástica.

    Adriana Medeiros

    minhavelhaestante1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Logo quando vi a capa desse livro fiquei pensando: vixe que menino com cara de menina, agora entendi tudo! E tudo faz sentido!!! kkkkkkkkkkkkkkk, achei a ideia muito interessante, mas algo que me deixou embibocada foi que na sua resenha parece apenas uma narrativa lenta e cansada de uma menina querendo se mostrar como mulher que pode pensar e ser gẽnia, tá até ai tudo bem mas cadẽ o clímax da história??? Ou eu deixei passar algo na resenha?? hihihih

    ResponderExcluir
  18. Ahhh eu gosto dos personagens malvados, então eles sempre me cativam.
    Achei o enredo do livro interessante e sei que gostaria da Violet se fosse ler. Mas esse livro não é de um gênero que eu leia comumente e não quero sair da minha zona de conforto agora.
    Quem sabe no futuro?

    ResponderExcluir
  19. Ei Samantha, tudo bem?
    Vou ser sincera, quando vi a capa deste livro e o título não tive muita curiosidade de lê- lo, não gostei da capa. Mas agora me deparo com uma ótima história, apesar de já ter visto em filmes e novelas meninas se disfarçarem de meninos, vejo que neste livro a criatividade foi além, não vejo a hora de descobrir que invenções estão guardadas no porão, conhecer mais a Violet e como ela lidará com todo esse maxismo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Sem dúvidas um dos pontos fortes do livro é a ambientação que nos fornece, cada detalhe que nos faz mergulhar na história e conhecer melhor os personagens.
    Toda a temática envolvendo uma faculdade para meninos gênios e o desejo de Violet de participar dela, para mostrar que também é capaz de fazer as mesmas coisas sendo menina, um filme que lembrei lendo sua resenha é Ela é o Cara, é quase a mesma ideia só que no filme ela se disfarça para poder jogar futebol.
    Gosto dos personagens que apresentam mais que uma faceta, passar por todas as dificuldades e medos da protagonista, torcendo para que ela consiga realizar seu sonho deve ser angustiante e delicioso ao mesmo tempo.
    O porão deve ser realmente uma das partes mais interessantes, já que todas as experiências que fracassaram se encontram lá.
    A capa apesar de não ser chamativa é totalmente dentro do enredo com as engrenagens e o menino dando margem a interpretarmos que é Violet.
    Enfim um livro onde vemos a luta por direitos iguais para homens e mulheres mesmo que discretamente, com personagens que batalham e correm atrás de seus sonhos, leitura que com certeza se tornará uma das minhas favoritas quando a fizer.

    ResponderExcluir
  21. Olhando a capa deu até preguiça de ler a resenha, mas logo que li, percebi que é o tipo de livro que gostaria de ler e vou ler. Obrigada por nos apresentar esses maravilhosos livros!

    ResponderExcluir
  22. Pela capa eu não tinha que apegado tanto, mas adorei a proposta de uma menina se passar por menino só para poder estudar, show!
    Quero muito ler para saber as cenas do porão, deve ter muitas coisas interessantes lá em baixo :3

    ResponderExcluir
  23. oi!
    A resenha me cativou, quero saber o que se passa nesse porão e como será essa feira de ciências? Qual será a reação dos pares? é livro único?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É livro único sim. As outras coisas... Só lendo pra saber!

      Excluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!