[Resenha] Até que eu Morra

Até Que Eu Morra - Amy Plum

Até Que Eu Morra - Amy Plum
Trilogia Morra por Mim - Livro 02
Sinopse - Farol Literário - 2014 - 432 páginas


Quando li Morra por Mim (resenha aqui), me apaixonei pelo Vincent, pela narrativa da Amy Plum e pela rica ambientação que nos revela Paris sob várias nuances encantadoras. Quando Até que eu Morra chegou, mergulhei novamente nesse universo, ansiosa pra saber o que iria acontecer com Kate, Vincent e todos os revenants da estirpe de Jean-Baptiste. Encontrei Kate e Vincent ainda mais apaixonados, porém, com as mesmas pendências existenciais atrapanhando a felicidade do casal...

No passado, Vincent foi humano. Aos dezoito anos, após morrer heroicamente, transformou-se num revenant, um imortal que tem a capacidade (e a compulsão) de morrer para salvar aos humanos mortais. Só que Kate tem um probleminha com a morte (quem não os tem?) e, mesmo sabendo que a morte dos revenants é temporária, já que o corpo deles se reanima três dias após morrer, ela não suportaria ver o namorado passando por isso repetidas vezes. Outro "detalhe" também a perturba: cada vez que retorna dos mortos, o corpo de Vincent volta à aparência de quando morreu pela primeira vez, ou seja, se ele continuar morrendo e reanimando-se, Kate irá envelhecer e Vincent não (lembrei da Bella Swan). Vincent prometeu pra Kate que irá resistir à compulsão de morrer, mas a longo prazo isso o deixará fraco, desequilibrado e vulnerável, portanto ele precisa encontrar outra maneira de obter a energia vital da qual necessita. Ele está testando algum método alternativo que se recusa a revelar, mas suas ausências misteriosas deixam Kate aflita.

Enquanto isso, Kate tem aulas de artes marciais com Gaspard, para que possa se proteger melhor no caso de um ataque dos numa, inimigos naturais dos revenants. Ela também faz suas próprias pesquisas, na esperança de achar uma pista sobre algo que possa ajudar Vincent a controlar sua compulsão. Charles e Charlotte são obrigados a se afastar temporariamente do clã (por fatos ocorridos em Morra por Mim) e novos membros se aliam à estirpe de Jean-Baptiste na luta contra os numa: a erudita aristocrata Violette de Montauban e seu parceiro Arthur Poincaré. Jules e Ambrose continuam simpáticos como sempre e percebemos nitidamente que Jules está apaixonadão por Kate, mas ela não desconfia de nada. Kate precisou contar tudo sobre os revenants para Geórgia, mas depois dos últimos problemas que causou, sua irmã tornou-se mais sensata e uma ótima confidente. Quem também se aproximou de Kate foi Violette, as duas assistem a filmes clássicos no cinema regularmente, aliás Kate não vive sem um exemplar do Pariscope (guia semanal dos eventos de Paris) na bolsa. Kate é assídua frequentadora dos cafés, museus, galerias e cinemas parisienses, e conseguimos conhecer vários desses locais através de seus olhos.

É importante dizer que às vezes Kate é muito racional e um pouco pessimista. Ela deixa de viver plenamente o presente porque seus pensamentos prendem-se ao que poderia ter acontecido "e se..." e no que poderá acontecer "e quando...". Em alguns momentos dá vontade de gritar "Sua tonta, pára de pensar e aproveita o cara maravilhoso que está do seu lado!!". Mas entendi perfeitamente seus dilemas e questionamentos a respeito da vida e da morte, Kate não é uma personagem estagnada, ela luta pelo seu amor e pelas coisas que deseja e está passando por um processo de amadurecimento, no qual aprenderá que nenhum relacionamento vem com "Certificado de Garantia". A vida é um risco e pode acabar a qualquer momento, inclusive enquanto estamos parados na encruzilhada, tentando escolher o caminho menos perigoso.

Até que eu Morra tem o ritmo mais calmo que Morra por Mim, mas é uma calmaria ilusória e traiçoeira... uma PROFECIA e uma TRAIÇÃO aos poucos tornam as coisas mais densas, o inimigo se move nas sombras como névoa que se espalha sorrateiramente e quando percebemos, já tomou conta de tudo. Se o final de Morra por Mim foi belo e iluminado, o fim de Até que eu Morra foi sombrio e desesperador, repleto de suspense e possibilidades. Ao mesmo tempo em que fiquei arrasada com o desfecho, minhas suspeitas me dão esperanças de que tudo é temporário, de que o jogo ainda pode virar. Como aguentar a espera pelo próximo volume?

Farol, me dá uma luz e publica a logo sequência pleaseeeeeeee!!!!!

Trilogia Morra por Mim



1- Die for Me (2011) - Morra Por Mim (2013)
2- Until I Die (2012) - Até que eu Morra (2014)
3- If I Should Die (2013) - Se eu Morrer (2015)

No site da autora, podemos ter acesso a curiosidades da história, cenas extras, reflexões dos personagens, Playlists, o mapa de Paris com os pontos turísticos presentes na história e muito mais!

Essa leitura foi uma cortesia da Farol Literário.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

23 comentários

  1. Ahhhh, preciso ler esse livro JÁ!
    Assim como você, eu me apaixonei por Vincent no primeiro livro e fiquei suspirando com os cenários lindos do livro.
    Eu já suspeitava de que JUles gostasse da Kate e, confesso, não tenho um bom pressentimento sobre isso. Acho que posso imaginar o que vem por aí.... espero estar enganada ou, como você diz no final da resenha, que o jogo ainda possa virar.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que sei o que você está achando e acho que não é bem isso que vai rolar rsrsrs..... Beijos!!!

      Excluir
  2. a capa é linda e confesso que esse ar sobrenatural diferenciado muito me atraiu, fiquei intrigada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é mesmo linda, a história é linda, o Vincent é lindo... tá, parei!
      Beijos!!!

      Excluir
  3. Oi linda! Primeiramente meus parabéns pela resenha ficou maravilhosa!
    Eu ainda não li o primeiro livro e, ainda assim, acredito que nada que esteja escrito na resenha vá prejudicar a minha leitura.
    Eu sou apaixonada por romances sobrenaturais e eu gostei muito do universo descrito por você. Quando eu penso em Paris, sempre penso em romances fofos e nunca conturbados. kkkkkkk
    Na hora em que você comentou sobre o envelhecimento eu também pensei na hora na Bella. kkkkkkk
    Um beijo ;*

    Juliana , Oliveira
    http://trocandoconceitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana!
      Sempre procuro fazer a resenha sem spoilers, pra não estragar as surpresas :)
      A ambientação em Paris é realmente um diferencial da trama, acho que você irá adorar! Beijos...

      Excluir
  4. cara esse lance de aguentar até o próximo lançamento é mt tenso ;w;
    ainda não li nada da autora, quem sabe u mdia.
    agora como a história é bem o meu estilo acho que vou ler com certeza <3

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final do primeiro livro é lindo e não causa tanto suspense, mas o final desse é mesmo desesperador, quero logo o próximo!!! Beijos.

      Excluir
  5. Amei o livro Porra Por Mim, estou super ansiosa pra ler Até Que Eu Morra, gostei muito da playlist

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô apaixonada pela playlist, adoro quando há músicas citadas na trama ou quando a autora revela quais músicas lhe inspiraram ou tem a ver com os personagens =)
      Beijos!!

      Excluir
  6. Eu já estava doida para ler o primeiro livro da série e agora então, nem se fala! Ler a sua resenha sobre o segundo livro me deixou ansiosa para ter os livros em mãos para ler. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, que bom que consegui transmitir um pouco da minha empolgação com essa série :) Beijos!

      Excluir
  7. Nem li o livro ainda e já fiquei encantada por causa da sua resenha! As capas são lindíssimas, e esta playlist ??? É de morrer de linda!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô apaixonada pelas capas, pelas músicas e pela história *-*
      Beijos!!

      Excluir
  8. Olha todo tipo de compulsão tem de ser tratada, até essa minha de querer ler todos os livros que você resenha imagina essa daí de ter compulsão por morrer pelos outros!!! Credo!!! Mas achei a premissa muito criativa e curiosa (coisas que nos últimos livros que li estavam escassas) e acho que serei mais uma a ler essa série!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O elemento sobrenatural utilizado pela autora é realmente diferente, e a forma como ela compôs os personagens foi muito bem trabalhada. Bjs!

      Excluir
  9. Oi Elis,
    Gostei bastante de “Morra Por Mim”, então fiquei feliz por saber que a seqüência tem uma trama satisfatória. Curiosa para ler "Até que eu Morra", mas acho que vou esperar pelo lançamento do último livro.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla! Com as trilogias às vezes eu faço isso mesmo, leio o 1º e depois espero lançar o último pra ler o 2º e 3º na sequência. Beijos!

      Excluir
  10. Elis,
    Achei o primeiro volume genial, a criação de um novo ser foi simplesmente fantástico e brilhante da parte de Amy.
    Eu adoro o Vincent, estou com esse livro aqui que chegou da Farol essa semana, então lerei em breve!
    Ai como demoram para lançar as continuações não é?! Eu fico prometendo não ler mais séries assim, mas como suportar?! rs
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá pra resistir à tentação, e depois ficamos desesperadas quando acaba rsrsrs... Beijos!!

      Excluir
  11. Amo as capas desta trilogia e fico com raiva de mim mesma por ainda não ter começado a ler este enredo que deve mesmo ser bem interessante.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Eu já li o outro livro, pois o consegui traduzido e realmente demais. Vale muito a pena ler, pois ele é melhor que todos os outros. Tomara que a editora publique logo!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Agora sim fiquei com mais vontade de ler a Trilogia!!!!!

    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!