[Resenha] O Resgate

O Resgate - Nicholas Sparks

O Resgate - Nicholas Sparks
Sinopse - Editora Arqueiro - 2014 - 320 páginas


O Resgate é uma história sobre um amor de mãe capaz de transpor barreiras quase impossíveis; sobre o amor ao próximo, presente nos atos de solidariedade e empatia; sobre o amor dos amigos verdadeiros, que nos acompanham nos bons e maus momentos; e sobre o amor romântico, do tipo que aquece o corpo, o coração e a alma, cura velhas feridas e transforma os momentos simples da vida em tesouros preciosos.

Na relação entre Denise e o seu filho Kyle, percebi um amor maternal forte e comovente, manifesto não somente em palavras, mas principalmente em ações. Kyle tem cinco anos mas quase não fala, ele tem dificuldade de interpretar o que ouve e de se expressar através da linguagem. O maior sonho de Denise é que seu filho um dia possa se comunicar com ela e com as outras crianças, fazer amigos e ser feliz. Todos os dias, Denise treina exercícios de linguagem com Kyle durante horas. É um trabalho lento e que exige paciência, mas felizmente vem dando resultados positivos.

Eles vivem em Edenton, na Carolina do Norte, e os conhecemos bem no meio de uma tempestade terrível, muita água nos recepciona e já mergulhamos fundo nos problemas da Denise, uma mulher tão sofrida e lutadora, que ficamos torcendo para que depois da tempestade venha a bonança. Mas acontece um acidente na rodovia e, ao recuperar os sentidos, Denise percebe que seu filho abriu a porta do carro e desapareceu, numa área perigosa e cercada pelo pântano. É durante o resgate de Kyle que percebemos o amor ao próximo entrando em ação, tanto na atitude dos bombeiros e voluntários que se mobilizam para ajudar nas buscas pelo menino, quanto na iniciativa da sra.Judy que, mesmo sem conhecer Denise, tem a sensibilidade de ir ao hospital ficar ao lado dessa mãe ferida, sozinha e desesperada.

Taylor McAden é um dos bombeiros voluntários de Edenton, é ele que avista o carro de Denise na estrada após o acidente, e também é o responsável por resgatar Kyle no pântano, depois de várias horas de buscas e aflição. Taylor se torna o herói de Kyle, e também seu primeiro amigo. A maneira carinhosa e espontânea como Taylor trata seu filho, deixa Denise à vontade e confiante em sua presença, e a afinidade entre eles leva os três a fazer várias coisas juntos, como se fossem uma família. Aos poucos, a amizade entre Denise e Taylor transforma-se em amor e eles realmente fazem um aos outro muito felizes. 

Mas o tempo passa e Denise percebe que Taylor não consegue falar sobre o passado, nunca faz comentários sobre o futuro deles e não expressa seus sentimentos em palavras. Taylor possui um bloqueio emocional que o impede de se abrir com as pessoas e de assumir relacionamentos duradouros. Ele tem um trauma relacionado à morte do pai e um sentimento de culpa que boicota qualquer felicidade que possa vir a ter. Mas Denise é uma mulher madura, que pensa não somente em si, como também no filho, ela não pode continuar arriscando seus sentimentos e os da criança. Quando uma sucessão de eventos modifica o comportamento de Taylor, só o amor será capaz de resgatá-lo(s).

O Resgate nos propicia um tornado de emoções logo nas primeiras páginas, sentimos pena, angústia, dor, alívio, gratidão... aos poucos a tempestade se acalma, a rotina do dia a dia se apresenta, e a partir daí acompanhamos com mais calma nossos protagonistas, descobrindo o que os move. Na verdade, Denise e Taylor são duas almas bastante solitárias: ela perdeu toda a sua família antes de completar 21 anos e ele vive uma espécie de solidão auto-imposta após a morte trágica do pai. Portanto a história não se trata apenas de um resgate “físico”, mas também de um resgate de almas, de sonhos abandonados, de permitir-se amar e ser amado.

O livro é lindo e me emocionei diversas vezes durante a leitura, quem usa óculos sabe que isso significa várias pausas pra enxugar tudo rsrsrs... mas as lágrimas foram na maioria das vezes de emoção mesmo, sou uma manteiga derretida quando se trata de histórias com crianças e demonstrações de amor. 

A vida em Edenton é retratada de maneira excepcional pelo autor, toda vez que conheço uma nova cidadezinha da Carolina do Norte através do Sparks, é como eu estivesse visitando o local, porque ele sabe integrar de forma mágica ao enredo todas as paisagens naturais, pessoas, costumes e clima das cidades que escolhe para ambientar suas histórias. 

No final, há uma "Nota do Autor", onde ele explica que O Resgate é o livro mais pessoal que escrevera até então, pois foi inspirado em seu filho Ryan e no longo caminho que Sparks e sua esposa Cathy percorreram para obter um diagnóstico correto para o filho: ele não falava devido a um distúrbio do processamento auditivo central, uma espécie de "dislexia do som", que o impedia de perceber as palavras e desenvolver a linguagem do mesmo jeito que nós. A forma que os dois encontraram para ajudar Ryan a transpor essa barreira na comunicação, e os sentimentos envolvidos nesse processo, foram utilizados na construção desse enredo tão especial.

Recomendo passionalmente essa história "de amores" encantadora, tocante e delicada!

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Arqueiro
Aguardamos seus comentários :)

Beijos resgatados...

43 comentários

  1. Depois de ter lido a resenha, fiquei morrendo de vontade de conhecer o livro "o resgate". Quero poder me emocionar tambem e conhecer ssa forma linda que escreve o nicolas s.

    ResponderExcluir
  2. Amo os livros de Nicholas Sparks e esse já esta na minha lista de leitura!

    ResponderExcluir
  3. mais uma historia emocionante do Nicholas Sparks.... estou super curiosa para ler...

    ResponderExcluir
  4. se amanhã o Sparks começar a escrever bula de remédio eu vou ler! não interessa o que ele escreva eu estarei lá, lendo e com certeza curtindo!
    ele tem uma forma única de tocar o leitor!
    sou tiete!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oh, Elis, esse livro parece ser lindo demais, Já me ganhou quando eu li "Bombeiro" na resenha, hehe! Eu fico com o pé atrás com o autor por contar do final regado a lágrimas que ele adora, então faço a pergunta: tem final feliz? Se tiver, já tô dentro!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su!!! Eu realmente adorei o livro! E vou responder sua pergunta por e-mail para não soltar spoiler aqui nos comentários, ok? Tem gente que não gosta de saber se o final é feliz pra não perder a surpresa, mas se mais alguém quiser saber é só me perguntar por e-mail galera!! Beijos...

      Excluir
  6. Que resenha linda, Elis!
    O meu chegou semana passada e estou louca para iniciar a leitura. Sempre me emociono demais com as histórias de Nicholas. Gosto da forma como sempre consegue me arrancar lágrimas e suspiros. Com exceção de A Escolha, eu chorei em todos os livros dele. E sim, eu uso óculos, logo sei bem como é o tira e põe deles. rs
    E espero que não tenha nenhuma tragédia no final, pq né...rsrs
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su!! Essa história foi particularmente emocionante pela relação entre a Denise e o filho, e saber que o Kyle foi inspirado no filho do Sparks me fez entender porque esse personagem é tão especial. Beijos!

      Excluir
  7. Ai Elis! Que resenha linda amiga, fiquei emocionada demais e se tivesse livraria aqui do lado eu ia lá agora buscar este livro, é sério, que história linda. Meu preferido dos Sparks pe uma longa Jornada, mas não li tatos quanto você, então quem sabe o autor me surpreenda ainda mais com este.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma Longa Jornada também é um dos meus preferidos ♥
      Bjs!

      Excluir
  8. Eu gosto dos livros do Nicholas e acho que muitos ou todos livros dele sempre passam uma boa mensagem, mas eu não tenho estrutura pra ler mais obras dele. Já li 'Um amor pra recordar', 'Noites de tormenta' e 'A última música' e chorei horrores. Por agora, eu não pretendo ler nada dele, apesar de muitos dizerem que são bons ( o que eu acredito) e tal, mas eu não quero ficar em deprê, como eu sempre fico após acabar uma história dele. Ele mata muitos personagens!!! :(

    PS: Resenha linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas mulher, você leu justamente os mais trágicos kkkkk.
      Nem todos são assim, se quiser te dou mais informações por e-mail. Beijos!!

      Excluir
  9. Oi Elis! Eu amo ler os livros do Nicholas Sparks! O último que eu li me decepcionou um pouco, apesar de não ser ruim, não foi como os outros. Eu quero "O resgate" ara ontem rsrs. Estou ansiosa para conhecer a história de Kyle, me interesso muito pelo assunto. Acabei não lendo sua resenha até o fim porque queria saber o menos possível sobre o livro. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Elis do céu,
    Que resenha intensa, que livro lindo! Estou com ele aqui na estante, me aguardando pois é de parceria, então com certeza lerei em breve.
    Adoro livros com pontos pessoais, acho que isso dá uma profundidade no emocional e mostra um pouco da vulnerabilidade de quem escreve, nossos ídolos, deixando a coisa mas humanizada, crível!
    Adorei, espero me emocionar também porque sou outra manteiga, rs.
    Espero também, espantar o monstrinho que Nicholas deixou quando li Um amor pra recordar e não gostei, me senti lendo outro autor!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li Um amor pra recordar, mas acho que como mãe você vai se emocionar com O Resgate ;)
      Beijos!!

      Excluir
  11. Oi Elis.
    Este livro parece um pouco diferente dos outros do Sparks que eu li, que eram mais baseados no amor romântico mesmo. Sem dúvidas, a história parece muito emocionante, e que legal saber que foi inspirada na história do próprio autor. Eu também me encanto com as descrições das cidades da Carolina do Norte, sempre que leio algo, vou atrás pra buscar mais informações...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já me sinto até "íntima" da Carolina do Norte rsrsrs... bjs!

      Excluir
  12. História emocionante, também não podia esperar nada muito diferente, fico extasiada com os detalhes das histórias de Nicholas Sparks

    ResponderExcluir
  13. Oi Elis,
    Estou lendo esse livro no momento e apesar de estar no inicio já fui cativada pela trama. O pouco que vi de Denise , Kyle e Taylor já deu para perceber que vou gostar de acompanhar o desenrolar de sua história juntos.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Elis, adorei sua resenha!
    Devo dizer que sou fã de carteirinha do Nicholas Sparks. Tenho todos os livros dele publicados até agora no Brasil, e meu Deus, preciso logo de O Resgate para completar minha coleção ♥ , não só isso, é claro, mas também poder ler mais uma de suas lindas histórias. Acho que já chorei em todos os livros dele, e sei que nesse não será diferente né? haha
    Enfim, como já disse, sua resenha está linda, beijos :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lah, emoção não irá faltar! Beijos!

      Excluir
  15. Ótima resenha! Esse enredo com tempestade, resgate do filho da protagonista e segredos do passado me fez lembrar "Um Homem de Sorte" do mesmo autor, quem costuma ler os livros do Sparks sabe que é normal encontrar algumas semelhanças entre eles, mas todos possuem uma identidade própria e o poder de nos envolver. "O Resgate" já está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente assim que me sinto em relação à obras do Sparks, apesar de sempre contar com alguns elementos comuns, cada livro é especial a seu modo e me "toca" de maneira diferente. Beijos!!!

      Excluir
    2. Amo Nicholas Sparks ♥, apesar de já ter lido diversos livros dele, eu nunca me canso, esse ainda não tive a oportunidade de ler, mas com certeza já está na minha lista.
      E a sua resenha me deixou mais empolgada ainda para ler mais uma obra dele!

      Excluir
  16. Que coisa mais linda deve ser a história desse livro, porque quem é mãe sabe de que um amor de mãe é capaz.
    quero muito ler esse livro futuramente.

    ResponderExcluir
  17. Confesso e já disse isso em outras resenhas de livros do Sparks que não sou muito fã do modo como ele escreve, pode ser também por não também por não gostar muito de livros com essa temática mais romântica, mas esse livro em especial me chamou a atenção por mostrar algo além daquele amor que geralmente é apresentado por ele, trazendo elementos novos, o amor de uma mãe que é capaz de tudo para ajudar e ver a felicidade de seu filho, a partir dai que a história realmente se desenvolve, irei fazer essa leitura para ver se minha opinião muda sobre o autor e quem sabe resolvo ler outros títulos dele, farei isso principalmente para acompanhar o que acontecerá com cada personagem, se o pequeno Kyler conseguirá superar seu problema com a fala e se Denise e Taylor ficarão juntos, passando por todos os traumas e problemas juntos, espero que goste da ambientação também.

    ResponderExcluir
  18. Sou fa apaixonada por varios livros do nicholas sparks, antes eu dizia q amava e queria casar com todos os personagens masculinos dele :/ mas eu nao gostei de um personagem do nicholas, o miles de Uma curva na estrada, me decepcionou de uma forma incrivel. Adorei saber que nesse livro mostra um amor de mae kkk pq ja li varios livros do nicholas que mostra pais perfeitos e solteiros q fazem de tudo pelos filhos... ansiosa e contando moedas para conhecer essa historia kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacque!!!
      É verdade, o Miles era muito atormentado, acho que também foi o personagem masculino do Sparks que eu menos gostei ;) A Denise é uma mãe muito especial, você vai gostar! Beijos.

      Excluir
  19. Oieee
    O Nicholas é um maravilhoso escritor e sempre acabo emocionada com suas histórias,e sabendo que essa foi baseada nos problemas ocorridos com seu filho vou derramar ainda mais lágrimas.Denise é uma mãezona,dedicada e sempre buscando o melhor para Kyle,já Taylor mesmo com seus problemas também é uma ótima pessoa,ambos tem tanto em comum que são perfeitos para esse "resgate" mutuo.Agora só estou aqui aguardando se vai virar filme ou não.
    beijos

    ResponderExcluir
  20. Oieee.
    Que lindo, mais um livro do tio Sparks feito pra nos emocionar não é?
    Também sou super suspeita pra falar dos livros deles porque amo a maioria, se eu já queria o livro por ser dele agora depois de ler sua bela resenha o quero mais ainda.

    ResponderExcluir
  21. Nicholas Sparks é sinônimo de emoção sempre! Deve ser exatamente por isso que conquista tantas pessoas, seja nos livros ou nos filmes.

    ResponderExcluir
  22. Mais um dele para ler, mas não tem problema, quanto mais melhor né...

    ResponderExcluir
  23. Elis
    Como não se emocionar com sua resenha e conhecer essa história que com certeza vou ter que limpar os óculos centenas de vezes. Sou fã incondicional de Nicholas Sparks e já estou com 3 livros para ler que ganhei de niver e com mais esse já vou para o quarto livro. Também quando pego leio sem parar. #amomuito
    Beijos

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  24. Oi Elis, a nota do autor no final do livro me surpreendeu. Não sabia do problema do filhos dele. Eu que já estava emocionada com o final, me emocionei ainda mais depois de ler a nota. E o gesto dele com a esposa? Muito fofo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  25. Adorei a resenha ;)
    Aniversário da minha mãe esta chegando, e acredito que ela iria gostar deste livro!
    Dobruskii

    ResponderExcluir
  26. Apaixonada por Sparks sou suspeita em dar opnião, excelente resenha com toda certeza mais um pra minha listinha !

    ResponderExcluir
  27. Não tem como não se apaixonar e se emocionar com os livros do Nicholas Sparks. São histórias simples, mas de uma grandeza sem tamanho. A narrativa dele é primorosa. Achei legal ele ter colocado essa situação familiar nessa trama. Enfim, mais um do Sparks que lerei.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  28. Nicholas Sparks sabe mexer com nossos sentimentos em seus livros,e é bacana a forma como ele passa a intensidade do sentimento pela escrita.linda historia,otima resenha!!!

    ResponderExcluir
  29. Que incrível! Não paro de me surpreender com o talento do Nicholas.
    Não sabia que a história tinha um "q" de realidade e que era tão pessoal para o autor.
    Aliás, sempre me emociono com seus romances, mas confesso que gostei demais de saber que o foco aqui é mais no relacionamento familiar.
    Lindíssimo ver o amor da mãe pelo filho e toda a sua luta para vê-lo superar as dificuldades.
    bjs

    ResponderExcluir
  30. O Nicholas tem uma forma de escrever única, em que ou me faz amar sua obra ou odiá-la. E esse lviro O Resgate possui uma trama que me conquistou a cada parágrafo lido em sua resenha..gostei muito de saber que o foco principal será a dislexia do som, é muito bom ver esses problemas que as crianças enfrentam ganhandod etaque no mundo e qubrando preconceito e intruindo às pessoas...Sem sombra de dúvida essa parec ser uma leitura cativante, repleto de aprendizados... Quero muito ter esse lviro...parabéns pela resenha..bjs

    ResponderExcluir
  31. Nicholas Sparks simplismente viciante em minha vida amo muito cada livro

    ResponderExcluir
  32. Sou apaixonada por todos os livros do Nicholas Sparks,( e muitas vezes tenho vontade de bater nele) o resgate infelizmente ainda não li. Só de ler a resenha já estou emocionada e ansiosa para poder ler.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!