[Resenha] Lobo Mau

Lobo Mau - Nele Neuhaus

Lobo Mau - Nele Neuhaus
Bodenstein & Kirchhoff - Livro 06
Sinopse - Editora Jangada - 2015 - 416 páginas


Não é a toa que Nele Neuhaus é uma autora Best Seller, em Lobo Mau, ela desmistifica os arquétipos do suspense policial e nos oferece uma visão humana e realista de uma investigação policial, sua escrita é coloquial, intimista, fluida e nos envolve principalmente ao expor a porção falível de suas personagens, o que ela quer clarificar é um drama real, portanto estamos diante de um grito de alerta. 

Ao abordar a temática de violência contra a mulher, Neuhaus adentra na delicada questão do abuso sexual na infância dentro do círculo familiar, que costuma ser mais comum do que se quer crer, as crianças costumam ser ignoradas em seus temores e queixas, muitas vezes rotuladas como fantasias, daí o título Lobo Mau. Salienta no contexto como crises de medo e agressividade infantil, na maior parte das vezes, estão ligadas a algum tipo de abuso. Em “Lobo Mau”, isso fica muito claro.

Os instigantes capítulos são divididos em dias, com início em 10 de junho de 2010, a ação ocorre em 23 dias de investigação policial sobre a morte brutal de uma adolescente, esta “falha trágica” será ponto de partida para inúmeras e intrincadas descobertas que trarão à tona uma rede de intrigas ligadas a alta sociedade, segredos familiares, corrupção policial, pedofilia, pornografia, prostituição, abuso e violência sexual que ocorrem há mais de 30 anos. Temas extremos e pesados que a brilhante Neuhaus trata com dedos de fada.  

“ Era uma brincadeira que fazia com o papai quando partiam juntos para alguma excursão secreta...
- Pronto agora vamos tirar essa roupa – o papai colocou a sacola de papel em cima da mesa e a despiu. Tio Richard a segurou no colo e ajudou-a a colocar o outro vestido e as meias de seda, que eram de verdade, como as da mamãe. Os outros riram porque eles se atrapalharam com as fitas presas a um cinto. Foi muito engraçado. Mas o mais bonito era o vestido – um verdadeiro vestido de princesa, todo vermelho! E os sapatos vermelhos combinando, com salto!”

Ambientada na Alemanha, a trama conta com inúmeras descrições de locais públicos e situações cotidianas, o que deve ter ocasionado uma identificação automática ao cidadão local, entretanto qualquer um que reside em uma grande metrópole identifica-se imediatamente, trânsito, muita gente, etc... Entrementes, alguns personagens tem seus retiros pessoais, mansões e condomínios de luxo em locais periféricos como pequenos condados ou vilas, dando aquele tom de: sim, pode acontecer com qualquer um!              

A protagonista Pia Kirchhoff, à frente das investigações, espelha uma dualidade autêntica e humana: se por um lado é a policial competente, por outro, é “Mulher” em todos seus meandros, e com seu jogo de cintura irá, “até certo ponto”, ter sob controle a crise da intrincada investigação e a alteração de sua rotina pessoal com a chegada de Lilly, neta de seu companheiro Christoph, que vem passar as férias em Frankfurt. A convivência de Pia com Lilly terá acentuada influência em sua percepção dos fatos no decorrer da investigação, repleta de obstáculos e hiatos periciais, um parceiro em crise pessoal, uma organização poderosa pronta a eliminar provas ou pessoas que possam contribuir para a solução do caso, e ainda um conflito na equipe! Seu polo de convergência será a problemática, rebelde e anti-social Meike, a grande “coadjuvante” de Pia que, ao arrepio da lei e agindo paralelamente, trará muitos elementos de solução para a estarrecedora conclusão do caso. 

As inúmeras personagens são densas, bem construídas, evoluem e transformam-se ao decorrer da enigmática ação “quase” realista. A narração em 3ª pessoa intercala com genial apuro e ritmo o ponto de vista de Pia, Oliver, Nicola, Frey, Grasser, Kilian, Hanna, Meike, Leonie, Emma, Corinna, Bernd, Michaela entre muitos outros. Num verdadeiro desafio mental, hahaha, adoro! Diversos olhares sobre o mesmo objeto nos confundem a ponto de duvidarmos de tudo e de todos ao longo das 494 páginas, tennnso!

Vale destacar o cuidado especial da diagramação borrada de sangue em suas folhas amarelas de gramatura perfeita, delicioso de ler. Parabéns a Jangada que pensou com carinho em seus leitores, tanto no perfeito trabalho gráfico, quanto na escolha da autora que é excelente... Gente, a trama é muuuuito boa, devorei em duas noites, você simplesmente não consegue parar de ler, Nele Neuhaus é sensacional.

Se você ama suspense policial... Precisa ler Lobo Mau.

P.S : Alguém ouviu dizer que este livro faz parte de uma serie protagonizada por Pia? Sim, é verdade. Ohhhh! Calma... cada livro é um caso, tipo CSI, assim Lobo Mau tem final fechado.   

Série Bodenstein & Kirchhoff


#1 Eine unbeliebte Frau (2006)
#2 Mordsfreunde (2007)
#3 The Ice Queen (2009)
#4 Snow White Must Die (2010) - Branca de Neve Tem Que Morrer (2012)
#5 Wer Wind sät (2011)
#6 Bad Wolf (2012) - Lobo Mau (2015)
#7 Die Lebenden und die Toten (2014)


Essa leitura foi uma cortesia da Editora Jangada.
Aguardamos seus comentários! By.:.

35 comentários

  1. Rosem!
    Carecemos na atualidade de bons livros policiais e foi com imensa alegria que aprecie sua resenha, porque o livro aguçou mesmo minha curiosidade por acompanhar a investigação feita por Pia e por todas as nuances secundárias que surgem no transcorrem das páginas.
    Muito boa sua análise.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Fiquei super querendo Lobo Mau quando foi divulgado o lançamento, porque era de suspense policial e eu amo muito histórias assim. Na capa tem a frase "Uma trama de gelar os ossos" e eu fiquei empolgadíssima com isso, logo vi que seria um livro com um história forte e nada menos que viciante. A autora eu não conhecia, quero poder conhecer logo as obras dela.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia, mas fiquei interessada!

    bj

    http://nandaaflordapele.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. OI! Gosto de livros de suspense e com investigação. Eu já tinha amado esse livro e agora com mais detalhes soltos na resenha consigo entende-lo melhor. Não sabia que tratava de casos como esses, esse trecho me deixou amedrontada, senti que se referia a pedofilia e vindo do próprio pai. Vou ler.

    ResponderExcluir
  5. oi flor, mais uma resenha bem escrita!
    confesso que desde que vi este livro não me interessei tanto! ta faltando empatia mesmo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nosso o livro parece ser ótimo, curto muito um suspense policial, fiquei bastante interessada em ler, ainda bem que apesar de fazer parte de uma série o livro tem final fechado.

    ResponderExcluir
  7. Oie Rosem,eu não sabia que era uma série,quase comprei ele...ainda bem que não comprei por que se não ia ficar sem sentido,ou não? Bom,eu gostei muito do que o livro tem a oferecer,mas não leria por enquanto,já que não tem os outros livros ainda.
    Beijos

    Cantinho da Bruna | @cantinhodabruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna! Conforme a Rosem explicou no final da resenha, o livro faz parte de uma série mas possui um caso único a ser solucionado e o final fechado, como é característico de muitos livros policiais, portanto você pode lê-lo isoladamente sem problemas ;) Beijos!

      Excluir
  8. Suspense policial é tudo! Gosto dessa temática, fiquei fissurada desde a primeira vez que coloquei meus olhos na capa e saber através de resenhas que o livro além de grande é muito recomendado, só me fez desejar mais tê-lo.
    Gostei muito de sua resenha, mais uma positiva.
    Parabéns
    Nizete Ribeiro
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  9. Elis,
    Estou para ler Branca de Neve tem que morrer tem tempo e agora lendo sobre Lobo Mau, O tema abordado, o tato que a autora consegue levar esse suspense deve ser surpreendente.
    Gosto muito de suspense e tenho que colocar como meta ler um por mês.
    Gosto muito de suas resenhas que nos convidam a leitura.
    Beijos

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Esse livro me chamou atenção desde que foi lançado. Eu, como boa fã do gênero, não dispenso uma leitura policial-investigativa, e por isso o livro me atraiu demais. Além da capa linda, só na sinopse já sentimos o clima de mistérios que paira sobre a trama. Isso instiga o leitor (a mim, pelo menos), e deixa a leitura ainda mais prazerosa. A trama me parece complexa e bem desenvolvida, cheia de peças a encaixar. Estou doida por esse livro!

    ResponderExcluir
  11. Curto livros de investigações de crimes. Eu fiquei com MUITA vontade de ler, a capa em si já chama bastante atenção "Suspense Policial".
    Adorei sua resenha! Só me deixou com mais vontade de ler!

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, parece ser um ótimo livro!
    Já estou com muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
  13. Muito boa a resenha.... provavelmente irei ler o livro!!!

    ResponderExcluir
  14. Olá Rosem!
    Agora entendo o por quê desse título; faz sentido. Corrupção, pornografia, prostituição, abuso... Não sabia que esse livro trazia tantos assuntos sérios e pesados. Nele Neuhaus consegue fazer com que fiquemos confusos e duvidemos de tudo e de todos? Tenho que ler esse livro, parece ser muito bom! Como não amar um suspense policial? :D.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Rosem :D

    Estou aqui super arrependida! Não tinha dado bola nenhuma para o livro porque julguei pela capa, só depois da resenha vi o quanto ele é fantástico!
    O quote que você escolheu é bem sugestivo e intrigante. Confesso que acho o tema um tanto pesado para um livro, mas percebi que se compara muito a realidade.
    Pela jeito que descreveu a diagramação já imagino um livro maravilhoso! Mudei de idéia com certeza e esse entro pra lista de desejados.

    Bjs.
    Passeando com os livros

    ResponderExcluir
  16. Oi Rosem, não sabia sobre a série, mas que bom que são livros individuais. Adoro CSi. então já pode imaginar a vontade que estou de ler este e os outros volumes da série.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  17. Lobo Mau foi é incrível. Forte, direta, um tapa na cara, fala de corrupção, de violência, mostra lados que não são bonitos de se olhar do Ser Humano, levanta um assunto que é polemico e que doí de ser lido,. Amei completamente, com personagens maduros, fortes e bem construídos, me surpreendeu, me enganou, me induziu a acreditar em inúmeras coisas e no fim quando tudo foi fechado e esclarecido foi inacreditavelmente ótimo! Recomendadíssimo!

    ResponderExcluir
  18. Esse livro deve ser muito bom mesmo, de tirar o fôlego né? Gostei da premissa dele, atual e antigo, eu gosto de livros desse gênero, gosto de leituras de tirar o fôlego. Espero ler o livro um dia e apreciar mais dessa leitura!

    ResponderExcluir
  19. Nem imaginava que este fazia parte de uma série. Vou tentar ver se acho os outros. Pois fiquei encantada com seus comentários na resenha. Não sabia que era tão bom assim. Você conseguiu despertar minha curiosidade a respeito da história. Valeu pela resenha. Gostei muito de conhecer este livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Rosem, eu quero muito ler esse livro mas agora com a sua resenha percebi que tenho que estar preparada para ele. Tudo que envolve violência contra criança me deixa meio abalada. Mas com certeza é um livro que vou ler. Só não tinha ideia de que ele fazia parte de uma série. E é uma pena que os outros livros não tenham sido trazidos para o Brasil. Aliás, todos fazem referência a contos de fadas? Esse é Lobo Mau, tem Branca de Neve tem que morrer. É bem interessante porque fala bem do mundo infantil, que deve ser o foco nesses livros. Adorei!

    bjs.

    ResponderExcluir
  21. Fiquei super curiosa para ler o livro, parece ótimo!
    Parabéns pela resenha, beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Oie. Adoro histórias fortes, a violência contra a mulher e o abuso sexual infantil são sempre assuntos a serem discutidos, e relatados. São casos que mechem com a gente. Pela resenha é um livro forte que requer preparação psicológica para quem lê. Adorei a resenha. Parabéns.
    franjunia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  23. Aneim não sei porque essas editoras não publicam essas series policiais na ordem certa, quando fui ler os da Lisa Gardner e descobri isso quase desisti.
    Sua resenha me deixou muito ansiosa para ler esse livro, o quote já me deixou apreensiva e enojada. Outros livros que já li com vitimas crianças o autor não trabalhava muito a vitima, as vezes não da nem para conectar com ela talvez por esse tema ser tao pesado mas em Lobo Mau a autora parece dar voz a essas vitimas.
    Mais um para lista de desejados.

    ResponderExcluir
  24. Amei sua resenha, Ro, mas, apesar de saber que os livros são independentes, gostaria que as editoras lançassem eles na ordem. Não sei pq os livros policiais são tratados dessa forma no Brasil. É praticamente IMPOSSÍVEL encontrar uma editora que lança a série na ordem :( ainda assim, quero muito ler LOBO MAU, principalmente pelo mote que ele aborda. Gosto muitos dos livros policiais que aproveitam para se aprofundar em assuntos polêmicos.

    Você sabe se existe previsão de a editora lançar mais um da série ainda esse ano?

    Bjs
    Mari

    ResponderExcluir
  25. Estou muito interessada em ler esse livro ...Além de fazer referência a contos de fadas infantil Só não tinha ideia de que ele fazia parte de uma série. e também vale ressaltar que a trama é muuuuito boa,fiquei curiosa... mais um para minha lista... ^_^

    bjs.

    ResponderExcluir
  26. Oiii, sempre tive uma baita curiosidade de ler esse livro, gosto bastante de releituras e da chapelzinho vermelho eu li poucas(acho que nenhuma) kkk, amei a capa
    BJKS

    http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Amo suspense policial!! Quero muito ler o livro Lobo Mal e agora vou atras dos outros que fiquei sabendo aqui é uma especie de serie.Abraços!!

    ResponderExcluir
  28. Adoro trailers policiais desde sempre, porque desafiam minha percepção e me instigam a pensar.
    Gostei muito da proposta do enredo, por ser mais realista e expor facetas da sociedade que insistimos em tentar ignorar.
    Lembrando que os contos de fada surgiram com base em fatos reais e que eram histórias assustadoras, para alertar mesmo as crianças, antes de serem "romanceadas" pelos autores de histórias infantis.

    ResponderExcluir
  29. Só em olhar a capa já vi que gostaria de ler, está linda, parabéns. Ao ler a resenha, amei, pois gosto D+++++++ de suspense e fiquei super curiosa...vou aguardar...quem sabe serei sorteada e logo, logo estarei lendo.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  30. Amei sua sinopse, palavras bonitas que eu pouco entendi me perdoe, so mais um pouco abaixo que entendi que esta livro é uma critica de crianças que vivem em lares problematicos e tem como uma grande tristeza e que as acompanhará para o resto da vida, ser perseguida por um adulto doente e que não respeita a infancia e a privacidade. Muito triste pois leio muito e acompanho tudo isto no dia a dia. Ja trabalhei com crianças assim e isto me deixa muito triste. infelimente não é o tipo de leituira que me deixa curiosa, eu ficaria mais feliz se este lobo mau ai fosse engavetatado com muitas balas e que sumisse no mapa.

    ResponderExcluir
  31. Eu simplesmente PIRO em livros policiais, sério.
    Confesso que ao ler o nome, não me despertou o menor interesse.
    Mas ao ler a sinopse e a resenha, entrou direto para a lista de desejados. Saber que ele tem o final fechado me agrada muitíssimo também, pois não sou muito chegada em sagas/séries etc
    Quero e quero FORTE lê-lo! Rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Olá!
    Nossa, pela resenha se percebe que é um tema bem forte, realista...
    E bem atual, pois infelizmente muitas crianças ainda sofrem com esses abusos e na inocência dela, não sabe...

    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  33. muito interessante. livros de suspenses são sempre muito envolventes. o tema é infelizmente uma realidade e nos faz entrar de cabeça no livro. mto curiosa p/ ler.

    ResponderExcluir
  34. Muito bonita a capa, nós oferece boa leitura.A resenha tbm muito bem escrita,nos remete para uma realidade dolorosa cada vez mais presente em nosso cotidiano, através da TV e seus noticiarios.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!