[Resenha] Ligeiramente Maliciosos

Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh

Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh
Série Os Bedwyns - Livro 02
Sinopse - Editora Arqueiro - 2015 - 288 páginas


Judith Law é uma moça que possui enorme imaginação e um talento incrível para representar papéis, mesmo que atue apenas para si mesma, escondida atrás de uma colina próxima de sua casa. Ela é a segunda filha do reverendo Jeremiah Law, e como tal, durante toda a vida teve sua personalidade e aparência moldadas pelo pai da forma mais recatada possível.

Nossa protagonista começa essa história resignada. Seu irmão Branwell gastou a fortuna da família com extravagâncias, e para diminuir as despesas da casa, seu pai é obrigado a concordar em enviar uma das quatro filhas para viver com a rica tia Effingham, em Harewood. Aos vinte e dois anos, solteira e sem grandes atrativos físicos, Judith se oferece "em sacrifício" para poupar suas irmãs e parte sozinha para Harewood (cadê a super proteção, papai?) com apenas uma pequena mala de roupas e sua imaginação, que espera ser suficiente para consolá-la, no futuro de trabalho e resiliência que terá na casa da tia.

Mas durante a viagem, enquanto Judith devaneia sobre ser raptada por um lindo bandoleiro ou um perigoso viking, a diligência lotada em que se encontra sofre um acidente e a carruagem fica danificada. Quando Ralf Bedard surge à cavalo na estrada oferecendo ajuda, Judith é resgatada por ele e os dois seguem em direção à estalagem mais próxima. Só que ela se apresenta como uma atriz experiente chamada Claire Campbell e, já que passará o resto da vida "mofando" na casa da tia, resolve abandonar a prudência (chutar o pau) e aproveitar o momento antes de prosseguir viagem. Assim, "Claire e Ralf" vivem uma ardente noite de paixão, a aventura sensual se estende até o dia seguinte (bendita chuva!) e depois Judith vai embora, sem saber que o descompromissado Ralf Bedard na verdade se chama Rannulf Bedwin e é irmão do duque de Bewcastle.

É claro que o destino prega uma peça em Judith e Rannulf, que irão se encontrar novamente em Harewood, só que dessa vez, usando suas verdadeiras identidades: Judith é a parente pobre que vive de favor na casa da tia, e sequer pode frequentar os eventos sociais que acontecem na propriedade, enquanto Rannulf é o cavaleiro rico da alta sociedade, que está em Harewood para cortejar Julianne Effingham, a prima de Judith. A avó de Rannulf está muito doente e deseja ver o neto casado antes de morrer, por isso pediu a ele que conhecesse Jullianne e a considerasse como possível noiva. Isso é apenas o começo dessa história, realmente acontecem muitas coisas nesse enredo, que envolve até um roubo cheio de mistério e perseguições.

Diferentemente de Ligeiramente Casados (resenha aqui), a história de Ligeiramente Maliciosos já começa quente, o clima de sedução e prazer se descortina durante os primeiros capítulos da trama, para somente depois os conflitos reais começarem. Nesse ponto já estamos completamente cativados pelo casal, a trama não perde o ritmo e é impossível não torcer para que os dois fiquem juntos, superando todas diferenças e obstáculos que os separam. Nesse romance ambientado no início do século XIX, a autora Mary Balogh retrata perfeitamente os costumes da época e as convenções sociais, proibições e frivolidades da sociedade londrina, onde quem não aceita seguir o padrão imposto tem que lutar muito por aquilo que deseja.

Judith é uma protagonista cheia de facetas. Acompanhamos sua impotência diante da forma fria e abusiva que sua tia a trata, mas ao mesmo tempo em que ela aceita a inevitável perda de status, seu orgulho não é quebrado. Judith vive uma luta diária para encontrar alegria nas pequenas coisas da vida, já que as grandes lhe foram tiradas, mas em alguns momentos é tão cabeça dura, que enxerga obstáculos onde eles não mais existem e dificulta as coisas pra si mesma. Eu a adorei e admirei sua fibra, mas quis sacudi-la várias vezes por sua teimosia!

Já Rannulf é um fofo, um homem grande e forte como um viking, mas totalmente gentil e atencioso. Certa vez, quando eu ainda era solteira, uma amiga me disse que, para eu ter certeza de que um homem seria "bom pra casar", eu deveria observar como ele tratava as crianças e os idosos (e eu segui o conselho à risca!). Nessa história não há crianças, mas fiquei encantada com a maneira carinhosa com a qual Rannulf trata a sua avó, ele ganhou milhares de pontos comigo por isso. Esse fato, combinado com tudo o que Rannulf realizou "com" e "por" Judith, me deixaram caidinha por ele.

E por falar em avós, as duas "vozinhas" foram super atuantes nesse livro, eu adorei a participação de Lady Beamish e da Sra.Law, os sentimentos que elas demontraram por seus netos Rannulf e Judith infuenciaram tanto na formação deles, quanto no decorrer dos acontecimentos. Os irmãos de Rannulf também marcaram presença na trama, principalmente Wulf, o duque de Bewcastle, inclusive percebi que por detrás daquela fria muralha existe um coração leal, mal posso esperar pra ler o livro que será protagonizado por ele.

Enfim, essa história é linda, cheia de conflitos, ação, emoção e muito amor, me apaixonei, favoritei e recomendo passionalmente!

Série Os Bedwyns


1 - Ligeiramente Casados (2014) - Aidan Bedwyn e Eve Morris
2 - Ligeiramente Maliciosos (2015) - Rannulf Bedwyn e Judith Law
3 - Ligeiramente Escandalosos (2015) - Freyja Bedwyn e Joshua Moore
4 - Ligeiramente Seduzidos (2016) - Morgan Bedwyn e Gervase Ashford
5 - Ligeiramente Pecaminosos (2016) - Alleyne Bedwyn e Rachel York
6 - Ligeiramente Perigosos (2017) - Wulfric Bedwyn e Christine Derrick

Prequels
#1 One Night for Love - Neville Wyatt e Lily Doyle
#2 A Summer to Remember - Lauren Edgeworth e Kit Butler (ligação c/ a Freyja)


Essa leitura foi uma cortesia da Editora Arqueiro.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

23 comentários

  1. AAI eu adoro essas histórias, ja li várias desse estilo, claro que vou ler esse. Ja vou salvar aqui.
    Ai que legal :) Obrigada pela dica flor .
    Beijos ;*
    http://bhulago.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse romance parece ser daqueles que vou amar o casal, pois pelo que vi nenhum deles parece ser do tipo que me irritará e isso é uma carta e tanto, já que se eu não suporto um dos personagens consequentemente o casal não me atrai.
    Judith parece ter uma imaginação fértil, já adorei isso nela por ser igualmente assim. Estou procurando novos romances de época para ler e essa série parece ser ótima, a colocarei na minha lista para ler futuramente.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Uau...um romance cheio de segredos, suspense...com muita coisa para o casal superar...adorei a sua Resenha...despertou a minha vontade de ler um livro de época!
    Adicionando na minha listinha, rsrsrs...
    Lindo fds!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  4. adorei a resenha, não vejo a hora de ler o livro

    ResponderExcluir
  5. Olá, Elis.

    Eu li esses das O Duque e Eu e estou super animada com os romances de época da Arqueiro. Fiquei feliz em saber que esse livro já começa mais quente, as vezes demora demais a acontecer as coisas nos livros e me desanima isso. Com certeza quero conhecer o Bedwyns, em breve irei comprar.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os romances de época são uma paixão ♥

      Excluir
  6. eu adoro o jeito dela de escrever! Mary me faz viajar nas páginas e este romance é super cinderela! adorei!
    agora estou super curiosa para conhecer Freyja! e mais ainda para saber como Wulfric terá sua história de amor!
    essa família ja conquistou
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, amei o primeiro dessa série, Ligeiramente Casados, curto muito romance de época e depois de ler essa resenha tenho certeza que vou amar ainda mais esse Ligeiramente Maliciosos, já estou fiquei super curiosa em ler Ligeiramente Escandalosos e conhecer a história da exótica Freyja.

    ResponderExcluir
  8. Estou desejando esse livro. <3 http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Elis,
    Acabei de ganhar este livro de presente pelo dia das Mães. Adorei Ligeiramente casados e ansiosa para ler os Maliciosos. Mais uma autora que gosto muito de sua escrita.
    Suas resenhas sempre com um toque especial que nos chama para a leitura. A dica da sua amiga está mais do que certa. rs

    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  10. Amo um romance historico e este livro tem uma nota muito boa no skoob,
    e vejo que vocÊ também adorou a historia. So não consigo imaginar uma 'mocinha' agindo desta forma no primeiro encontro nesta época rsrs, mas gosto quando elas são mais briguentas/ou tem atitude rsrs, e esta parece ser assim, nossa é uma serie bem extensa, mas pretendo le lo ja que amo o genero,
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, a Judith teve o seu momento de loucura, coisa difícil de se entender na época, mas isso foi muito bem trabalhado pela autora :) Beijos!

      Excluir
  11. Oi Elis!
    Acabei de ler Ligeiramente Maliciosos agora, e também amei o livro! Conselho sábio o de sua amiga, Ranulf é muito fofo com a avó e foi incrível com a Judith, melhor pedido de casamento que li esse ano!

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, aquela primeira proposta dele me lembrou do Mr.Dacry rsrsrs... Beijos!

      Excluir
  12. Preciso desse livro, porque além de adorar romance de época, já sei que a narrativa contém todos os elementos que adoro numa leitura. Conflitos, ação e emoção. Amei a resenha! O livro está na minha lista!

    ResponderExcluir
  13. Aiiii que fofo! Sua resenha me cativou, não li nem o primeiro livro da série, mas acabei curtindo. Preciso conhecer a autora. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Quando leio os livros da Mary fico totalmente envolvida. É um livro natural de romance com uma pitada de época da Regência, mas o que mais conta é o estilo suave e fluente como vai se desenrolando a narrativa.

    ResponderExcluir
  15. Nossa Elis!
    Que drama, hein? Estar apaixonada e ter tido um romance com o pretendido da prima... e agora?
    Só por aí já fiquei super curiosa de poder ler o livro.
    E concordo, temos de observar como nosso parceiro cuida das crianças e dos idosos, estou bem nesse quesito também...kkk
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  16. Ótima sua resenha, nunca li este livro, mas fiquei bastante interessada, acredito que deve ser uma história envolvente e o tipo de livro que não queremos largar, só para saber o que acontecerá em seguida.
    Beijos

    evellin23ecs@gmail.com

    ResponderExcluir
  17. Obrigada pelos comentários meninas, beijos a todas ♥

    ResponderExcluir
  18. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece interesante e tenho vontade de ler pronto.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos e boas leituras! :)
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  19. Gente, estou perdida no mundo, kkkkk, não sabia que esse livro fazia parte de uma série... Que enrosco viu? Apesar de ser bem clichê, a moça pobre, o cara rico, a pretendente ideal no meio, fiquei mega curiosa para ler, parece ter um q a mais...

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!