[Resenha] As Origens do Inconsciente

As Origens do Inconsciente - Matt ffytche

As Origens do Inconsciente - Matt ffytche
De Schelling a Freud – O nascimento da Psique Moderna
Sinopse - Editora Cultrix - 2015 - 360 páginas


Em sua fascinante obra “As origens do inconsciente”, Matt ffytche nos lança num envolvente estudo que mescla filosofia e psicologia em um contexto histórico, que superando absolutamente minhas expectativas, reúne diversos pensadores, inúmeras teorias e descobertas surpreendentes; como em um passe de mágica o brilhante autor nos transporta da renascença ao pós iluminismo, portanto mil livros em um só, perfeito, obra de mestre.

“ O lugar de onde tudo veio não pode ser outro senão o lugar de onde tudo continua a vir [...] e que já existia, portanto, não apenas antes do tempo, mas que ainda existe em cada momento, constantemente, acima do tempo.” Schelling, Ages, 114, 134.

No ínterim das intrincadas teorias que prenunciaram a psicologia contemporânea, passamos a conhecer quem foram e como viveram seus idealizadores, ou seja, as mentes brilhantes que moldaram o pensamento humano e o conceito de individuação como o encontro com o “si mesmo”.

Ambientado principalmente na Alemanha, toma por base o romantismo alemão centralizando Schelling e a obra “As eras do mundo”, mas as escolas francesas também são foco de equiparação de alguns confrontos teóricos do período.

Dividido em três partes, somos introduzidos previamente nos objetivos buscados pelo autor nesta historiografia do inconsciente, para então adentrarmos ao sujeito antes do inconsciente onde mapearemos as influências de Fichte no futuro teórico de Schelling, que na parte II toma totalmente a cena com o desenvolvimento do inconsciente da era romântica, para enfim relacionarmos o desdobramento e influências teóricas no inconsciente psicanalítico.

“ A sabedoria chegou aos homens vinda somente das profundezas, com o poder dos oráculos que emanavam da terra,  guiando e formando suas vidas.”

O mais fascinante na II parte é como a influência do romantismo alemão direciona o pensamento europeu à metafísica do inconsciente e o reflexo na literatura da época, interligando a representação intelectual à psique. Entretanto, sensacional mesmo foi descobrir que E.T.A Hoffmann e Lovecraft, meus autores favoritíssimos, escreveram sua obra sob influência direta de Schelling e Schubert, e ainda como C.G. Jung, meu mentor de todas as horas [hahaha], bebeu da mesma fonte.

Decerto que a leitura exige foco e concentração, mas o resultado é sem duvida transformador, repleto de citações e referências como: Kant, Hegel, Nietzsche, Benjamin, Heidegger, Derrida, Lacan, Freud, Klein, Sinclair, Winnicott, meu amado Jung, etc, etc, etc... De modo que ultra recomendo esse precioso conteúdo à universitários das áreas de humanas, biológicas e principalmente aos amantes do conhecimento.

“ É certo que agora, quando o Eu se torna um Eu individual […] tendo chegado, então, ao “Eu sou”, com o qual começa sua vida individual, ele não se lembra mais do caminho que percorreu até agora, pois como a consciência só chega no final deste caminho, ele deve ter percorrido esse trajeto em direção à consciência inconscientemente e sem conhecê-lo.” 

É de fato o livro teórico mais fantástico que já tive o prazer de ler, amei cada linha.
Excelente leitura!

Essa leitura foi uma cortesia do Grupo Pensamento.
Aguardamos seus comentários! By.:.

17 comentários

  1. Oi Elis.

    Achei interessante, acho que vale muita a pena conferir este livro.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Bom dia Elis!
    Eu adoro livros que abordam a mente...Teve um tempo que queria estudar psicologia...mas a vida acabou me afastando...
    Acho incrivelmente fascinante o mundo da mente, e de acordo com a sua resenha, vou curtir sim essa leitura...
    Lindo FDS!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  3. Olá
    as vezes eu gosto de ler trexos de livro dese gênero ou tipo rsrs, me deixa um pouco calmo (não sei porque) rsrs, achei bem legal a proposta do livro
    Bjks
    Passa Lá No meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. me parece interessante, mas como não esta na minha lista de desejados, vou deixar pra depois
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eita, não sei se me interessaria muito. Não sou muito fã da filosofia e sociologia. Porém, deve ser um livro de ótimo estudo.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente não é o tipo de leitura que me agrada, já que os temas nunca despertaram meu interesse. Mas com certeza é um prato cheio para quem curte.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Apesar de me interessar por assuntos relacionados a psicologia, confesso que esse tipo de livro não consegue prender minha atenção por muito tempo.
    O que eu "aprendo" dessa área é através de debates com meus amigos da faculdade. Acho mais divertido e compreensível assim! De qualquer forma, me parece uma excelente obra para quem tem muito interesse no assunto

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rosem!

    Durante a adolescência, eu lia muitos livros teóricos como este e adorava. Portanto, fiquei interessada em ler "As origens do inconsciente". De fato, parece ser uma ótima leitura para reflexão e aprendizagem. É claro que requer mais atenção e calma, mas quem gosta - como nós - irá apreciar também!
    Ótima dica.

    Beijocas, meninas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Rosem, eu tinha achado muito interessante quando ele foi lançado, mas agora acho que daria nó na minha cabeça. Talvez eu leia um dia, mas só quando estiver com a mente bem descansada, para poder me dedicar a ele.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Ah então esse é um livro que provavelmente lerei, visto que curso psicologia. E pelo que você falou realmente deve ser bem bacana. A gente fica melhor informado, sobre os "avanços" que a "nossa" história teve né?! Afinal, todas essas teorias e tudo mais construíram o conhecimento que temos hoje. E sem elas o que seríamos?

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  11. Há muito tempo atrás eu quis fazer psicologia rs (hoje em dia nem penso mais nisso). Mas parece ser um bom livros para leigos conhecerem um pouco sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  12. Oi. Parece bem informativo este livro, e este imagem bagunçou minha visão rs. Sempre que se trata da mente humana, pode ter certeza que sempre nos surpreendera. Me interessei.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Olá, parecer um livro fantástico. Nunca li um desse gênero porém acredito que sempre existe uma primeira vez. Sua resenha ficou muito boa, deu vontade de ler e conhecer. Muito obrigado e abraço

    ResponderExcluir
  14. Rosem!
    Filosofia e psicologia tem tudo haver comigo, já gostei por aí.
    Descobrir os grandes pensadores na Alemanha deve ser um livro no mínimo intrigante.
    Como Psicóloga, me interessei muito.
    “A sabedoria começa na reflexão.”(Sócrates)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  15. gostei de conhecer esse livro, se nao tivesse lido a resenha acho que só olhando a capa e p titulo nao me convenceria a comprar.

    ResponderExcluir
  16. Oi Rosem :D
    Tenho que confessar que psicologia não me atre em nada .. Não sei, mas tenho a impressão de que ler esse livro me deixaria meio perdida! Achei até interessante, e pela empolgação de sua resenha dá uma certa curiosidade, mas é o tipo de leitura que eu teria que refazer no mínimo umas três vezes para conseguir entender totalmente ..
    Bj :*

    Blog Passeando com os livros

    ResponderExcluir
  17. Quando cursei o vestibular pensei em fazer piscologia , e este livro tem muito haver com o assunto, ainda que pense que muitas vezes eles viajem na batatinha. Mas vale a leitura , porem sei que usaria mais a piscologia espiritual .
    Beijocas

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!