[Resenha] A Promessa da Rosa

A Promessa da Rosa - Babi A. Sette

A Promessa da Rosa - Babi A. Sette
Sinopse - Novo Século - 2015 - 432 páginas


A Promessa da Rosa é o segundo livro da autora brasileira Babi A. Sette, e o primeiro que leio dela. Eu tinha dúvidas sobre solicitar esse livro para resenha devido a grande quantidade de páginas, mas adorei o primeiro capítulo disponibilizado pela editora (leiam aqui) e como amo Romances de Época, resolvi conhecer o trabalho da Babi. Ainda bem, porque fiquei absolutamente encantada!!

Kathelyn Stanwell é uma jovem debutante bastante inquieta, que gosta de fazer tudo o que é proibido às damas de sua época: estudar, subir em árvores, nadar no lago da propriedade, cavalgar livremente vestindo calças de montaria, dentre outras pequenas "aventuras" que alimentam seu espírito livre e geram sempre reprimendas por parte de seu pai, o conde de Clifford. Ela já está na idade de "arrumar um marido" e participará de sua primeira temporada em Londres, mas já deixou manifestado ao pai que se casará somente por amor.

Arthur George Pierce Harold é o nono duque de Belmont e como tal, sabe que em breve precisará desposar uma dama respeitável da sociedade, a fim de formar uma família e, principalmente, gerar um herdeiro. Mas a noiva em questão deverá ser uma moça interessante o bastante para que ele não sinta o desejo de traí-la, pois, depois da desilusão sofrida por suas irmãs mais velhas em seus casamentos, ao acompanhar o sofrimento delas e suas consequências, o duque prometeu a si mesmo que jamais seria infiel no matrimônio.

Kathelyn e Arthur se cruzam pela primeira vez durante um baile de máscaras, quando Arthur flagra uma das transgressões de Kathelyn. Mesmo desconhecendo a identidade um do outro (ou talvez por isso), "o corvo" e a "dama da noite" sentem-se irremediavelmente atraídos, a ponto de trocarem beijos calorosos no jardim. Até então, Kathelyn acha que nunca mais verá "o corvo", pois acredita que ele não é um cavalheiro de seus círculos, e o mesmo acontece com Arthur. Mais tarde, quando percebe que a adorável, inteligente (e gostosa) "dama da noite" é mesmo uma dama, o duque faz um acordo de casamento com o conde (pai da noiva) sem que Kathelyn saiba; ele fica sabendo que a moça deseja casar-se por amor e tem certeza de que conseguirá conquistá-la.

Mas em A Promessa da Rosa não acompanhamos apenas um homem conquistando uma mulher, ou vice-versa. Isso é apenas o começo, porque essa trama é repleta de mal-entendidos, inveja, fofocas, traições, ciúmes, ressentimentos e conspirações, que dificultarão o tão esperado final feliz do casal protagonista. O orgulho, tanto de Kathelyn quanto de Arthur, e o hábito de pré-julgar as pessoas ou os fatos, farão com que situações comprometedoras deixem de ser esclarecidas, e que o sofrimento deles se estenda por anos... Será preciso muito perdão para que o amor possa fluir novamente. Haja coração!

A história acontece no século XIX, a primeira metade se desenvolve em Londres, e a segunda parte, principalmente em Paris. Achei excelente a escolha dos cenários, as situações cotidianas retratadas, os hábitos, costumes e a mentalidade da época estruturaram perfeitamente a caracterização dos personagens. Daria um ótimo filme!!

A narrativa é realizada em terceira pessoa, alternada entre o ponto de vista de Kathelyn e Arthur. O casal protagonista foi muito bem desenvolvido pela autora, os dois tem personalidade forte, se amam com intensidade e em alguns momentos, se odeiam da mesma forma. Eles são independentes e articulam perfeitamente suas vidas quando estão separados, mas sabem que a felicidade no amor depende de estarem novamente juntos. Várias vezes tive vontade de estapear a ambos por não perceberem que tudo poderia ter sido tão simples... se tivessem simplesmente ouvido um ao outro.

Os personagens secundários também foram bem trabalhados, alguns com maior destaque e intervenção na trama, outros menos, mas os que mais gostei foram a sra. Taylor, preceptora da Kathelyn, e Scott, o valete do duque. A sra. Taylor "suava o corpete" para manter sua pupila "na linha", mas longe de ser uma mulher severa e ranzinza, mostrou-se uma amiga sábia e leal quando Kathelyn mais precisou. Assim como ela, Scott sempre foi inteligente e perspicaz, conhecia como ninguém os humores do patrão e jamais se deixava intimidar por ele, apoiando-o sempre, à sua maneira.

Se lembram que no começo da resenha eu falei do meu receio à respeito da grande quantidade de páginas do livro? Então, a única coisa que tenho a dizer é... que eu não conseguia parar de ler!!! Foi impossível achar uma parte da história em que eu pudesse pausar a leitura para continuar no dia seguinte! Resultado: foram doze horas seguidas de leitura, avançando madrugada adentro com os olhos ardendo, as costas doendo e uma torcida forte pelo final feliz de Kathelyn e Arthur. Mas valeu cada minuto, recomendo passionalmente!


Book Trailer


Essa leitura foi uma cortesia da Editora Novo Século.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

19 comentários

  1. Eu amo romances de época e falam tão bem deste livro da Babi que em parte isso me faz deseja-lo e teme-lo, pois veja bem: A história parece maravilhosa, mas criei grandes expectativas e tenho medo de me decepcionar, até porque seria meu primeiro contato com a autora, já que não pude ler Entre o Amor e o Silencio, seu primeiro livro.
    Tenho a impressão que vou amar Kathelyn e desejar estapear tanto ela quanto Arthur. Casais ds ficção tem mania de gostarem de complicar tudo, né? u.u
    Espero poder ter logo o meu exemplar e me emocionar com essa história, que diga-se de passagem, tem uma capa simplesmente linda!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina!
      Espero que você curta tanto a história quanto eu, depois quero saber sua opinião. ok? Beijos!

      Excluir
  2. Olá!
    Bom dia Elis!
    Ah parece um encanto esse livro!
    Eu não conheço essa autora!
    Mas pela sua resenha parece ótimo o livro!
    Histórias de época são lindas, e ainda mais quando tem um romance no ar...e amei o fato de saber que tem uma luta interna para ser o que realmente deseja ser e não o que os outros "sociedade" quer...
    Curiosa para saber todos os detalhes, kkkkk
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  3. Aaaaai , já me apaixonei completamente !! É tudo que a gente sonha em achar nos romances de época .
    Beijos, vou salvar aqui pra ler ❤

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Nem imaginava que esse livro era sobre um romance de época, pela capa pensei em uma história bem diferente. Agora depois de ler a sua resenha, fiquei surtada querendo ler ele agora rsrsrs, ele vai rapidinho para minha lista de desejados ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  5. oi flor, estou encantada por este lançamento, não só porque o gênero é o que eu mais curto como também a Babi é uma autora em franco desenvolvimento criativo que só tem a trazer uma ótima história!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Elis!
    A história parece arrebatadora mesmo.
    Gosto dos romances de época ambientados no século XIX, totalmente diferente do nossa em questões de padrões sociais e aqui ainda mais porque passa em Londres e Paris, imagino como o cenário seja belo.
    Nunca li nada da Babi e desejo muito poder conhecer sua forma de escrita tão envolvente.
    “Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy!
      O fato da história se passar em Londres e Paris incrementou bastante o livro, dá para observar as diferenças entre os dois países durante a leitura :)
      Beijos!

      Excluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, amei o Entre o amor e o silêncio, o primeiro livro da Babi, achei a escrita dela ótima, adoro romance de época e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser maravilhosa.

    ResponderExcluir
  8. Oi Elis,
    Já li alguns comentários positivos sobre esse livro e sua resenha só veio confirmar que “A Promessa da Rosa”, possui uma boa trama. Espero no futuro ter uma oportunidade de conhecê-la.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Bom, ainda não li nenhum livro de romance de época, mas me interessei pelo livro inicialmente pelo título e capa, mas depois de ler esta resenha, me interessei ainda mais pela história, como é de romance eu adorei, pois meu gênero preferido de livros é romance, pretendo ler em breve, adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marilene!
      Se o seu gênero preferido é romance, você precisa experimentar os romances de época, acho que irá se surpreender! Beijos :)

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conheço a narrativa da Babi, mas amo romances de época e tenho ouvido falar bem demais desse livro. Sem contar que essa capa é linda demais.
    Adorei saber da construção dos personagens e o quanto o livro te agradou. Quando o livro é bom o número de páginas não importa...rsrs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia!
      Realmente, quando o livro é bom, a leitura flui e quanto mais páginas melhor! Beijos :)

      Excluir
  11. Oi, Elis!

    Eu também amo romances de época e quero muito ler este livro. Gostei da sinopse e li vários comentários positivos sobre ele e a escrita da Babi. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa! Já vou comprar o livro neste final de semana.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita!!!
      Depois quero saber o que achou do livro amiga, beijos!

      Excluir
  12. Oi Elis! O livro parece divino, romances de época são ótimos e fazem a gente viajar na leitura.

    Sem falar que ser em Londres e Paris é bem interessante.

    Ótima resenha.

    Abraço

    ResponderExcluir
  13. Tenho ouvido falar muito bem desse livro, eu não cheguei a entrar na onda dos livros de época mas tenho lido tanto sobre eles que minha vontade só cresce! Achei legal esse ser de uma escritora brasileira e ele parece ter uma história marcante. O fato de se passar em Paris e Londres também me deixou com mais vontade de ler ^^ adoro descrições de lugares que não conheço.

    =*

    ResponderExcluir
  14. oiii,
    Não sou de ler livros de época, mais a história deste livro me chamou bastante atenção, além de ser romance que eu adoro. Adorei a capa.
    Ahh adoro livros que tem bastante páginas para ler.
    bjs

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!