[Resenha] Star Wars: Estrelas Perdidas

Star Wars: Estrelas Perdidas - Claudia Gray

Star Wars: Estrelas Perdidas - Claudia Gray
Jornada para Star Wars: O Despertar da Força
Sinopse - Editora Seguinte - 2015 - 448 páginas


"Estrelas Perdidas" é praticamente a minha primeira experiência com Star Wars. Cheguei a assistir os filmes, mas como era muito pequena não me lembro de nada (e duvido que tenha entendido alguma coisa), porém como o sétimo episódio dessa série tão famosa foi lançado recentemente, decidi conhecer um pouco sobre ela e me arriscar nos livros antes de (re)ver os filmes.

Neste livro, conhecemos Ciena Ree e Thane Kyrell, amigos desde a infância que compartilham o mesmo sonho: pilotar naves para o Império, para isso eles batalham muito até entrarem na Academia Real de Coruscant, que funciona como uma espécie de faculdade de pilotos. Durante seus anos nessa Academia, Thane e Ciena se afastam bastante e após um ocorrido, os dois param de se falar.

Acontece que Thane e Ciena tem opiniões diferentes sobre política, Ciena apoia o Império quase com fanatismo, ela acha que sem ele a galáxia estaria um caos, mas Thane sabe que o governo não é de todo perfeito e se recusa a ignorar os defeitos que todos tem medo de comentar. Thane acaba tomando um rumo diferente juntando-se à Aliança Rebelde, que luta por um Nova República e o fim do Império, enquanto Ciena continua trabalhando para o Imperador.

Não gostei muito de Ciena, ela falou muito sobre honra e promessas (perdendo várias oportunidades pelo caminho por conta disso), inventou todas as desculpas possíveis para o Império sempre estar com razão, se fechou num quadrado onde tudo era perfeito e deixou de olhar para o mundo a sua volta. Ciena passou o livro todo batendo na mesma tecla, para só no final pensar em olhar de outro ângulo.

"Mas o pior era que... Thane havia sido aquele garoto. Ele tinha sentado na cadeira de piloto de um transporte e sentido orgulho. Sentido a grandeza. Tudo porque ele seria parte do Império um dia. Ele havia seguido aquele caminho, e aonde isso o levara? (...) Se pudesse voltar, teria a força de escolher um caminho diferente?"

Por outro lado adorei Thane, sua coragem e rebeldia, seu jeito único de ser, seu talento em voo (mesmo com Ciena sendo melhor) e sua teimosia. Gostei bastante quando ele mudou de opinião, quando se arriscou pelo que achou ser certo e lutou pelos seus ideais. A cena mais legal do livro aconteceu num momento de fraqueza de Thane, essa parte só o deixou mais forte, todos precisam parar para refletir de vez em quando.

A autora demonstrou bastante os sentimentos das personagens, tanto do lado da Aliança Rebelde quanto do lado do Império. Quando olhamos para uma guerra, caracterizamos todos igualmente de acordo com o lado em que estão, mas esse livro individualizou todo mundo e mostrou as coisas boas e ruins que cada um deles levava dentro de si, inclusive o motivo de estarem ali e o motivo para continuarem ali. Pelo menos nessa obra é impossível torcer completamente por um lado, pois nos apegamos aos personagens de ambos, cada morte dói um pouco e as cenas de batalha me dividiram totalmente (mesmo torcendo um tiquinho a mais pelo Thane).

O livro é narrado em terceira pessoa com pontos de vista alternados entre Thane e Ciena e possui um romance bem presente na trama (principalmente na segunda metade), que não atrapalhou em nada a história, só me ajudou a conhecer melhor os personagens. E que romance mais bonitinho, mesmo com todos os desafios e dificuldades!

Confesso que nunca gostei de filmes ambientados no espaço, na minha vida inteira apenas um me agradou, só que agora estou com muita vontade de assistir Star Wars! Lembrando que a história de "Estrelas Perdidas" se passa durante os acontecimentos dos Episódios IV, V e VI da saga e mostra um evento após o VI (O Retorno de Jedi), mas esse livro pode ser lido tranquilamente por quem ainda não assistiu os filmes.

"Nunca mais, ela prometeu a si mesma. Daquele dia em diante, seu serviço para o Império seria mais que sua tarefa, seria sua compensação por ousar amar alguém mais do que a própria honra."

Que a força esteja com vocês em 2016 :)

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários!
Beijo de uma futura Jedi... 

16 comentários

  1. Adorei saber que Star Wars está conquistando novo público. Sou fã a vida toda, por causa do meu tio. Recomendo ver na ordem de lançamento: IV, V, VI, I, II, III, VII. Você vai amar. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, legal saber que não precisa ter assistido os filmes para ler o livro, isso me deixou bem interessado com a leitura para ter um primeiro contato com a série :) Quem sabe a força não desperta em mim? rsrs. Adorei a resenha, abraços ^^

    ResponderExcluir
  3. não sou muito ligada nesse universo jedai e etc, aliás pouco conheço da série, venho aprendendo bastante pelas resenhas, o que se pode dizer é que o sucesso é inigualável!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Samantha eu não sou fã da serie e nem dos filmes. os livro em si não me chama a atenção mas você fez uma resenha bem gostosa de ler bjs.

    ResponderExcluir
  5. Eu quero muito ler os livros antes de ver os filmes porque eu sou não consigo ler depois que vejo o filme, o único que eu conseguir foi Percy Jackson mas eu reparei que tem muitas diferenças no filme e no livro , eu vou tentar compra os livros mas não sei por onde começa me ajuda :3
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kayna!
      Eu também li PJ depois que vi os filmes, na maioria das vezes faço isso, me ajuda a imaginar melhor as cenas do livro.
      A Editora Seguinte tem uma trilogia de Star Wars chamada "Trilogia Clássica Ilustrada" (Livro 1 - A Princesa, O Cafajeste e o Garoto da Fazenda/ Livro 2 - Então Você Quer Ser Um Jedi?/ Livro 3 - Cuidado com o Lado Sombrio da Força), ela corresponde aos episódios IV, V e VI (os primeiros filmes lançados no cinema), acho legal começar por ela.
      Beijos e boas leituras! Samantha Culceag.

      Excluir
  6. Sam!
    O que melhor achei em sua resenha é que foi bem descritiva e limpa, sem a opinião de quem é fã realmente da série.
    Maravilhoso!
    Já assisti o filme e é bom demais!
    Vai assistir logo... vale a pena.
    “A dúvida é o princípio da sabedoria.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Olá Samantha!
    Sempre bom ter uma primeira vez par conhecer de perto essa safa do Star Wars. Já acompanhei a febre do meu filho em sua época de adolescente e ler sua resenha me fez voltar no tempo. Não deixe de assistir ao filme que seu que vai gostar e adorar esse gênero espacial. Linda resenha.
    Beijos
    http://saletadeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Confesso que não sou muito fã Star Wars...rsrsrs...eu sempre vejo algumas partes dos filmes, mas não me prende muito...o meu Marido é fã e meu filhote de 3 anos tbém está gostando, kkk, então estou começando a ver com outros olhos, kkkk
    E super interessante ler o livro, pelo menos eu prefiro, gostei da sua resenha...se eu tiver a oportunidade com certeza lerei.

    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  9. Estou doida pra ler esse livro, curto muito o universo Star Wars e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais interessada em conferi a história no papel.

    ResponderExcluir
  10. Para os fãs deve ser ótimo ter livros para ampliar e se aprofundar no universo de Star War.
    Não conheço muito,por isso não pegaria logo de cara o Estrelas Perdidas.

    ResponderExcluir
  11. oi sam.
    eu sou uma grande fã de star wars e apesar de tudo nunca li os livros acredita? li apenas os quadrinhos e vi os filmes. estou esperando esse livro chegar, e estou bastante empolgada.
    pelo que vc disse acho que vou gostar da leitura e eu gosto de romances nos livros, mas nesse tipo de livro gosto que o romance não seja o foco e sim a aventura. ainda bem que é assim.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  12. que legal !!! star wars conquistando uma nova leva de fãs.
    ainda não li nada do star wars (assisti os seis filmes ) e confesso que essas histórias entre X e Y está me deixando um pouco confusa...
    é meio complicado quando a personagem fica sempre na mesma tecla, né?
    não sei se começaria as leituras do sw com esse livro, mas fica a dica

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Gostei muito da resenha principalmente porque com esses lançamentos de livros de Star Wars sempre fico na duvida se vou entender a historia sem assistir os filmes ou conhecer o inicio, mais sabendo que posso ler independente fiquei muito curiosa e com vontade de ler esse livro e conhecer um pouco mais desse universo !!

    ResponderExcluir
  14. Eu passo no momento esse livro, pois não entendo nada sobre o universo de Star Wars e também não estou com muita paciência para procurara saber, sim uma droga. Mas quem sabe essa vibe bad não passe e eu passe a pesquisar mais sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  15. Star Wars foi meu primeiro vício na vida, e ele perdura até agora. Assisti a todos os filmes e sou completamente apaixonada pela franquia, apesar de me confundir um pouco na linha do tempo, principalmente quando se trata dos livros hahahaha Eu curti muito o enredo deste e também o fato de ele poder ser lido paralela e independentemente dos filmes!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!