[Resenha] Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot: Caos na Galáxia!

Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot: Caos na Galáxia! - Dan Abnett

Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot: Caos na Galáxia! - Dan Abnett
Sinopse - Novo Século - 2015 - 416 páginas


Se você é o tipo de pessoa que gosta de anti-heróis com armas enormes, uniformes maneiros, correndo em direção ao perigo e depois se dobrando ao meio para sair dele, você precisa conhecer Rocket Raccoon e Groot (fala sério, o nome deles fica muito legal junto). Quem são e o que estão fazendo num livro da Marvel? Eles são os criminosos mais procurados da galáxia (e heróis nas horas vagas).

Rocket Raccoon é um guaxinim modificado geneticamente que tem mãos desconcertantemente humanas (palavras do nosso querido narrador) e não bate muito bem da cabeça (minhas palavras), ele tem uma paixão um pouco obsessiva por atirar nas pessoas, ganhar dinheiro (nem sempre de forma legal), beber timóteos e falar palavrões (aliás, o palavrão falado no universo é “flark”, que pode ser usado pra praticamente tudo e está presente em todas as frases de Rocket). Apesar de tudo, ele é um gênio, um ótimo piloto e um estrategista maravilhoso.

Groot é uma árvore que anda e que fala “Eu sou Groot” repetidas vezes para responder todos os tipos de perguntas, mas existe uma comunicação nisso, Rocket, seu melhor amigo, consegue entender tudo o que ele diz. É impossível não gostar de Groot, ele é muito fofo, luta bem, tem umas ideias boas e é muito leal aos seus amigos, ajudando as pessoas quando ninguém mais está disposto a fazer isso.

“ (...) por trás do som repetido há uma fartura de nuances exaladas. Como essas brisas sussurradas através dos galhos de uma árvore, que parecem sempre fazer o mesmo som, mas há muita variedade se você ouvir atentamente.”

Agora vamos falar da história! Tudo começa num bar (se tratando de Rocket Raccoon, tinha que ser), com um guaxinim e uma árvore entrando e se sentando para tomar um timóteo. Os dois tiveram a má sorte de dar de cara com um grupo de badoons, uma espécie que irrita muito Rocket, que estava se controlando para não entrar numa briga quando os badoons começam um tiroteio e uma das balas acerta exatamente o timóteo de Rocket, que ergue sua arma absurdamente grande e começa a atirar também.

No meio de toda essa confusão, Rocket e Groot acabam encontrando o que os badoons estavam procurando: um gravador rigelliano, que é o narrador deste livro! Nenhum dos três sabe exatamente o motivo da perseguição, mas a mente gananciosa de Rocket já imagina quanto o gravador deve valer em dinheiro e o leva na hora da fuga. Mas o que Rocket e Groot não sabiam, era que metade da galáxia estava atrás desse gravador e que passariam as belíssimas 415 páginas do livro evitando uma morte bem dolorosa.

O gravador rigelliano é provavelmente um dos melhores narradores que já vi, no começo ele fica meio sem jeito, descrevendo as coisas excessivamente (o papel dele é esse, ele tem que registrar tudo à sua volta), mas logo se acostuma e para de descrever tanto, focando mais na ação do que nas explicações de coisas superficiais na história, ele também faz umas referências bem bacanas à cultura aqui da Terra. O gravador fala, corre, dá ideias, sendo um personagem bem ativo, o fato dele ser um robô não faz diferença alguma (tirando a parte de que todos o querem).

Tive a adorável surpresa da Gamora aparecer na história (para quem não sabe, os Guardiões da Galáxia são formados por: Rocket, Groot, Gamora, o Senhor das Estrelas e Drax), ela é uma bela personagem. É maravilhoso saber que os protagonistas são anti-heróis com uma pitada de vilania, passei o livro todo sabendo que eles iam fazer coisas para benefício próprio, sem ligar para as consequências que isso traria ao resto do universo, mas suas cenas de heroísmo me surpreenderam, mesmo com Rocket deixando bem claro que estar em todas as listas de procurados é muito bom.

A história tem ação em praticamente todas as cenas, muito tiroteio, perseguição de naves e lutas de espadas também (cortesia da Gamora), mas não deixa de ser bem engraçada, às vezes dramática e... flark! É tão bom que esqueci a palavra!

Esse é um livro extremamente maravilhoso que entrou para os meus favoritos, então, não me importo com mais livros dos Guardiões da Galáxia, que tal um com o Senhor das Estrelas (que nasceu na Terra)? Não sei se estou preparada para dizer que prefiro mais os cinco malucos citados nesta resenha do que Os Vingadores (mas é por aí). Então, leiam esse livro e vejam o filme dos Guardiões porque é muito bom! E se apaixonem também pelo Rocket (melhor personagem ever).

Marvel/Novo Século



Essa leitura foi uma cortesia da Editora Novo Século.
Aguardamos seus comentários!
Beijos desconcertantemente humanos...

18 comentários

  1. Olá!
    Ótima resenha Sam...mas acredito que não vou curti muito não essa leitura...
    Ah, Parabéns pela nova etapa que está iniciando em sua Vida...muito Sucesso
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  2. Esse e o tipo de livro que não me desperta o interesse de leitura, pelo fato de que gosto mais de romances, mas para quem gosta desse tipo de leitura com certeza vai se interessar por esse livro.

    ResponderExcluir
  3. oi flor, os heróis estão em voga mesmo! que luxo esse livro.
    não é muito a minha cara, mas fica a dica!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Samantha!

    Sou apaixonada por super-heróis e anti-heróis - os da Marvel arrasam. Quero muito comprar estes livros, todos parecem ser ótimos, divertidos e bem escritos.
    Gosto bastante do Groot, ele é tão fofo. :) É ótimo saber que tem ação de sobra na história!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Sam!
    A Capa do livro já é um atrativo a parte e ler toda resenha e saber que tem ação do início ao final, não tem como não querer fazer a leitura desse livro.
    “Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa, mas como não curto muito histórias de super heróis não me interessei por essa série e esse livro, quem sabe futuramente eu resolva dar uma chance e comece a ler livros desse gênero.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Samantha!
    Tenho um fraco por anti-heróis, principalmente os que são heróis nas horas vagas.
    Mas, apesar de ter achado a personalidade do Rocket interessante (mesmo com sua obsessão de atirar nas pessoas), de admirar a lealdade do Groot aos amigos e de ter achado o gravador rigelliano super bacana, Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot: Caos na Galáxia não faz muito meu estilo de leitura... Contudo, curti bastante sua resenha e não tenho dúvidas de que essa é uma ótima dica pra quem gosto do estilo desse livro.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de Marvel pra ver no cinema, mas quadrinhos e desenhos nunca me interessaram. Sou estranha? hahah
    Já tentei dar chance, acho super legal as histórias, mas ler quadrinhos não me convencem :/
    Agora, nunca tentei ler livros que tem esse pano de fundo. É uma possibilidade, talvez eu me dê bem. Gostei muito dessa série, quem sabe começo por ela :)
    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  9. Eu amei o filme sobre eles, então com toda certeza amaria o livro. Gosto muito da Marvel, é minha queridinha, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  10. Ainda não tive a oportunidade e o prazer de ler estes livros da Novo Século sobre o universo Marvel. Já estou imaginando esta dupla! Não sei se vou chegar ao ponto de preferir a eles do que os vingadores, mas que vou gostar, isso vou!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Capa linda, com certeza.
    Gostei muito da resenha, porem não faz meu tipo de leitura, já li alguns livros com temas parecidos, e simplesmente não me prende morro de tédio nas primeira 50 paginas, não importa o quão bom seja e quanta ação há.
    Espero futuramente mudar meus pensamentos sobre o gênero, mas agora essa leitura para mim não rola.
    Boa noite.

    ResponderExcluir
  12. Show essa capa, curto muito as histórias da Marvel e essa resenha me deixou ainda mais interessada nesse livro.

    ResponderExcluir
  13. Resenha bem detalhada.....mas não faz meu estilo !! Mas, meus alunos certamente irão adorar !!

    ResponderExcluir
  14. Ótima resenha! Adoro este genero de livro e adoro vários personagens da Marvel, e inclusive quero ler Guerra Civil. Quem sabe quando terminar de ler Guerra Cicil, eu Leia Guardiões das Galáxias.

    ResponderExcluir
  15. Eu assisti o filme Os Guardiões da Galáxia e adorei, tenho certeza que iria gostar muito do livro também, quando puder vou ler com certeza.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  16. Bem eu só assisti o filme, até que gostei, mas acho que ler esse livro não leria.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Conhecia Rocket Raccoon e Groot só pelo que vi no filme Os Guardiões da Galáxia e gostei muito desses personagens principalmente deles dois juntos e vendo a HQ deles fiquei interessada para conhecer um pouco mais da historia deles !!

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho o dvd do filme e ainda não assisti, agora vou deixar para ver depois que ler o livro.
    Isso é algo extremamente viciante, descobrir mais sobre os personagens, genial a ideia de usar o gravador como narrador, contando o que está acontecendo naquele momento e toda a luta que ocorre na busca por quem ficará com o mesmo.
    Deu para perceber que Rocket e o Groot são complexos e isso os deixa ainda mais divertidos, tem um número razoável de páginas e pela resenha elas passam rápido e ainda deixam o gostinho de quero mais, outro livro que vai para a lista!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!