[Resenha] Joyland

Joyland - Stephen King

Joyland - Stephen King
Sinopse - Suma de Letras - 2015 - 240 páginas


Diferente da maior parte de sua vasta obra, em Joyland, King nos lança em uma reflexão emocionante sobre amor, amizade, fé, encontros mágicos, partidas necessárias, intercalando o presente e o passado através de memórias vívidas, de um certo verão onde a vida e a morte entrelaçam-se e conduzem Devin Jones a travessia do rito de passagem da adolescência à maturidade.

“Aquele outono foi o mais bonito da minha vida. Mesmo quarenta anos depois, ainda posso dizer isso. E nunca fui tão infeliz, também posso dizer.”

Ambientado em um parque de diversões “à moda antiga” na costa da Carolina do Norte, o cativante protagonista Devin Jones nos conta os incríveis fatos que nortearam suas aventuras e desventuras no verão de 1973, quando assumiu um emprego de faz tudo, em Joyland.

A narrativa confessional nos faz mergulhar em suas emoções conturbadas: a inexplicável perda de seu primeiro amor e a “inconsolável” dor da rejeição. Entretanto, o ambiente surreal e mágico do parque, os desafios cotidianos, os novos amigos e inimigos, a descoberta de seu “alter ego” em um novo mundo com dialeto próprio, e o instigante mistério que envolve uma lenda de Joyland serão o trampolim para que Devim se transforme; no decorrer daquele verão ele descobre que nada é o que parece ser, e que as pessoas “quase sempre” escondem verdades bizarras.

A prosa é fluída, com tiradas cômicas, debochadas, hilárias [tipo a dancinha], repleta de referências: Tolkien, Hitchcock, The Doors [principalmente “The end” nos momentos mais trágicos hahaha! Quem não?] etc, etc, etc... Aliás, King adoooora citar músicos, cineastas e mesmo brincar com outros autores para estabelecer certos “climas” na narrativa, estimulando nossa memória a outras sinapses, o que é genial em suas obras.

Personagens peculiares são a marca registrada do autor, a maioria bem sinistra, três deles marcantes na trajetória ritual de Devin [que  é sensacional em todos os sentidos]: Annie, Mike e Erin [a garota Hollywood da capa com seu cabelo ruivo e vestido verde] e claro, o “alter ego Howie”, pois a felicidade está nas pequenas coisas “Pop Pop” hahaha!

Se o início da trama é lenta, será apenas para tomar o ritmo que mediante inúmeras reviravoltas nos conduz a um suspense vertiginoso, que desponta em um clímax que nos deixa agarrados ao livro como se ele fosse “cair” de nossas mãos... suadas? [hehehe, Yessss... Esse é King!] E se enfim nos encontramos com o inevitável será apenas para lembrar que existem momentos que são únicos, portanto inesquecíveis:

“Estamos voando!”

Brilhante... The Best!

Essa leitura foi uma cortesia da Suma das Letras.
Aguardamos seus comentários! By.:.

28 comentários

  1. Olá Elis,

    Por incrível que pareça ainda não li nada do Stephen King, tenho muita curiosidade e todas resenhas que leio são positivas, esse livro seria um bom início, quem sabe eu adquiro ele....ótima resenha...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ainda nunca li nada desse autor, por causa do gênero abordado nos livros dele, que não costuma desperta meu interesse de leitura, porém muita gente que leu gostou muito da história do livro, e tenho certeza que quem gosta de livros de terror vai amar essa dica de leitura.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,

    Recentemente li um livro - que não me lembro agora o nome - que se passa em um ambiente de circo, e está resenha me fez lembrar dele. Ao ler a resenha encontrei algumas semelhanças entre as duas obras.
    Como já disse em comentários anteriores nunca li nenhum livro de Stephen King, porém ultimamente estou ouvindo bastante comentários positivos a respeito dele, então pretendo logo ler alguns de seus livros :)

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que esse livro estar na minha lista de leitura.
    Ouvir e li muitos elogios sobre esse autor, confesso que ainda não li nenhum livro seu.
    Amei sua resenha, espero gostar desse livro.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que quando via a capa desse livro, nem sabia o que esperar dele. Nunca tive interesse em ler resenhas, mas hoje recebi o feed do seu blog e pensei "por que não?"
    Bem, eu só li um livro do King na vida, apesar de ter outros 2 na estante. Esse não parece ser nada parecido com o que eu me "acostumei" a ler e esperar dele, então não sei dizer se eu gostaria da obra.
    Bem, pelo menos agora entendi um pouco a capa, rs.

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  6. Olá, parabéns pelo site! Tem alguma notícia da Pepper Girl, do site forum de livros?H´algum tempo li que você postou informações sobre ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gis!
      Fazem alguns anos que não converso com ela, se não me engano o site dela fechou e perdemos o contato. Bjs!

      Excluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um suspense e a escrita Stephen King é demais, cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  8. Bom ainda não li nem um livro do Stephen King, mas tenho vários livros dele em minha lista de leituras inclusive Joyland, sua resenha só me deixou mais ansiosa para ler esse livro, pois a história me parece ser muito boa.

    ResponderExcluir
  9. realmente eu tenho bloqueio com esse autor, sinceramente não me imagino sequer lendo um livro dele, somos meio água e óleo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Rosem!
    Mesmo curtindo o gênero dos livros que o King escreve - suspense, mistério... - até hoje apenas Joyland despertou realmente meu interesse dentre os livros dele a ponto de eu desejar ler, acredito que seja por causa dessa reflexão sobre o amor, a fé, a amizade que você citou no início da sua resenha.
    Mas também achei um ponto positivo a história ser intercalada com o passado e o presente, gosto de narrativas feitas dessa forma...
    Então, valeu pela dica, se eu tiver uma oportunidade de ler Joyland futuramente não a desperdiçarei.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. A capa desse livro é linda! Acredita que nunca li nada do King? Isso é inaceitável porque adoro o gênero que ele escreve. Esse livro parece ser bom e gostei de saber que o autor inovou. Quero muitoooo ler!
    Beijocas mil,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Ainda não li nada do King, mas vejo as pessoas falarem tanto dos seus livros que fiquei muito curiosa para conhecer sua escrita e gostei da historia de Joyland parece ser um livro mais ligado ao psicológico me deixando interessada e gostei dos temas que ele explora !!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Nossa ainda não li nada do King e me sinto um pouco isolada a respeito, kkkk
    Todas as resenhas que leio dele, são ótimas...
    Vou ver se corrijo isso esse ano, rsrsrs.
    Gostei muito da resenha e me pareceu um pouco mais suave esse livro.
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  14. O King é tão bom que Joyland se encontra entre os que menos gostei dele até agora, e olha que o livro é ótimo !

    ResponderExcluir
  15. Rosem!
    Bom ver que um escritor como King, pode diversificar seu gênero literário e trazer um livro com humor, mesmo que seja um humor sarcástico.
    Estou com esse livro aqui para leitura e espero fazê-la em breve.
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada do King, pretendo começar esse ano, e Joyland, apesar de fugir da linha geral do autor, é um dos que mais me interessam, por trazer relações entre pessoas além de puramente terror. E o clima de parque de diversões é super interessante! Quero muito ler

    ResponderExcluir
  17. Esse livro do autor ainda nao tive oportunidade de ler nada do autor, mas já esta na minha lista desde que foi lançado. A capa é a melhorzinha eu acho.

    ResponderExcluir
  18. Um bom autor é o que consegue conquistar o leitor em qualquer gênero, King é um mestre da escrita, sem dificuldade nos envolve e não consigamos largar a estória até chegar ao fim.
    Acompanhar a maturidade que o personagem vai tendo ao contar sua histórias e suas aventuras é cativante, será uma das minhas próximas leituras, espero gostar tanto quando você!

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Ainda não li nada desse autor. E tenho vontade de conhecer a escrita dele, pois já li várias resenhas falando super bem.
    Esse livro parece ser bem interessante, pois acredito que falando sobre a maturidade sempre rende bons assuntos, pois é uma fase em nossa vida repleta de anseios, curiosidades, medos, aventuras e descobertas.
    Ótima resenha!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  20. oi
    sou fascinada pelos livros do king,a escrita dele é maravilhosa,a gente é fisgado para dentro da trama de imediato..ainda não li esse mas pretendo ler esse ano.

    ResponderExcluir
  21. Foi o primeiro livro que eu li do autor. Na verdade, primeiro e único até hoje :P Gostei muito, a narrativa dele me agradou bastante, assim como a história que desenvolveu. Abraços, amei sua resenha:D

    ResponderExcluir
  22. Stephen King para mim é um dos melhores escritores de todos os tempos. ele diversifica seu genero e por isso que acho atraente. leituras de todos os tipos e este ainda não li . mas pretende sim.
    minha cunhada tem ele e vou pegar emprestado. com o tempo comento o que achei

    ResponderExcluir
  23. Ah que ótimo. Sabe que eu não tinha ouvido falar desse livro ainda ? Seerio! Mas eu gostei da narrativa dele, tenho livros parecidos, e claro, com o decorrer da história eles vai ficando bem legais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Mais um livro do Stephen King que preciso ler. Pelo visto não é como os outros que ele normalmente escreve, mas tenho certeza que é ótimo.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  25. Eu sempre tive vontade de ler os livros do Stephen King, mesmo a capa sendo um pouco bizarra, a sinopse e a resenha me chamou muito a atenção já coloquei na minha lista de leitura bjs.

    ResponderExcluir
  26. nunca li esse livro mas espero pela sorte de ganha-lo pra ler pois parece ser muito bom
    andrea barbosa
    https://www.facebook.com/monique.eloisa

    ResponderExcluir
  27. Amooo King e acho essa capa maravilhosa! Já li 3 livros do autor e todos superaram minhas expectativas. Estou muito ansiosa para ler Joyland. Tenho certeza que esse livro não vai me decepcionar! Adoro esse costume dele de fazer referências, torna a escrita bem mais interessante. Bjo

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!