[Resenha] Espada de Vidro

Espada de Vidro  - Victoria Aveyard

Espada de Vidro - Victoria Aveyard
Série A Rainha Vermelha - Livro 02
Sinopse - Editora Seguinte - 2016 - 496 páginas


“A Rainha Vermelha” foi um livro que mexeu com as emoções de muita gente, ninguém pode negar que o final foi surpreendente e destruidor e que o enredo teve uma evolução conforme virávamos as páginas, assim como nossa protagonista Mare. Agora, na sequência igualmente destruidora “Espada de Vidro”, voltamos ao mesmo universo de antes, mas com objetivos completamente diferentes.

Mare Barrow teve sua vida virada e revirada muitas vezes, agora ela possui uma lista cheia de nomes e uma desconfiança irritante, essa lista é a sua melhor pista para encontrar Sanguenovos, os únicos que podem ajudá-la com seu objetivo: matar uma pessoa que a traiu e enganou no livro anterior. Os Sanguenovos são especiais, apesar se serem vermelhos, possuem poderes de prateados e algumas vezes são até mais fortes, mas o governo faz questão de mantê-los escondidos, pois precisa passar uma imagem de poder.

A protagonista me conquistou completamente em “A Rainha Vermelha”, já em “Espada de Vidro”, todas as impressões boas que tive sobre ela foram por água abaixo. Não podemos negar que Mare é determinada, mas ela é tão focada em seus objetivos que é capaz de sacrificar outras coisas importantes pelo que deseja, tornando-se bastante egoísta, além de ter adquirido a mania de colocar a culpa em outras pessoas quando as coisas não dão certo para ela, a verdadeira culpada.

“A Mare de Palafitas morreu no dia em que caiu do escudo elétrico. Mareena, a princesa prateada desaparecida, morreu no Ossário. E não sei quem é essa pessoa que abriu os olhos no subtrem. Só sei o que ela foi e o que perdeu, e o peso disso é quase esmagador.”

Shade, que antes era meu segundo personagem preferido com apenas uma fala, ganhou mais espaço na série e também no meu coração, chegando ao topo do pódio. Cal, o personagem em quem escolhi confiar, o cara que eu achei que consertaria as coisas, ainda não me decepcionou, ele pode ser um pouco esquentadinho (com o perdão do trocadilho haha, Cal tem o poder do fogo), mas é uma boa pessoa, aguenta a Mare, as pessoas falando mentiras sobre ele, tratando-o mal e ainda ajuda a Guarda Escarlate (os rebeldes que estão com Mare) treinando suas crianças, já que mais ninguém tem paciência para isso.

Acho que odeio e amo todos os personagens desse livro, nenhum deles foi a pessoa mais correta do mundo e nem todos foram uns completos babacas, muitas coisas erradas foram feitas, a maioria deu errado durante a execução de uma boa ideia, mas outras eram ruins desde o começo mesmo.

Novamente, as reviravoltas são muito bem escritas, de tirar o fôlego! Foi interessante ver os poderes de cada sanguenovo que passou no caminho de Mare (que ainda narra a história), ela também está aperfeiçoando seu poder de controlar a eletricidade, mesmo que lentamente.

“A garota que eu vejo é, ao mesmo tempo, familiar e estranha (…) e ninguém ao mesmo tempo. Não tem dezessete anos, não tem idade nenhuma. (…) Um símbolo da Guarda Escarlate, um rosto num cartaz de procurados, a perdição de um príncipe, uma ladra... uma assassina. Uma boneca que assume qualquer forma, menos a própria.”

E, após eu ter sentido raiva e amor durante o livro todo, depois de tanta vontade de bater na Mare, de tantas idiotices e besteiras, de todo mundo ter revelado seus defeitos... O final é destruidor. Vinte páginas antes do fim eu entrei em choque e as coisas só foram piorando (se preparem huehue), até que no meio de uma cena super tensa o livro acabou... Agora só ano que vem pessoal, quem sabe até lá eu não me recupero desse “final”!

Série A Rainha Vermelha


0.1, 0.2 - Coroa Cruel (2015)
3 - previsto p/2017
4 - previsto p/2018


Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários! Beijos de vidro…

9 comentários

  1. Logo no inicio que vi umas resenhas sobre o primeiro livro eu não gostei. Uma vez o vi num sorteio e foi procurar mais sobre ele, ai comecei a gostar.Ler uma resenha assim fica um pouco confuso, acredito que tenhamos que ler o livro para entender como é formado e tudo mais. Eu gostei fos personagens que você citou, mas a personagem causa um pouco de repulsa pela sua personalidade.
    Por ser enorme acredito que o livro seja muito bom. Eu ainda gostaria de lê-lo.
    Bom dia !

    ResponderExcluir
  2. oi Elis, eu quero muito começar a ler os livros que compõem a serie, cada resenha e comentário que leio muito me impressionam e denotam que a trama tem alto nível de excelência!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ai meu Deus!!!! Já estou mega curiosa para ler o livro só para saber o final, perigoso eu pegar e começar pelo fim, de tanta ansiedade, kkkk
    Quero muito ler essa série...preciso urgente ler o primeiro!
    Adorei a resenha, só fez eu ter mais vontade de ler!!!!!
    Lindo FDS!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo A Rainha Vermelha agora e estou gostando bastante!!
    Achei que Coroa Cruel fosse depois do primeiro livro, vou correr agora pra conferir.

    Que pena que a Mare te decepcionou neste livro :( Bom, vou continuar firme e forte... Depois te conto se me decepcionou também.

    Bjksssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  5. Estou doida pra ler esse livro, amei A Rainha Vermelha e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa continuação.

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto outras resenhas desse livro,mas nada comparada com essa,já queria ler,depois que li essa resenha minha vontade aumentou,mas ler por metade não é minha cara,vou comprar quando forem lançados os outros livros.

    ResponderExcluir
  7. Samantha, tudo bem?

    Identifiquei-me demais com o que você disse sobre os personagens e achei a sacada da autora muito boa. Ora odiamos, ora amamos. Isso nos mantém numa corda bamba infinita. Além do mais, as reviravoltas mexem demais conosco, não é mesmo? A gente vai se preparando psicologicamente para uma coisa e de repente...PUM, acontece outra. Tbm confio demais no Cal. Também me apaixonei pelo Shade... Como não amá-lo? Impossível.

    Adorei sua resenha, obrigada por compartilhar suas ideias conosco.

    Abraço.

    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá Samantha!!!
    É uma pena que mesmo que eu ouça coisas maravilhosas sobre essa distopia, ainda não consigo ficar atraída por ela :(
    O enredo parece muito bom, mas não teve aquele clique em mim. Toda vez que leio tendo achar algo que me encante e apesar de eu gostar de uma protagonista que se revela muito forte e capaz de tudo, não consigo me atrai :(
    Porém, espero que a continuação chegue logo para vocês fãs :)

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Gente estou louca pra ler esse livro,ele esta sendo muito comentado,essa resenha ficou perfeita,agora sim que preciso ler o mais rapido possivel.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!