[Resenha] Meio Rei

Meio Rei - Joe Abercrombie

Meio Rei - Joe Abercrombie
Trilogia Mar Despedaçado - Livro 01
Sinopse - Editora Arqueiro - 2016 - 288 páginas


Se você ainda não conhece a genialidade criativa de Joe Abercrombie, que em 2008 foi finalista como autor revelação do prêmio John W. Campbell com a inigualável trilogia “A Primeira Lei” [que resenhei aqui], “Meio Rei” – livro 1 da trilogia Mar Despedaçado – é uma oportunidade mais amena de iniciação no universo analítico deste mestre na criação de personagens peculiares, que tem todas prerrogativas para vir a ser um ícone da nova geração de fantasia.

Mar despedaçado é uma trilogia voltada ao público jovem, seu protagonista Yarvi é um príncipe que nasceu com a mão deformada em um clã de Reis nórdicos:

“O homem brande a foice e o machado, dissera o pai. O homem move o remo e ata o nó rapidamente. Acima de tudo, o homem segura o escudo. O homem sustenta a linha de combate... Que tipo de homem é incapaz de fazer qualquer uma destas coisas?

- Eu não pedi para ter meia mão... retrucava Yarvi... entre a vergonha e a fúria.

- Eu não pedi para ter meio filho.”

Portanto trata-se de uma jornada do herói combinada com romance de formação de um príncipe herdeiro excluído e traído por seus próprios pares, neste sentido temos “fortes” referências shakespearianas do príncipe dinamarquês Hamlet, pontuadas com o humor negro característico do autor.

Entretanto Yarvi, ao contrario de Hamlet, não deixa que sua deficiência e a tragédia da traição contaminem sua coragem e sanidade. Perspicaz como o Jasão mitológico, ele busca seus Argonautas entre a escória daqueles que já não tem nada a perder – Rulf, Ankran, Sumael, Jaud e Nada – juntos formam um grupo de desvalidos que enfrenta a escravidão e crueldade em meio a tormentas marítimas do mar despedaçado, em geleiras inóspitas, entre guerreiros selvagens, em uma sensacional aventura de sobrevivência sobre-humana rumo a um objetivo em comum: Vingança.

A narrativa em 3ª pessoa sob o ponto de vista de Yarvi é coloquial, fluída, repleta de diálogos afiados, destacando pensamentos e lembranças em fonte diversa [o que nos coloca em contato com a essência do protagonista em uma proximidade que beira a cumplicidade, hahaha!] com reviravoltas de cair o queixo, nós torcemos e nos contorcemos pela vitória desse “pequeno príncipe” em busca de justiça:

“Aqui – retrucou Yarvi. – Eu. O que foi mesmo que você disse? Talvez você precise de duas mãos para lutar contra alguém, mas só de uma para dar uma facada nas costas.” 

Uma conclusão emocionante e estonteante nos coloca em transe à espera de “Meio Mundo” (ou seria surto?). São tantas emoções...

Abercrombie é sempre visceral.
Perfeito!

Obs: Meio Rei foi ganhador do prêmio Locus, considerado uma das 5 melhores obras de fantasia pelo The Washington Post e um dos 10 melhores livros para jovens pela Time em 2014.

Trilogia Mar Despedaçado


2. Meio Mundo*
3. Meia Guerra*
*em breve


Essa leitura foi uma cortesia da Editora Arqueiro.
Aguardamos seus comentários! By.:.

9 comentários

  1. Olá.
    Tenho encontrado bons comentários a respeito dessa obra. E lendo sua resenha, percebe-se que é uma leitura bem inteligente e com muita ação e aventura. E o protagonista é forte e cativante. Gosto desse estilo de leitura e vou querer ler essa trilogia, com certeza! Resenha perfeita! Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Elis!
    Confesso que não conhecia o autor e a trilogia, entretanto, já gostei do nome do protagonista, bem diferente, como me parece que são todos os personagens.
    Gostaria de acompanhar a força dele e seu poder de vingança.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Nossa eu não conhecia esse autor...
    E parece bem interessante os livros dele não?
    E cheio de aventuras...
    Vou procurar para ler, quem sabe me cativa...
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Se é em terceira pessoa já me interessei! Sinto que é muito mais explorado todo o enredo quando o narrador não é personagem. Você descreveu o livro com tanta certeza que me senti empurrada a ler esse livro, mas positivamente. Acho que nunca li nada nesse estilo (acho), e seria ótimo começar por algum lugar. Não conhecia o autor, mas parece que a escrita dele é realmente boa. Gosto de leituras espertas como essa.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O livro já está na minha listinha de leituras.
    Parece ser uma história interessante e que te prende do início ao fim.
    Não conheço nada do autor, mas me parece que ele tem uma escrita muito boa.
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada.
    Espero conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. em geral enredos assim não me atraem, mas a luta de Yarvi para se provar como um rei capaz, digno e que enfrenta não só a limitação, mas o descaso muito me atraiu e que bom que o autor trabalha a deficiência não como uma limitação, mas como uma forma de impulso!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o autor e a trilogia que ele já havia escrito, mas fiquei muito interessada em ler Meio Rei. Gosto bastante de séries e trilogias, principalmente se forem de fantasia, com toda a criação de um novo mundo, etc. Já havia visto outras resenhas do livro e ele já está na minha lista de desejados, mas sua resenha me relembrou o quanto quero ler esse livro.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o autor mas pela resenha percebo que tem um grande talento para a escrita e sabe criar um bom universo com ótimos personagens. Meio Rei é um livro que estava querendo ler pela sinopse, que mostrava um príncipe sem uma mão, e a coragem do príncipe me cativa, quero ler

    ResponderExcluir
  9. Não gosto deste lipo de livro, para quem curti parece uma boa pedida.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!