[Resenha] Criaturas Estranhas

Criaturas Estranhas - Histórias selecionadas por Neil Gaiman

Criaturas Estranhas - Histórias selecionadas por Neil Gaiman
Sinopse - Fantástica Rocco - 2016 - 400 páginas


Neil Gaiman tornou-se marca registrada nos “territórios fantásticos” e mesmo quando trata-se de suas antologias, como no caso de “Criaturas Estranhas”, fica evidente o “parentesco extraordinário” que enlaça os autores selecionados, alguns dos quais Gaiman declina como referências para sua própria obra, como Thurber e  Delany no encantador “Prismática” e Boucher em “Lobisomen Cabal”.

Desde a introdução, Gaiman já nos propõe o clima: “Quando eu era criança, o melhor lugar do mundo ficava...”

Então como definir um livro que abarca o inconsciente infantil, seria ele indicado para crianças no estilo “Mãe, me conta uma história antes de dormir?” ou para adultos que há pouco se voltaram aos livros de colorir, em busca da essencialidade das pequenas coisas? Creio que para ambos. Aos primeiros ele fará sonhar, mas ao adulto ele lançará de um “resonhar” a um “revival” de sensações há muito perdidas, ou seja, ao reencontro da criança interior.

São 16 contos, todos inusitados, surpreendentes, mágicos; Gaiman selecionou a dedo histórias que conduzem a situações bizarras, surreais, míticas, e tanto mais terríveis quanto mais nos identificamos com o estranhamento que causam com nossa realidade tecnológica e em breve, quântica.

Filosofias e paralelismos à parte, esse é um livro para “se soltar”, mergulhar na criança interior ou ler para as crianças, é emocionante o conjunto de criaturas raras que saltam das páginas, junte-se a isso as impressionantes ilustrações de Briony Morrow Cribbs, que podem ser ampliadas e coloridas para impactar os pequenos. Sensacional!

Contos como “O mal também se levanta”, “O grifo e o cônego menor”, “Ozioma”, “A maligna”, “Ou todos os mares com ostras”, “A Mantícora, a sereia e eu” e “O sorriso no rosto” são perturbadores e desafiam os padrões preconcebidos da realidade. Hummm!

Portanto estranhamentos, surpresa e sustos garantidos! Ressalto que dois contos de lobisomens (ehhhh!) farão a alegria dos amantes do gênero, mas o perfeito “O Pássaro do sol” fará o prazer dos fãs de Gaiman, e apesar de Nalo Hopkinson [O sorriso no rosto] e Megan Kurashige [A Mantícora, a sereia e eu] terem ganho meu coração a ponto de já partir a procura de outros escritos delas, o Oscar vai para Gahan Wilson:

“A PRIMEIRA VEZ QUE REGINALD ARCHER VIU A COISA, ela era, em sua simplicidade, algo absoluto.” [muito bizarro!]

Enfim, a belíssima capa e o excelente conteúdo faz de “Criaturas Estranhas” um presente “cult” e inesquecível.



Essa leitura foi uma cortesia da Editora Rocco.
Aguardamos seus comentários! By.:.

8 comentários

  1. o livro tem uma capa bonita e cheia de mistérios assim como o enredo em si, apesar da positividade da resenha não é um livro que me atraia tanto. sinto que não é muito a minha praia
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Não sou fã do Gaiman, mas esse livro está tão lindo!!! Essa capa é de apaixonar! Apesar de eu não ser fã do gênero, dá vontade de arriscar na leitura só por causa da capa e das imagens internas...

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro porem ainda não li, curto muito fantasia, contos e Neil Gaiman, agora depois de ler essa resenha acho que é bem provável que ele passe na frente de alguns livros da minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Nossa, faz tanto tempo que não leio Contos...e esse livro deu uma vontade de ler!
    Achei bem interessante a proposta e tudo a ver com o dia de amanhã, kkkkk

    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosem.

    A sua resenha é a primeira que eu leio sobre este livro de contos e gostei bastante. Este ano eu estou lendo vários contos e pretendo continuar ano que vem, então vou adicionar na minha lista de desejados.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Rosem!
    Organizado pelo Gailman já dá aval.
    Me questiono apenas se realmente deve ser lido para criança, talvez as um pouco mais velhas, porque as pequenas podem sentir medo (ou não?).
    Sei que como criança mais velha...kkkk... gostaria de ler.
    "O conhecimento chega, mas a sabedoria demora."(Alfred Tennyson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Ainda não tive nenhum contato com a escrita de Neil, mas já ouvi excelentes críticas acerca de suas obras.
    Criaturas estranhas me deixou bem intrigada principalmente por conter 16 contos bem inusitados e criativos escolhidos a dedo por ele.
    A capa é muito bonita e estou ansiosa para mergulhar em minha criança interior (embora não seja tão velha assim :P rsrs).

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu tinha ficado em dúvida se solicitava, e agora me arrependi depois de conferir sua resenha. Deve ser uma leitura muiiito boa, e não sei porque fiquei nessa dúvida com Gaiman como selecionador dos contos. hahaha
    Que bom saber que tem uns que dão medinho, adoro!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!