[Resenha] Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne
Sinopse - Editora Rocco - 2016 - 352 páginas


“Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” é um roteiro de teatro realizado por John Tiffany & Jack Thorne, baseado no mundo mágico de J.K.Rowling. Este roteiro conta o que aconteceu depois do prólogo de Relíquias da Morte com Harry Potter e seus filhos, mais precisamente, Alvo Severo, o filho do meio.

A história começa justamente no final do último livro da série, com Alvo dizendo a Harry que está apreensivo sobre ir para a Sonserina (casa que ele considera lar de bruxos das trevas), seu pai o tranquiliza e Alvo embarca no Expresso de Hogwarts. No trem, ele conhece Escórpio Malfoy (filho de Draco Malfoy) que está cheio de doces, porém solitário, Alvo decide fazer companhia ao garoto e obviamente, os dois se tornam grandes amigos.

Alvo e Escórpio vão para a Sonserina, o que faz com que qualquer fama que Alvo tenha por ser um Potter, vá por água abaixo. Harry e Alvo não tem uma relação muito boa de pai e filho, Alvo sente que não faz parte da família Potter e que nunca vai conseguir ser o que eu pai espera que ele seja. A ação ocorre nas férias de verão, antes do quarto ano de Alvo em Hogwarts começar, quando o garoto ouve uma conversa entre seu pai e Amos Diggory, onde Amos pede a Harry para usar um vira-tempo que o Ministério da Magia encontrou, pra voltar no tempo e salvar Cedrico (seu filho que morreu durante o Torneio Tribruxo, no quarto ano de Harry). Harry se recusa e Alvo decide fazer isso com a ajuda de Escórpio.

“E o tempo para. Depois ele se vira, pensa um pouco, e começa a rolar para trás, no início lentamente. Depois acelera.”

Muitas pessoas disseram que esta história se parece com uma fanfic, pelo fato de não ter sido escrita pela própria autora da série Harry Potter e retratar um momento futuro, realmente tive essa impressão. Achei ruim terem voltado atrás em algumas coisas que ficaram claras em Harry Potter (como o fato de todos os vira-tempo estarem destruídos), também achei meio entranho uma certa revelação perto do final, mas relevei e continuei a ler.

“Dumbledore: E você pergunta justamente a mim como proteger um menino que corre um perigo terrível? Não podemos proteger os jovens de mal algum. A dor deve vir e virá.”

Meu personagem preferido foi o Escórpio e gostei muito do Draco nesta história. Os novos personagens foram muito bem apresentados para o leitor (fofoooos) e pudemos acompanhar toda a mudança que os velhos personagens sofreram desde o fim da série.

Algumas linhas do tempo paralelas foram criadas e personagens que nos deixaram durante a saga deram as caras novamente (não exatamente quem eu queria, mas alguns adorei rever), algumas coisas que estão diferente nessas linhas do tempo não me convenceram do motivo pelo qual elas estavam daquele jeito, mas gostei mesmo assim.

“Dumbledore: Você andou sem reclamar pelo caminho que foi estendido a seus pés. É claro que eu o amava... e sabia que aconteceria tudo de novo... que sempre que eu amasse, causaria danos irreparáveis... Não sou uma pessoa talhada para o amor... Nunca amei sem causar prejuízos.”

Este livro é viciante, com uma polidinha e mais toques mágicos da tia Jô, arrisco dizer que ele seria perfeito. Para mim, a leitura foi extremamente tocante, me rendeu muitas risadas, algumas lágrimas e me identifiquei profundamente com dois personagens (isso é raro acontecer gente), ler essa “oitava história” foi entrar num mundo nostálgico e ser cercada por algumas atitudes idiotas e outras brilhantes. Relembrei um pouco a série que marcou minha vida, aprendi um pouquinho e renovei as esperanças pelo que poderá vir.

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Rocco.
Aguardamos seus comentários! Beijos mágicos...

16 comentários

  1. eu não leria, pois nunca li nada de HP e me sentiria bem perdida, mas o que me chama a atenção é que Rowling encontrou uma fórmula de sucesso, passe o tempo que passar HP sempre chama a atenção dos fãs
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila!!
      Comecei a ler HP em 2001, na época os livros tinham sido lançados até o volume 4, li tudo de uma vez, foi paixão total e uma espera angustiante pelos demais volumes até o final. Quando os filmes começaram a ser lançados, assisti a todos no cinema, a Samantha só não viu o 1º porque era bebê, mas a partir do segundo fomos todos juntos. É uma paixão da família toda rsrsrs... Beijos!

      Excluir
  2. Oiee Elis ^^
    Eu só cheguei a ler o primeiro livro de HP, mas acabei não curtindo muito. Eu vi os filmes (sei que não é a mesma coisa, mas gostei), então fiquei curiosa em relação a esse oitavo livro, principalmente por retratar sobre o Alvo. No final do sétimo filme, eu bem que imaginei que ele fosse se sentir pressionado a ser tão incrível quanto seu pai.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

  3. Eu fui o que pode se considerar uma fã da saga. Li alguns dos livros (os dois primeiros e os dois últimos), vi os filmes - alguns na estreia -, colecionei os álbuns e tudo o que tinha direito. Mas hoje só resta uma lembrança boa desses tempos.

    Quando a Rowling lançou 'Morte súbita', eu li e achei o máximo poder conhecer outras facetas da autora. Ela é ótima, é demais, é escritora sensacional.

    No entanto, hoje eu vejo que meu interesse é maior pelo universo de magia da saga do que por saber em que fim que vai dar a linhagem dos Potter. Fui correndo ver Animais Fantásticos, mas quando me perguntaram se eu aceitaria de Natal o "oitavo livro" da série, eu me peguei recusando. Agora, nesse momento, prefiro outros livros.

    Vou lembrar sempre com carinho dessa série. Marcou minha adolescência e minha vida, mas hoje está um pouco perdida e desajustada. Vi algumas críticas ao livro da Criança Almaldiçoada e pensei ser melhor preservar as lembranças boas que ainda guarda de Harry Potter.

    Por agora vou deixar esse lançamento passar, mas, quem sabe um dia, eu reconsidere. Li a resenha e vi umas coisinhas que me instigaram. Acho que vou anotar essa dica pra um futuro incerto.

    Aproveito para dar os parabéns pelo post e pelo blog. Sucesso e boas leituras!

    Andressa Lima do Blog da Also

    ResponderExcluir
  4. Só li o primeiro livro da série até hoje, mas esse ano pretendo ler mais alguns. Também li opiniões de que o livro parece uma fanfic, mas não uma das boas, já a sua opinião é um pouco diferente, ai eu fiquei um pouco mais animada, quando eu finalmente consegui ler esse livro vou ter que tirar minhas própria conclusões.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos!!!

    http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Confesso que só li um trecho do primeiro livro de HP e que depois disso não me aventurei mais pelo mundo do bruxinho e suas aventuras.
    Dessa forma, esse volume não conseguiu despertar minha curiosidade até porque se trata de um roteiro de teatro.
    Mas adorei saber suas impressões e tenho certeza que quem acompanhou toda a saga ficou muito feliz com mais essa obra para matar a saudade dos personagens.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sam!
    Apesar de ser um roteiro de teatro, e, alguns leitores não terem gostado, achei toda premissa muito interessante, principalmente porque fará os filhos de inimigos no passado, se tornarem amigos e desejarem ser reconhecidos pelo que são, não pelos pais.
    “O silêncio é de ouro e muitas vezes é resposta.” (Sabedoria popular)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Ah, que delícia ler essa resenha e descobrir que você achou o livro viciante e que ele te tocou e te deixou nostálgica, mesmo tendo falhas que você relevou. Li tantas resenhas negativas que estava desanimada, mas já vou providenciar um lugar pra ele na fila em breve... Rs... Que bom que mesmo sendo raro você se identificar com personagens acabou se identificando logo com dois! :)

    Feliz Ano Novo, Samantha e Elis!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não tive coragem de ler a obra... Fiquei com um sentimento tão bom depois do último livro que fico com medo de estragar isso, ainda mais com tanta gente falando disso de parecer uma fanfic, e vi várias resenhas negativas também.
    A sua me deu uma animadinha a mais, porque talvez valha a pena voltar nesse mundo mágico, vamos ver...
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Elis, sua linda, tudo bem?
    Você não foi a única que gostou mais do Escórpio, já vi algumas resenhas justamente destacando esse personagem. Já li também várias resenhas negativas. Mas nenhuma delas abalou meu coração de fã eterna de Harry Potter!!!Por isso torço para me emocionar como você. Estou louca para ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    cantinhoparaleitura.blogspoat.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá! Passei bem rapidinho porque esse livro está na minha lista de leituras para este ano! Mas fico muito feliz em saber que gostou dele, há muitas opiniões divergentes por aí, justamente por se tratar de um roteiro de teatro. Eu sou muito suspeita, porque amo esse universo mágico ... bjs
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu estou L-O-U-C-A para ler esse livro. Todo mundo só fala dele e estou me sentindo bem excluída. Quase comprei na black friday, por que vi uma promoção desse exemplar por R$24,90 e fiquei "QUEEEE?", mas dei uma segurada. A sua resenha ficou ótima e só aumento ainda mais a minha vontade de ler, não quero ler online, estou esperando para comprar ou pegar emprestado.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Os comentários sobre esse volume em específico tem sido bem diversos, desde os mais positivos aos mais negativos, e é complicado mesmo pela questão de ser em formato de peça, e ainda não ser escrito pela autora da saga original. De qualquer forma, em geral, não é uma leitura que me interesse, até porque nem a série literária eu acompanhei, também não me atrai em nada, então não posso opinar à respeito, rs. Mas que bom que a experiência da leitura foi boa para você! ^_^
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
  13. Não deve ter sido nada fácil fazer esse roteiro, porque Harry Potter é uma história icônica, qualquer coisa menor os fãs já reclamariam, então entendo os pequenos defeitos que você viu hahaha.
    Não pretendo ler o livro, pois nunca li HP e não curto muito esse universo, mas posso imaginar a nostalgia que é ler esse livro :)

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu não li nenhum livro do Harry...mas estou louca, pois vi todos os filmes e gostei muito e como uma amente da leitura, o livro sempre é muito melhor!!!!
    E adorei saber um pouco mais desse...vou tentar ler os livros esse ano.
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  15. O que dizer daquela revelação no final, eu achei tão absurda que ri demais e acho que não era pra ser uma comédia né?! O que gostei principalmente foi de rever alguns personagens, mas com certeza Escópio é um dos melhores personagens do livro. Percebi essas diferenças tbm e não gostei, fiquei com a sensação de que perdi algo nos livros de HP que li e reli diversas vezes. Gostei da história tbm e no todo serviu pra matar a saudade, mas não dá pra dizer que é tão bom quanto as histórias escritas pela rainha

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!