[Resenha] A Gigantesca Barba do Mal

A Gigantesca Barba do Mal - Stephen Collins

A Gigantesca Barba do Mal - Stephen Collins
Sinopse - Editora Nemo - 2016 - 240 páginas


“A Gigantesca Barba do Mal” é uma Graphic Novel de Stephen Collins, nela conhecemos o Dave, que vive na pacata ilha de Aqui, onde tudo é perfeito, organizado e comum. Ele tem um emprego que não entende a finalidade, gosta de desenhar a rua onde mora e ouvir “The Bangles – Eternal Flame”, sem parar.

Além das sobrancelhas, Dave tem um único pelo no corpo, um bem resistente, que caso arrancado, sempre volta a crescer exatamente igual no mesmo local (abaixo do nariz). Um dia, muitos pelos começam a crescer no rosto de Dave, muito rápido e assustadoramente e, por isso não estar nos padrões de Aqui, ele é demitido do trabalho e expulso de estabelecimentos por ser considerado “desleixado”. Logo, a barba de Dave sai de controle e coloca a cidade em alerta, os cidadãos acham que a barba é uma coisa de (um lugar mau que fica depois do mar que cerca Aqui).


As ilustrações dessa obra são lindas, mesmo sendo em preto e branco e sem muitos detalhes, acompanham o estilo da história, a linguagem não verbal é um recurso muito importante para a complementação da trama.



O livro é profundo e reflexivo, faz com que os leitores se identifiquem com algum aspecto da história, seja ele qual for, e vejam seu dia a dia retratado numa obra de ficção muito real, que aborda elementos como o julgamento ao que não conhecemos ou entendemos, o medo da mudança, a alienação social, o egoísmo, a hipocrisia e o preconceito com o diferente.


Confesso que o final do livro é inconclusivo e nem tudo é esclarecido, mas eu adoro isso, fica um gostinho maravilhoso de um mistério que nunca será desvendado, assim cada leitor vai tirar sua própria conclusão, baseando-se em sua experiência pessoal ou não.

Sem dúvida, “A Gigantesca Barba do Mal” é um livro tocante que pode ser triste ou esperançoso, dependendo da mente de quem lê. Já é um livro favorito da minha estante e recomendado para todos. Estou cada vez mais apaixonada por Graphic Novels e mal posso esperar para ler mais uma! 

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Nemo.
Aguardamos seus comentários! Beijos de Aqui...

14 comentários

  1. Sam que legal que o livro trabalha questões tão pertinentes, eu mesma fiquei curiosa para conhecer mais a fundo a trama e poder ver as ilustrações que tanto gosto em livros
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Samantha!!
    Fiquei com muita pena do Dave, e quando fiquei lendo aqui ficava imaginando como isso aconteceu com ele o que possa ser que tenha provocado tudo isso sem duvida é muita curiosidade, adorei esses desenhos também são lindos.

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito bom e passa lições ao leitor, sobre o preconceito, pois as pessoas não são iguais, cada uma tem seu diferencial, só que a sociedade acha que todos deveriam ser iguais, quando se é diferente estranham e ficam jugando sem saber o que acontece com a pessoa é triste e lamentável que as coisas sejam assim. Só não gosto quando os finais não são esclarecedores pra mim fica faltando algo rs.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Samantha!!
    Adorei conhecer esse Graphic Novel!! As ilustrações são lindas!! O assunto abordado nessa história é bem mais comum que imaginamos!! Quantas vezes não sentimos medo das mudanças ou desconfiamos de quem é diferente do padrão da sociedade que vivemos?!! Sem dúvida Dave enfrenta tudo isso nesse história.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Curto muito um Graphic Novel, achei a trama bem interessante e legal que trata de questões bem pertinentes hoje em dia, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia esse livro...e nunca li um Graphic Novel, estou me sentindo por fora, kkkk
    Mas achei super interessante a sua resenha, o assunto que aborda e estou super curiosa para ficar por dentro desse novo estilo (pelo menos pra mim, rsrs...)
    E o assunto é bem atual!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  7. Apesar de não ler Graphic Novels, eu gostaria de conhecer esse tipo de história. Fiquei curiosa com A Gigantesca Barba do Mal, mas não sei quando vou poder ler. A história parece ser bem interessante e com certeza vou colocar na lista de desejados.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  8. Olá, Samantha.
    Eu não sou muito de ler Graphic Novel, mas achei essa muito interessante. A começar pela capa e pleo título. E gostei de saber os temas que ela aborda. Recentemente teve um caso aqui na minha cidade que demitiram o rapaz por causa da barba e ele foi na justiça e ganhou o emprego de volta.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Não costumo ler histórias não verbais, por isso seria arriscado ler A Gigantesca Barba do Mal , mas acho que vale a pena arriscar com livro profundos, misteriosos e com ilustrações lindas. Também acho que, dependendo do leitor, vai entender o fato do final ser aberto, deixando todo o resto para nós, leitores, imaginarmos.

    ResponderExcluir
  10. Sam!
    Desde o ano passado inclui as Grafic Novels nas minhas leituras e sempre anoto as indicações como essa.
    Embora não tenha gostado muito das ilustrações, acredito que a leitura vale a pena pelo fato de mostrar um pouco mesmo da nossa realidade, onde somos julgados pela nossa aparência e descartados por algum motivo quando não nos enquadramos nos padrões exigidos.
    “Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.” (Guimarães Rosa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Não curto muito esse tipo de leitura, mas como sua resenha me fez querer dar uma chance a esse tipo de leitura darei uma chance procurarei saber mais sobre.

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Infelizmente não curto muito esse tipo de livro não, principalmente as ilustrações, gosto de imaginar o que estou lendo então ver tudo acaba me frustando o que faz com que eu não goste desse tipo de leitura.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  13. eu adoro HQ e cada vez mais estou me deliciando com histórias e traços diferentes
    realmente o traço parece ser bem simples, mas muito bonito achei bastante interessante a ideia do aqui
    fiquei super curiosa para saber o que foi que aconteceu
    na minha lista

    ResponderExcluir
  14. Editora Nemo vem aumento seu catálogo com hqs excelentes, não conhecia essa, mas fiquei muito interessado na estória, mostra como algo simples em um local que as pessoas não entendem pode ser levado para o lado ruim e causar sérios prejuízos, apesar do final ser inconclusivo não vejo isso como algo negativo, serve para tornar a obra ainda mais marcante na memória do leitor, com cada um tendo um tipo de conclusão, por isso a leitura é tão rica, mais que já vou adicionar no Skoob para comprar.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!