[Resenha] Juntando os Pedaços

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Sinopse - Editora Seguinte - 2016 - 392 páginas


“Juntando os Pedaços” é um romance adolescente com uma pegada de sick-lit, cujos personagens principais são Libby e Jack. Libby perdeu a mãe há alguns anos e desde então tem passado por muitos problemas, um deles foi comer compulsivamente até não conseguir sair de sua própria casa, chegando a ser considerada a garota mais gorda dos Estados Unidos, mas ela se recuperou e agora está pronta para encarar a escola novamente.

“Eu mudei quando tinha 10 anos. Sofri bullying, fiquei com medo. Muito medo, de tudo, mas principalmente da morte. Da morte repentina (...). E também morro de medo da vida.” 

Jack tem uma doença chamada prosopagnosia, que o impede de reconhecer o rosto das pessoas, tornando seus pais e seus irmãos estranhos aos olhos dele. Para conviver com isso e ao mesmo tempo impedir que alguém saiba de seu problema, Jack precisa decorar as características pessoais de todos, como pintas, cabelos, modo de andar, entre outras coisas e tentar reconhecer as pessoas quando elas param para falar com ele. Jack é popular na escola, o que torna tudo ainda mais difícil.

Jack e Libby se conhecem durante uma brincadeira extremamente maldosa inventada por um dos amigos de Jack, o objetivo é atingir Libby e outra garota da escola. Jack aceita participar para protegê-las, acreditando que é melhor ele próprio fazer aquilo do que deixar nas mãos de seus amigos e tornar tudo pior. Felizmente, essa relação que começa com algo ruim, pode se tornar algo muito bom a partir do momento em que Jack se abre com Libby e fala sobre sua doença.

“Às vezes as pessoas simplesmente fazem merda. Às vezes porque estão com medo. Às vezes elas escolhem fazer merda com os outros antes que possam fazer merda com elas. É uma forma de autodefesa de merda.”

Gostei muito de “Juntado os Pedaços”, sua narrativa fluída, tocante e bonita, os personagens bem construídos com personalidades fortes, os cenários e situações que complementam a trama, tudo é muito bom.

Me apaixonei rapidamente pelos personagens, com os capítulos alternados entre Jack e Libby, podemos conhecer cada característica e pensamento deles, vemos o mundo pelos olhos de Jack e sentimos as mesmas coisas que Libby, li o livro em menos de 24 horas pois não conseguia ficar longe desses dois.

Apesar das dificuldades enfrentadas pelos adolescentes, a história passa muitas mensagens positivas ao leitor, o que é muito importante. De alguma forma, este é um livro que fala sobre superação e sobre o poder do amor.

O livro superou “Por Lugares Incríveis” no meu coração, outra obra maravilhosa da autora. Considero Jennifer Niven uma das melhores escritoras de livros sobre e para jovens! Recomendo ♥

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

12 comentários

  1. eu estou bem ansiosa para ler esse livro, a autora parece ter delicadeza para tratar de temas delicados e sempre com a positividade que essa fase necessita... o título também me agradou bastante, é bem sugestivo com a proposta

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Estou a um bom tempo querendo ler o livro mais o dim dim ta difícil, eu desde a primeira resenha que li eu já me apaixonei uma linda historia e eu não poderia deixar de conferir, a historia tem muito a nos oferecer e chama muita atenção do leitor.

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei sabendo da existência dessa doença lendo a primeira resenha desse livro, estou super curiosa em conferi essa história, parece ser bem emocionante, curto muito um livro que fala sobre superação e sobre o poder do amor.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Ohhhh...estou aqui suspirando...pois achei tão fofa a história!
    O título já tinha me chamado à atenção...
    E o assunto bem atual né?
    As pessoas sempre querendo se sair bem, prejudicanto outro...e que bom que algo tão feio, acabou unindo os dois...muito interessada em saber como termina a história desses dois...
    E que doença maldosa...nossa...
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Que coisa mais linda, essa história.
    Eu amei a interação entre os personagens, uma situação ruim colocou o jovem casal cara a cara o que eu adorei, espero que a Libby e Jack consigam superar suas dificuldades e problemas, eu adorei de paixão essa premissa.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  6. Li várias resenhas positivas sobre esse livro. Amo livros adolescentes fofinho. Querendo muito ler ele.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Samantha!!
    Já li esse livro. É adorei. Foi uma leitura bem fluita e também gostosa de fazer. Gostei muito da Libby e do Jack, e nunca tinha ouvido falar dessa doença prosopagnosia!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Olá, Samantha.
    Eu li Por Lugares Incríveis e amei a escrita da autora, por isso quero muito ler esse também. Eu nunca tinha ouvido falar dessa doença dele, mas deve ser muito ruim. Assim que der vou ler e espero me apaixonar por ele também.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Sam!
    Quero muito poder ler esse livro, está entre os desejados.
    Não conhecia a doença do protagonista e até já soube que Brad Pitt tem essa mesma doença, sera?
    Fato é que fiquei interessada em saber como eles superam suas dificuldades e acabam se encontrando um no outro.
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  10. eu nunca li nada da Niven, apesar dos elogios que eu já vi. um dos motivos é pq eu andava meio decepcionada com os livros para jovens que eu tinha lido
    mas achei interessante que esse trata de uma doença rara e juntando isso com o bullying deve trazer superações e amizade e por causa disso estou pensando em dar uma chance para ele

    ResponderExcluir
  11. Esse livro veio em um momento que os lançamentos do gênero sofreram uma forte queda, por isso tenho a impressão de que ele está no "período" errado.
    A autora fez um excelente trabalho em Lugares Incríveis, repete isso com o novo livro, personagens não tão comuns, trazendo uma doença que é citada em poucos livros como a do Jack e mostrando que as diferenças podem ser usadas para completar outra pessoa e assim ambos acabarão se sentindo completos quando juntos, debate o preconceito e prende a atenção do leitor, vou esperar um tempo para fazer essa leitura, mas desde já tenho altas expectativas.

    ResponderExcluir
  12. Pelo que percebo essa autora é muito indicada aos adolescentes/jovens, por sempre passar mensagens positivas e mostrar a superação, por meio de personagens passando por graves problemas. O mesmo que ela fez com o aclamado Por lugares incríveis. Quero ler Juntando os pedaços, principalmente por se tratar da gordofobia e ter dois pontos de vista.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!