[Resenha] Anna e o Planeta

Anna e o Planeta - Jostein Gaarder

Anna e o Planeta - Jostein Gaarder
Sinopse - Editora Seguinte - 2017 - 168 páginas


“Anna e o Planeta” é uma fábula moderna norueguesa que conta a história de Anna, uma garota que um dia antes de completar 16 anos, ganhou de presente um anel de rubi, que segundo uma lenda da família, é o mesmo da história do Aladim. O anel faz Anna sonhar com o futuro, mais precisamente, com o ano de 2082.

Nesses sonhos, ela está na pele de Nova, sua bisneta, que sente a tristeza de viver num mundo castigado pela poluição atmosférica, quase sem animais e com as temperaturas muito altas. Nova culpa as gerações anteriores por isso, inclusive sua bisavó Olla (que é a Anna). A bisavó então, diz para a menina fazer um pedido ao anel de rubi, e Nova pede que o mundo tenha uma segunda chance para melhorar, e... (pelo anel de Aladim ou por pura loucura de Anna), o pedido chega até 2012, nos sonhos de Anna.

Alternando os capítulos entre Nova e Anna, o leitor acompanha tanto o futuro crítico que o planeta Terra vive em 2082, quanto a trajetória de Anna, uma garota muito questionadora e determinada a fazer sua parte (junto com Jonas, seu namorado) para salvar 1001 espécies da extinção.

“(...) não temos o direito de deixar um planeta que tenha menos serventia do que aquele que herdamos. Com menos peixes nos oceanos. Menos água potável. Menos comida. Menos florestas tropicais. Menos natureza. (...) Menos espécies de animais e vegetais. (...) Menos esplendor e alegria.”

A narrativa de “Anna e o Planeta” começa com um ar mais didático, que logo é substituído por um toque de fantasia que faz a trama acontecer. O livro não é difícil de entender, foi escrito com o intuito de informar os leitores acerca da poluição ambiental, e por gostar muito do assunto, me identifiquei com as preocupações de Anna e não me incomodei com as explicações presentes na história.

O livro sensibiliza as pessoas sobre o aquecimento global e suas inúmeras consequências para nosso planeta, é uma leitura que nos faz pensar e querer tomar uma atitude junto com Anna, fiquei extremamente inspirada com essa leitura.

“Pense nas revistas semanais sobre esportes, restaurantes, vinhos, carros (...). Todo dia uma celebridade se casou ou separou, ficou doente, deu entrada em uma clínica de reabilitação. É disso que os seres humanos estão falando (...). Nós nos distanciamos da natureza em que vivemos e da qual somos inteiramente dependentes. (...) as pessoas conseguem recitar mais nomes de jogadores de futebol e atores de cinema que espécies de pássaros.”

Amei a Anna e torci muito por ela e por um futuro melhor para Nova. Jonas também é um personagem apaixonante, que apoia Anna o tempo todo (e acredita nela mesmo quando a garota diz algo bem maluco) e dá ideias sensacionais para a preservação de espécies animais. Gostei mais da narrativa do presente do que a do futuro, mas foi chocante ver as mudanças ocorridas.

Essa foi uma leitura rápida, leve e diferente, que eu curti muito. Adorei a capa rosa com duas paisagens que retratam bem a realidade de Anna e Nova. Quando terminei a leitura, não pude deixar de pensar que se mais pessoas agissem como Anna, o mundo certamente seria um lugar melhor.

“Coitados dos nossos descendentes, ela pensou, que não apenas teriam que suportar a vida num planeta enfraquecido pelo egoísmo e pela negligência das gerações anteriores, mas também teriam que viver cheios de cuidados.”

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários! Beijos ambientais... 

12 comentários

  1. Linda historia, todos deveriam ler e aprender um pouco a respeitar tudo que está nos fazendo um enorme bem por enquanto, adorei ter conhecido a obra e com certeza quero adquirir.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas pela sua resenha, é um livro que todos deveriam ler...
    E acredito que a solução para o nosso Planeta, são os pequenos, pois, eu vejo no meu Filho de 5 anos, a preocupação com o lixo que produzimos, a admiração dele pela Natureza!
    Se desde pequeno eles forem incentivados e ensinados a Amar o Nosso Mundo...as pessoas...com certeza teremos um futuro para as próximas gerações.
    E a capa realmente é fofa...as tonalidades e a forma que foi feita, é muito linda!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Que premissa incrível.
    é a primeira vez que vejo falar dessa fabula e já estou encantada, a história me parece ser bem cativante e achei incrível que o Jonas apoia ela em tudo, até mesmo nas ideias mais absurdas, enfim esse vai para minha lista com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Elis!
    Só pelo nome do autor, então responsável por O Mundo de Sofia, pensei que Anna e o Planeta seguia a mesma linha meio filosófica e mais puramente reflexiva, mas bom saber que, mesmo por entre as reflexões e conscientizações sobre o aquecimento global e animais em extinção, a leitura também tem um quê interessante de fantasia e os personagens parecem ser bem desenvolvidos e cativantes; inclusive, gostei do namorado da personagem ajudá-la em sua empreitada e não ser apenas um mero rostinho bonito no enredo. Se não por agora, mas irei lembrar da sua dica quando minha pilha de leitura vagar um pouco mais. Amei a resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  5. Interessante, bom ler livro que fala da atual situação do planeta. Legal para podermos ver e ter incentivos de formas que podemos a ajudar a melhorar a situação atual.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Elis!
    Gostei muito da resenha do livro não conhecia essa história nas sem dúvida é um livro bem bacana. Adorei a ideia do autor colocar na história o anel pertencente ao Alandin!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  7. Sam!
    Já li um outro livro da autora e gostei muito porque também nos faz refletir sobre o futuro.
    É preciso que mais livros sobre o tema sejam editados, quem sabe assim, mais pessoas comecem a ter consciência sobre a preservação.
    Desejo uma semana abençoada!
    “A simplicidade é o último degrau da sabedoria.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Sam, eu ainda não conhecia esse livro mas fiquei curiosa, principalmente pelo universo um tanto distópico que o livro traz, fazendo uma importante reflexão da sociedade e de seus desdobramentos ao futuro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gostei parece ser muito importante essa leitura, nos mostra uma realidade que pode acontecer no futuro. Já tinha imaginado o futuro das próximas gerações, que possivelmente faltará água, sem o verde, muita poluição e sem animais e muito calor e tudo isso será nossa culpa por não cuidarmos do planeta e preservá-lo, só damos valor as coisas quando não tem enquanto tem esbanjamos, estou generalizando mas sabemos que tem as exceções que se preocupam, procuro fazer minha parte e conscientizar meus filhos sobre o assunto. Pequenos cuidados podem fazer a diferença.

    ResponderExcluir
  10. Interessante.. tbm quero um anel assim, ou não?? não sei é complicado.. gostaria de ver o futura mais tbm não gostaria.. bom vamos ler pra ver o que dá se ela consegue salvar alguem

    ResponderExcluir
  11. Numero de paginas é bem pequenas, acho que leitura bastante rápido por isso, além de ser historia bastante gostosinho de ler.
    Eu adoro livro que relata o planeta em um ano bem distantes do nosso, pois me faz refletir de como será daqui a centenas de anos.
    Outra coisa que gostei bastante é toque de fantasia que livro possui, isso me encanta neste tipo de gênero

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro, mas tenho dois ou três livros do autor na estante. Ele parece se dedicar bastante a esses livros voltados pro público infantojuvenil mas que deveriam ser lidos por todos!
    Achei a premissa bem interessante apesar desse sonho fazer um nó na nossa cabeça, misturando presente e futuro, mas pelo jeito é uma leitura daquelas obrigatórias, que fazem a gente refletir e mudar nosso jeito de ser. Já quero!

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!