[Resenha] O verão em que salvei o mundo... em 65 dias

O verão em que salvei o mundo...em 65 dias - Michele Weber Hurwitz

O verão em que salvei o mundo... em 65 dias - Michele Weber Hurwitz
Sinopse - Rocco Jovens Leitores - 2017 - 288 páginas


Nina tem 13 anos e se sente sozinha desde a morte da avó, um ano atrás. Seus pais são advogados de divórcio, sempre estão ocupados e só sabem falar no atual caso em que estão trabalhando; Matt, seu irmão mais velho, mal para em casa, e sua melhor amiga, Jorie, só fala de maquiagem e garotos, coisas que não atraem a atenção de Nina.

Certo dia, ao ver sua vizinha, a Sra. Chung, tentando plantar cravos com a perna engessada, Nina decide fazer uma boa ação anônima e plantar as flores por ela. Não era costume de Nina ajudar as pessoas, mas ela percebe o quanto isso a deixa feliz e como boas ações são capazes de mudar a vida das pessoas. Assim, Nina decide fazer uma pequena coisa boa por dia (pode ser uma palavra, um gesto, um presente ou uma ajuda) durante o verão inteiro, para a vizinhança todinha.

“O Verão em que Salvei o Mundo em 65 Dias” é um livro que me conquistou completamente, me apaixonei pela vizinhança de Nina e por essa garota tão boa que tenta ajudar a todos, gostei muito de Thomas, um garotinho que vive brincando com sua capa de super-herói e “pegando ladrões”; do sr. Dembrowski, o vizinho misterioso que nunca sai de casa e de Eli, o irmão mais velho de Thomas e amigo de Jorie e Nina.

O ponto alto do livro foi acompanhar Nina conhecendo melhor sua vizinhança, as pessoas que viveram a vida toda na casa o lado, mas com as quais ela nunca teve muita afinidade. Nina descobriu que alguns de seus vizinhos não eram como imaginava e que todos tinham problemas assim como ela, a garota acabou por unir os moradores do lugar que chamava carinhosamente de Crescente Fértil e fazer deles pessoas mais felizes.

O livro é narrado em primeira pessoa por Nina (a narrativa é tranquila e me prendeu na leitura) e possui um pouco de romance e drama. Já que o foco do livro são as relações entre os personagens, achei um pouco desnecessário um triângulo amoroso que surgiu na história, mas isso não afetou a leitura (e adorei como ele acabou).

A diagramação me encantou, adorei as flores no começo de cada capítulo e essa capa maravilhosa e colorida, combinando com o clima esperançoso que a trama passa ao leitor.

Esse livro entrou para os meus favoritos, principalmente por seu final maravilhoso, e me inspirou a fazer boas ações também, ou pelo menos a ser mais legal, haha. Fiquei refletindo sobre como as pessoas seriam mais felizes se reparassem mais nos detalhes e nas coisas pequenas do dia a dia que nos fazem bem. Recomendo para todo mundo essa leitura linda e inspiradora.

Beijos bondosos... 
Essa leitura foi uma cortesia da Editora Rocco.

Curtiram? Comentem e concorram ao nosso Sorteio:


7 comentários

  1. oi Sam,eu ja tinha ficado apaixonada pela capa, o enredo em si também é maravilhoso! eu com certeza lerei, esta na listinha
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho a ideia desse livro maravilhosa e se todos resolvêssemos adotar as ações dessa protagonista, aplicar pequenas boas ações, tenho certeza que a vida seria bem melhor :) A capa é fofa, não gostei da questão do triângulo (nem precisava romance propriamente dito, que dirá triângulo rsr), mas como você disse que passa rápido e não atrapalha, curti. Dica anotada, espero ter a oportunidade de ler o livro em algum momento próximo :D

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Realmente a capa é muito bela...e nos traz alegria assim que se olha!
    E a sua resenha foi muito boa...fiquei encantada com a descrição, sem contar os detalhes...já coloquei esse livro na minha listinha ...
    E com certeza...as boas ações que fazemos aos outros, nos traz muitas alegrias...pois é algo maravilhoso...quero muito ler o livro, pois o Nosso Mundo está precisando mais disso...de pessoas que olhem realmente para a outra pessoa...para as coisas simples e lindas do dia a dia.
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Já é a segunda resenha que leio sobre o livro e me apaixonei pela atitude dessa garotinha, apaixonei pela capa e com certeza nunca vou ler nada parecido e o espirito da historia é esse mesmo.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  5. Que exemplo de inspiração, as pessoas deveriam seguir o exemplo da personagem e serem solidarias umas com as outras e se ajudarem de alguma forma, pois um pouco que seja já torna o dia de alguém feliz. Só não entendi porque ela ajudava em anonimato e uma coisinha que não me agradou esse triângulo amoroso odeio isso. De resto a personagem parece ser uma fofa e nos deixa refletindo sobre nossas ações do dia a dia.

    ResponderExcluir
  6. Sam!
    Tão bom quando um livro nos faz enriquecer e traz grande aprendizado para nossa vida, não é mesmo?
    Se todos fizéssemos diariamente atos que beneficiassem outras pessoas, por mínimos que fossem, o mundo estaria bem melhor.
    Quero ler, porque é uma leitura enriquecedora.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  7. A capa é fofa! Acho que vale a pena ler livros que mostram um pouco do cotidiano das pessoas, assim aprendemos que todos podem ter alguma coisa de boa para nos ensinar.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!