[Resenha] A Ordem dos Clarividentes

A Ordem dos Clarividentes - Samantha Shannon

A Ordem dos Clarividentes - Samantha Shannon
Série Bone Season - Livro 02
Sinopse - Fantástica Rocco - 2017 - 400 páginas


“A Ordem dos Clarividentes” consegue superar o surpreendente e original “Temporada dos Ossos”: ação, aventura, confrontos violentos, paixão arrebatadora, idealismo, emoções a flor da pele, fazem da trama uma experiência envolvente e cativante, Paige é uma protagonista espetacular e apaixonante que nos surpreende a cada página.

“Algumas revoluções alteram o mundo em um dia. Outras levam décadas, séculos ou mais… A minha começou com um momento e uma escolha. A minha começou com o brotar de uma flor em uma cidade secreta na fronteira entre dois mundos.”

A temática sobre um sistema totalitarista que tolhe o direito à vida dos “diferentes”, no caso clarividentes, é no mínimo impactante e a brilhante protagonista Paige Mahoney pretende desafiar essa “nova Inquisição”, mas para isso precisa trazer a tona “sua própria voz”, já seu Mime Lord é absolutamente contrário a isso, portanto seu maior oponente, base do conflito da trama.

“As palavras, minha andarilha... as palavras são tudo. As palavras dão asas até àqueles que foram pisoteados, destruídos, sem chave de conserto...”

Paige conseguiu fugir de Sheol I, de volta a Londres agora ela é uma fugitiva que anda nas sombras e terá que renovar alianças pouco confiáveis para sobreviver, resistir e enfim lutar.

Uma mariposa negra vai nascer do sangue de líderes traidores...

Garota perdida, fugitiva audaz, concubina sangrenta, rebelde contumaz, revolucionária, uma saltadora, uma andarilha onírica que possui o dom da 7ª Ordem de clarividência, o mais alto grau. Contudo o desafio de Paige será dominar seu dom para usá-lo em sua causa.

“Não era mais apenas importante que eu vencesse. Era imperativo. E eu precisava acreditar que conseguiria fazer isso; que eu era mais que apenas a Onírica pálida, a protegida do agregador Branco, a escrava rebelde, a andarilha onírica.”

Com personagens cativantes nos apaixonamos pela trama: Nick, Eliza, Zeke, Danica, Bocacortada, Hector, Madre Superiora, A Malvada, O homem esfarrapado e ossudo, Minty, Alfred, o fascinante Jaxon Hall e “off course” Arcturus Mesarthim, “ o Mestre”.

Divididas em seis cortes, as gangs de Londres vão lutar entre si pela liderança do Sindicato dos clarividentes, depois de acontecimentos nefastos que envolvem conspiração, assassinato, tráfico, traição, poder, ambição… Em um embate final ééééépico!

Com uma conclusão eletrizante, aguardamos ansiosamente o volume III.
Samantha Shannon é realmente Fantástica.
Top no quesito distopia.

 Série Bone Season


3. The Song Rising (2017)*
*ainda não publicado no Brasil
Essa leitura foi uma cortesia da Editora Rocco.
Aguardamos seus comentários! By.:.

2 comentários

  1. Oi Elis!
    Eu gosto de distopias e me interessei pela temática da história.
    Não li o primeiro volume da série, mas agora fiquei com vontade rsrs
    Adoro protagonistas fortes como Paige e amo cenas de aventuras *-*
    Obrigada pela dica de leitura :)

    ResponderExcluir
  2. Rosem!
    Nossa! Paige parece muito destemida e espero que ela consiga dominar seu dom e usá-lo a favor da causa.
    Gosto muito de livros com dons e poderes.
    “Como eu não tenho o dom de ler pensamentos, eu me preocupo somente em ser amigo e não saber quem é inimigo. Pois assim, eu consigo apertar a mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria por mim o mesmo.” (Desconhecido)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!