[Resenha] O mistério dos cavalos alados

O mistério dos cavalos alados - Megan Shepherd

O mistério dos cavalos alados - Megan Shepherd
Sinopse - Editora Plataforma 21 - 2017 - 208 páginas


“O Mistério dos Cavalos Alados”, de Megan Shepherd é um livro de realismo fantástico ambientado na época da Segunda Guerra Mundial, em um hospital infantil dirigido por freiras. Emmaline é uma paciente desse hospital, e aparentemente, a única que vê cavalos alados vivendo dentro dos espelhos, um segredo que guarda para si.

Certo dia, um desses cavalos aparece ferido no jardim do hospital, Emmaline recebe uma carta de um tal “Lorde dos Cavalos” e descobre que Lume de Luar (a égua em questão) está sendo caçada por uma força sombria, o Corcel Negro, um cavalo alado que assim como Lume, atravessou do mundo dos espelhos para nosso mundo.

O Corcel Negro só consegue suportar a luz do luar, as cores do arco-íris o afastam e ferem seus olhos. Emmaline precisa cuidar de Lume e encontrar um objeto para cada uma das cores do arco-íris e assim afastar o Corcel quando chegar a lua cheia, ocasião em que ele poderá ver Lume claramente e matá-la. Como a égua está ferida, não teria como se proteger ou fugir.

Esse foi um livro muito tocante por ter sido narrado por uma criança forte e determinada, aparentemente inocente, mas com muita sabedoria dentro de si, que está lutando duas guerras: uma pela salvação de Lume e outra para sobreviver às águas paradas (como ela chama sua doença). Além disso, a guerra “verdadeira” enfrentada pelos soldados de seu país está se desenrolando e algumas lembranças não tão felizes de seu passado perseguem a garota, que também foi afetada.

Gostei muito de todos os personagens, mas principalmente de Anna, melhor amiga de Emmaline, a dona dos lápis de cor que imitam as cores do arco-íris, a garota que mesmo sem conseguir sair da cama, foi fundamental em momentos que ninguém mais conseguiu. Também gostei de Thomas, ele trabalha no orfanato e só possui uma das mãos, por isso não pode ir para a guerra, é um homem misterioso e subestimado pelos outros, com muito potencial dentro de si.

A história inteira é ambientada no hospital, nos quartos dos pacientes, no jardim, em um abrigo (durante uma simulação de ataque aéreo). Emmaline está o tempo todo sob supervisão, quase como se estivesse presa, refém da guerra e de sua saúde. Em alguns momentos achei um pouco cansativo ficar lendo sobre a rotina da personagem, mas depois da página 50 a história se torna muito mais dinâmica, pois Emmaline vai atrás das cores que necessita para salvar Lume e sua personalidade começa a aparecer.

Recomendo muito a leitura de “O Mistério dos Cavalos Alados” para quem gosta de livros com drama, elementos históricos, crianças e um lindo toque de fantasia.

Essa leitura foi uma cortesia da Plataforma 21.
Aguardamos seus comentários!

10 comentários

  1. SAm!
    Bom ver que o livro é um amorzinho.
    Achei a história bem elaborada e bem sensível, porque além da fantasia, da para perceber que a protagonista tem a sensibilidade aguçada e mesmo ingênua, tenta fazer o que é o melhor.
    E a dúvida em relação ao significado das visões dos cavalos alados é bem intrigante, né?
    Quero poder ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Samantha, eu gostei muito da sua resenha. Recentemente eu estava procurando um livro leve para ler em uma tarde e me deparei com este livro. Eu também gostei muito de fazer a leitura. É verdade que achei a protagonista meio birrenta e a história um pouco lenta, mas no geral achei uma leitura gostosinha.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Que capa linda! E a premissa do livro me encantou e emocionou. Espero poder conferir essa leitura, pois tenho certeza de que oferece uma mensagem que toca fundo no coração.
    Excelente resenha, parabéns.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Gosto de livros que relatam um pouco da Guerra, e gostei da indicação de hoje em especial por ele ter uma boa dose de fantasia. Percebi o quanto a protagonista é forte e determinada por querer salvar o cavalo e a sua própria vida pela doença. Um livro sensível que preciso ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, cada vez me surpreendo mais com a infindável criatividade dos autores em abordar a Segunda Guerra, e essa autora realmente se destaca por usar de metáforas para passar algumas mensagens, tudo no ponto de vista de uma protagonista forte e determinada. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Quero ler adoro drama e fantasia, parece ser comovente e mexer com o leitor, devido ser em um hospital e os personagens estarem doentes, fiquei impressionada com a personagem e sua amiga que mesmo vivendo um momento difícil batalham ajudando Lume.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro, gosto muito de realismo fantástico de história ambientado na época da Segunda Guerra Mundial e além disso com animais e crianças, essa resenha me deixou bastante interessada em conferi isso tudo.

    ResponderExcluir
  8. oi, a trama tem aquele ar de deixar ciscos cairem nos olhos, curti! além do que trata da segunda guerra, adorei

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Confesso que no começo a história não estava me chamando a atenção, mas no decorrer da resenha você me fez ficar com vontade de conhecer esta obra.

    ResponderExcluir
  10. Oi! Amo fantasia! O livro me despertou interesse e a capa é maravilhosa! Adoro livros narrados por crianças, torna a história bem mais tocante e fofa. Quero muito ler pra saber o final da história. Beijoss

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!