[Resenha + Vasculhando] O Elevador Ersatz

O Elevador Ersatz -  Lemony Snicket

O Elevador Ersatz -  Lemony Snicket
Desventuras em Série - Livro 06
Sinopse - Editora Seguinte - 2003 - 232 páginas


Na sexta desventura dos irmãos Baudelaire (Violet, Klaus e Sunny), não restam mais dúvidas de que Conde Olaf é um vilão horrível e perverso e não vai descansar até colocar as mãos na fortuna dos órfãos, que agora estão a caminho da casa de mais dois tutores: Esmé e Jerome Squalor, um casal riquíssimo que mora na Avenida Sombria, em um prédio alto com apartamentos gigantescos cheios de salas inúteis.

Esmé é uma mulher que liga muito para o que está na moda (ou melhor, para o que está in) e toda a sua vida se baseia nisso, ela é a sexta consultora financeira mais importante da cidade e só cuidará dos órfãos pois eles estão in. Mas quando os Baudelaire chegam no prédio dos Squalor, os elevadores e a iluminação estão out, isso faz com que eles tenham que subir muitos e muitos degraus a pé e no escuro.

Embora Violet, Klaus e Sunny tenham sido bem recebidos pelos seus novos tutores, logo deram de cara com Conde Olaf, dessa vez, disfarçado de Gunther, um leiloeiro que está ajudando Esmé a organizar um leilão de artefatos in. As crianças estão com um grande problema, já que Esmé não liga para elas e confia cegamente em Gunther e Jerome é facilmente manipulado pela mulher, odeia discutir e prefere deixar as coisas como estão.

Além disso, há alguns mistérios do volume anterior que precisam ser desvendados e que possuem relação com Olaf, será que os órfãos encontrarão pistas e acharão o que tanto procuram?

Estou surpresa com a capacidade de “Lemony Snicket” em escrever tantas tramas diferentes nessa série, a cada livro são novos cenários, novos personagens, disfarces, planos do mal... Os elementos a todo o momento se renovam e a cada pequena felicidade que temos, muitos momentos de ansiedade e nervosismo vêm pela frente.

Pensei ter descoberto os planos de Olaf desta vez, estava convicta que já tinha solucionado tudo, mas errei. Ainda tenho algumas teorias sobre alguns personagens e até mesmo o próprio autor (que é quase como um protagonista para a trama).

O que mais me chamou a atenção nessa desventura, foi como todos na cidade (ou pelo menos nos arredores da Avenida Sombria) poderiam ser manipulados facilmente por qualquer pessoa, pois só pensavam em agradar a sociedade, mesmo que isso significasse comer uma coisa que odiavam ou usar roupas feias iguais a de todo mundo só porque alguém disse que é in. O livro deixou uma boa reflexão.

Já comecei a ler o sétimo volume e sei que vem muita coisa por aí. Enquanto isso, estamos na torcida para que os Baudelaire finalmente desvendem todos os mistérios restantes.

Desventuras em Série


7. A Cidade Sinistra dos Corvos
8. O Hospital Hostil
9. O Espetáculo Carnívoro
10. O Escorregador de Gelo
11. A Gruta Gorgônea
12. O Penúltimo Perigo
13. O Fim

Vasculhando em quotes


Vasculhando em quotes se trata de vasculhar um livro e separar quotes relativos a alguns assuntos (sem spoilers), para dar a vocês uma noção do clima da história através dos detalhes - aparentemente superficiais - que fazem toda a diferença no contexto geral.

Cenário


“Em vez de postes de luz, havia árvores enormes a intervalos regulares ao longo da calçada, de um tipo que as crianças nunca tinham visto antes – e que mal podiam ver agora. No alto de um tronco grosso e espinhento, os galhos pendiam como roupa pendurada para secar (...)”

“(...) uma longa escadaria curva, feita de madeira, com um corrimão de metal que acompanhava as suas curvas. (...) alguém colocara mais velas a cada poucos degraus, de modo que a escadaria parecia ser formada por nada mais que curvas de luzes bruxuleantes que iam ficando cada vez mais pálidas à medida que a escada ia subindo, até não dar para ver mais nada.”

“Os divãs tinham almofadas bordadas com prata. As cadeiras eram todas pintadas com tinta dourada. E as mesas eram feitas de madeira extraída de algumas das árvores mais caras do mundo.”

“Havia retratos de salmões nas paredes, e desenhos de salmões no cardápio, e os garçons e garçonetes vestiam fantasias de salmão, o que tornada difícil para eles carregar travessas e bandejas.”

Culinária


“O garçom fantasiado primeiro trouxe para a mesa tigelas de sopa creme de salmão e depois, como prato principal, um pouco de salmão na brasa com acompanhamento de ravióli de salmão ao molho de manteiga de salmão (...)”

“Os martínis aquosos estão out, e refrigerantes de salsa estão in!”

Moda


“(...) viram um homem que usava um chapéu de aba larga e um casaco grande demais para ele. As mangas do casaco cobriam-lhe as mãos completamente, e a aba do chapéu cobria a maior parte do seu rosto.”

“(...) revelando um homem alto, usando um terno com listras compridas e estreitas de cima até embaixo. Esse tipo de terno é chamado de terno risca-de-giz e normalmente é usado por pessoas que, ou são astros de cinema, ou são gângsteres.”

“Nos pés de Olaf havia um par de lustrosas botas de cano alto que chegavam quase até os joelhos – do tipo de botas que alguém poderia usar para andar a cavalo.”

“(...) e os órfãos Baudelaire partiram para o trabalho, tirando os pijamas e vestindo uma indumentária apropriada para descer escadas, calçando os seus sapatos mais resistentes e enfiando pares de meias sobressalentes nos bolsos.”

Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários! Beijos ersatz...

9 comentários

  1. Estou louca para adquirir Desventuras em Série, só falta uma boa promoção para a minha alegria! Rsrs.
    Conde Olaf é um tremendo vilão e sempre tem um bom disfarce para pegar a herança das crianças. O lado bom é que sempre termina bem para Violet, Klaus e Sunny depois de passar por vários apuros.
    Quero a próxima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Das histórias de Desventuras em Série conheço somente aquelas que foram contadas no filme e na série. Gostei das duas adaptações e estou ansiosa para assistir a segunda temporada.
    Ainda não conhecia essa história e achei incrível como as maldades de Olaf não tem limites. Gostei de saber que, apesar de todas as desventuras, ele traz uma boa reflexão.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. oi Sam, a vida desses irmãos não é nada facil, né?
    que agonia ver o desenrolar de mais uma desventura
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, é ótimo saber que o ritmo da série continua acelerado, pois parei no quinto livro e pretendo continuar em breve. O que me incomoda um pouco no livro é o fato de tudo ser fácil para o antagonista, como se já soubéssemos o que vai acontecer. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. SAm!
    Infelizmente tem muito da nossa sociedade nesse exemplar, afinal, todos querem viver de aparências e se deixam levar pela pessoas que aparentemente tem poder, tremendo absurdo.
    E essas crianças quando terão paz e não serão mais perseguidos pelo tal conde Olaf?
    Uma semana esplendorosa!
    “O amor é a única loucura de um sábio e a única sabedoria de um tolo.” (William Shakespeare)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li esta serie, porém vontade é o que não me falta. Esses dias eu ia comprar o box, mas acabei deixando para outra ocasião.

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Tenho muita vontade de ler essa série, pois sempre me encanto com as resenhas sobre os livros. Conheço apenas o filme, pois ainda não comecei a assistir a série na tv.
    Ótima resenha. Espero ter a oportunidade de fazer a leitura em breve!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nenhum livro dessa série, tenho muita vontade, parece ser super interessante e cada resenha que vejo dos livros me deixa ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  9. Quero ler essa série que é bem comentada, que bom que esse volume tem mistério (adoro) em relação ao Conde Olaf fiquei me perguntando o que pode ser que aquele vilão esconde rs. É interessante como o Conde arruma esses planos dele cada livro é um diferente. Nossa tudo é in que pessoal esse que só vai no embalo porque esta na moda af rs.

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!