[Resenha] A Parte que falta

A Parte que falta - Shel Silverstein

A Parte que falta - Shel Silverstein
Sinopse - Companhia da Letrinhas - 2018 - 112 páginas


O autor e ilustrador “Shel Silvertein” reflete com maestria em “A Parte que falta” como a simplicidade pode dizer mais ao coração que mil palavras, e o resultado disto é que sua preciosa escrita dedicada às crianças vem encantando milhares de adultos e causando “frisson” nas redes sociais. Por que será?

“Faltava-lhe uma parte. E ele não era feliz.”

Assim começa a história, e o leitor está diante de um protagonista que em duas frases nos propõe dois grandes temas: a falta como incompletude e a busca da felicidade.

“Então partiu em busca de encontrar a outra parte.”

Trata-se de uma jornada heroica repleta de aventuras, encontros e desencontros. O que mais nos cativa no protagonista é sua resiliência, nada vai afastá-lo de seu objetivo. Magnífico.

Se a jornada “vida” é cheia de surpresas agradáveis, é preciso apreciá-las e se desagradáveis, temos que superá-las, e isso é ricamente explorado no enredo com suas delicadas ilustrações de abstração mágica.

E às vezes quando menos esperamos algo acontece:

“Bem, talvez não queira ser minha.”
“Talvez eu queira.”

Embora aquilo que às vezes pensamos que precisamos não seja realmente o que necessitamos, há sempre uma troca a ser feita, escolhas, tudo muda o tempo todo, talvez completude seja outra coisa e felicidade olhar com novos olhos o invisível. Quando entendemos que existem infinitas possibilidades percebemos que é inevitável trilhar novos caminhos, partir em uma nova jornada.

Esse é um livro que todo ser humano deveria ler.
Inigualável e poderoso.

Essa leitura foi uma cortesia da Companhia das Letras.
Aguardamos seus comentários! By.:.

8 comentários

  1. Olá! Nossa não conhecia esse livro, essa resenha me deixou bastante curiosa em conferi isso tudo, parece super interessante, leitura indispensável!

    ResponderExcluir
  2. Rosem!
    Deve ser um daqueles livros simples, porém que nos fazem repensar muitas coisas em nossas vidas, principalmente se essa parte que falta é realmente necessária.
    Gostei!
    Maravilhoso final de semana!
    “Eu gosto de escutar. Eu aprendi muito escutando cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca escuta. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Rosem, fiquei bem curiosa! o enredo é intrigante
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Patricia Queiroz21 de maio de 2018 15:02

    Essa primeira frase já vai lá no fundo.. Em algum momento sentimos que está nos faltando algo, mas o que? Deve ser bem reflexivo.

    ResponderExcluir
  5. Já havia visto o livro, não é meu tipo de leitura mas gostei bastante da mensagem que ele tenta passar.
    As vezes é bom ler algo bem reflexivo.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bem escrito, aborda vários temas!! Gosto de livros que nos ensinam alguma coisa de bom!! Acho que no final ele dever passar uma mensagem positiva!!

    ResponderExcluir
  7. Bom, na resenha do segundo livro comentei q me interessei por uma frase q vc mencionou mas q não sei se consigo ler uma poesia, pois quer saber, vou ler nem q seja uma pagina por dia, mas confesso q esse livro o primeiro me chamou mais atenção do q o segundo, este me parece mais profundo, enquanto o outro veio só para esclarecer algumas "lacunas" se assim posso chamar.
    Só lendo para confirmar tal procura q o livro menciona.

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro nem vi nenhuma resenha dela alem dessa mas posso dizer que me chamou bastante atenção e quer ler o livro ja kkk amo ler demais, por mim eu ia ler tds os livros existentes.
    bjim

    ResponderExcluir

Esse espaço também é seu!
Vou adorar saber a sua opinião passional :)
Seu comentário será publicado em no máximo 24 horas.
Beijos!