Vitrine Grupo Companhia das Letras * Julho

Olá Amigos Passionais!!!
Confiram os destaques do mês do Grupo Companhia das Letras:

Graça e fúria, de Tracy Banghart
Graça e fúria, de Tracy Banghart - Em Viridia, as mulheres não têm direitos. Em vez de rainhas, os governantes escolhem periodicamente três graças — jovens que viveriam ao seu dispor. Serina Tessaro treinou a vida inteira para se tornar uma graça, mas é Nomi, sua irmã mais nova, quem acaba sendo escolhida pelo herdeiro.

Nomi nunca aceitou as regras que lhe eram impostas e aprendeu a ler, apesar de a leitura ser proibida para as mulheres. Seu fascínio por livros a levou a roubar um exemplar da biblioteca real — mas é Serina quem acaba sendo pega com ele nas mãos. Como punição, a garota é enviada a uma ilha que serve de prisão para mulheres rebeldes. Agora, Serina e Nomi estão presas a destinos que nunca desejaram — e farão de tudo para se reencontrar. SEGUINTE

A louca dos gatos, de Sarah Andersen
A louca dos gatos, de Sarah Andersen - A terceira coletânea da cartunista Sarah Andersen traz novas tiras que retratam os desafios de ser um jovem adulto num mundo cada vez mais instável. Os quadrinhos de Sarah Andersen são para todos que precisam lidar com níveis de ansiedade cada vez mais alarmantes, que sentem que o mundo está à beira do colapso e que se esforçam para sair ao menos um centimetrozinho da zona de conforto. Ou seja, é basicamente um manual de sobrevivência para os dias de hoje. Além de suas tirinhas sagazes e encantadoras, a autora, que já reuniu mais de 2 milhões de fãs no Facebook, traz também ensaios ilustrados com dicas para os artistas aspirantes aprenderem a lidar com críticas, ignorarem os trolls na internet e não desistirem de mostrar seu trabalho. SEGUINTE

Homem-objeto e outras coisas sobre ser mulher, de Tati Bernardi
Homem-objeto e outras coisas sobre ser mulher, de Tati Bernardi - Reunião das melhores crônicas de uma das mais irreverentes escritoras contemporâneas. Desde que começou a escrever semanalmente para a Folha de S.Paulo, em 2013, Tati Bernardi não parou de conquistar leitores. Com sua prosa hilariante de inteligência frenética, ela se tornou uma das principais críticas dos costumes da classe média “meio intelectual, meio de esquerda” — usando aqui a expressão cunhada por Antonio Prata, autor da mesma geração. Homem-objeto reúne seus melhores textos e traz uma crônica inédita, “Meu marido joga videogame”, que retrata um dos temas que se sobressaem no conjunto, não apenas pela recorrência, mas pela originalidade e destemor com que é tratado: a experiência de ser mulher no mundo contemporâneo. COMPANHIA DAS LETRAS

A criança no tempo, de Ian McEwan
A criança no tempo, de Ian McEwan - Um romance contundente sobre a dor do desaparecimento de um filho. Numa ida rotineira ao supermercado, Stephen Lewis, escritor bem-sucedido de livros infantis, se depara com a maior agonia de um pai: Kate, sua filha de três anos, desaparece sem deixar rastros. Numa imagem terrível que se repete ao longo dos anos seguintes, ele percebe que a garota não vai voltar. Com ternura e sensibilidade, Ian McEwan nos leva ao território sombrio de um casamento devastado pela perda de um filho. A ausência de Kate coloca a relação de Stephen e de sua esposa Julie em xeque, enquanto cada um deles enfrenta à sua maneira uma dor que só parece se intensificar com o passar do tempo. A criança no tempo discute temas como ausência, luto, culpa e as marcas indeléveis que um acontecimento pode deixar em uma família. Um romance surpreendente de um dos melhores escritores de sua geração. COMPANHIA DAS LETRAS

A máquina do tempo, de H. G. Wells - O primeiro e mais famoso livro sobre viagem no tempo chega em edição especial, com ilustrações inéditas, tradução primorosa e extras. Ao contar a história de um cientista inglês que embarca em uma fabulosa jornada a um mundo futuro, desconhecido e cheio de mistérios, H. G. Wells inaugura um dos principais temas da ficção científica. A bordo de sua Máquina do Tempo, o cientista que narra esta história parte do século XIX para o ano de 802701. Nesse futuro distante, ele descobre que o sofrimento da humanidade foi transformado em beleza, felicidade e paz. A Terra é habitada pelos dóceis Eloi, uma espécie que descende dos seres humanos e já formou uma antiga e enorme civilização. Mas os Eloi parecem ter medo do escuro, e têm todos os motivos para isso: em túneis subterrâneos vivem os Morlocks, seus maiores inimigos. Quando a Máquina do Tempo que levou o Viajante some, ele é obrigado a descer às profundezas para recuperá-la e voltar ao presente. SUMA

A origem do mundo, de Liv Strömquist
A origem do mundo, de Liv Strömquist - Por que as sociedades alimentaram uma relação tão esquizofrênica com a vagina ao longo dos séculos? Por que a menstruação é um tema apagado de nossa cultura quando costumava ser algo sagrado para os povos ancestrais? A origem do mundo escancara interditos e desafia mitos e tabus. Se “o pessoal é político”, como dizia o slogan da segunda onda feminista, iniciada nos anos 1960, Liv Strömquist criou um livro radical. Com humor afiado, a artista sueca expõe as mais diversas tentativas de domar, castrar e padronizar o sexo feminino ao longo da história. Dos gregos antigos a Stieg Larsson, das mulheres da Idade da Pedra a Sigmund Freud, de Jean-Paul Sartre a John Harvey Kellogg (o inventor dos sucrilhos), da fábula da bela adormecida a deusas hindus, de livros de biologia ao rapper Dogge Doggelito, Uma crítica hilária, libertadora e instrutiva sobre o sexo feminino. QUADRINHOS NA CIA

Ele: quando Ryan conheceu James, de Elle Kennedy e Sarina Bowen
Ele: quando Ryan conheceu James, de Elle Kennedy e Sarina Bowen - Ele é um romance erótico gay apaixonante. James Canning nunca descobriu como perdeu seu melhor amigo. Quatro anos atrás, seu tatuado, destemido e impulsivo companheiro desde a infância simplesmente cortou contato. O que aconteceu na última noite daquele acampamento de verão, quando tinham apenas 18 anos, não muda uma verdade simples: Jamie sente saudade de Wes. O maior arrependimento de Ryan Wesley é ter convencido seu amigo hétero a participar de uma aposta que testou os limites da amizade deles. Agora, prestes a se enfrentarem nos times de hóquei da faculdade, ele finalmente terá a oportunidade de se desculpar. Mas, só de olhar para o antigo crush, Wes percebe que ainda não conseguiu superar sua paixão adolescente. Jamie esperou bastante tempo pelas respostas sobre o que aconteceu com seu relacionamento com Wes, mas, ao se reencontrarem, surgem ainda mais dúvidas. Uma noite de sexo pode estragar uma amizade? PARALELA

Muito além do amor (O Amor Não Tem Leis, vol. 3), de Camila Moreira
Muito além do amor (O Amor Não Tem Leis, vol. 3), de Camila Moreira - No desfecho da série O Amor Não Tem Leis, finalmente conhecemos a história de Diego! Desde o começo de sua carreira como promotor, Diego Ferraz sempre foi guiado pelo seu senso de justiça. Quando Diego se depara com o caso de Larissa — vítima de abuso doméstico e mãe de Malu, uma adorável menina de 4 anos — sua vida vira de cabeça para baixo. Ele não consegue parar de pensar nessa linda mulher — que mesmo depois de ter sofrido tanto nas mãos de seu ex-marido, ainda consegue manter sua força, dignidade e, acima de tudo, doçura. Mais que um mero defensor da lei, Diego quer ser o protetor de Larissa e Malu. Quer passar o resto de seus dias ao lado delas, e mostrar o quão boa a vida pode ser quando nos permitimos amar e ser amados. Mas o coração de Larissa já foi machucado antes, e ela conhece melhor do que ninguém os perigos de se apaixonar perdidamente por aparentes príncipes encantados. CONTEÚDO ADULTO. PARALELA

Curtiram? Comentem! Beijos...

[Resenha] Reinado Imortal

Reinado Imortal - Morgan Rhodes

Reinado Imortal - Morgan Rhodes
Série A Queda dos Reinos - Livro 06
Sinopse - Editora Seguinte - 2018 - 424 páginas


“Reinado Imortal” é sexto e último volume da série “A Queda dos Reinos”, e foi com o coração ansioso pelo que aconteceu no final do livro anterior e triste pela série estar acabando que comecei a ler esse livro.

Nesta história, os protagonistas enfrentam um grande desafio: impedir os deuses elementares de dominarem o mundo e salvar alguns amigos que estão sofrendo com a influência desses deuses dentro deles (como uma possessão).

Também há outros problemas a serem resolvidos, antigos inimigos em busca de vingança, Lucia (uma das poucas que poderia ajudar a deter os deuses) está sem sua magia e existem muitos sentimentos em jogo, bem como uma pitada de magia negra.

“Não há necessidade de dominar o mundo todo. Não há necessidade de possuir todas as armas, todos os tesouros, toda a magia possível. É a liberdade que importa. (...) A liberdade de escolhermos nossa própria vida, nosso próprio caminho, sem um governante absoluto nos dizendo o que podemos ou não fazer. É por isso que eu luto.”

O livro manteve o ritmo durante toda a leitura, não houve um momento em que eu quisesse parar de ler, estava muito curiosa com o que iria acontecer. A autora optou por se aprofundar mais na relação de determinados personagens, curti bastante essa aproximação que alguns tiveram, uma delas foi um tanto inusitada tendo em vista a personalidade de cada um, mas rendeu ótimas cenas.

A ambientação continuou majoritariamente em Mítica, com poucas cenas em Kraeshia (o reino de Amara e Ashur), os lugares que os personagens frequentaram já eram velhos conhecidos dos leitores, mas foi legal visitá-los uma última vez.

Sobre o final do livro, não foi exatamente como eu esperava, mas gostei bastante da forma que a autora decidiu encerrar essa história, teve um leve suspense a respeito do futuro de um certo lugar, mas adoro quando histórias terminam assim. “A Queda dos Reinos” se tornou uma das minhas séries preferidas e espero ter a oportunidade de ler outros livros da Morgan Rhodes em breve!

Do dia 29 de junho a 1º de julho aconteceu em São Paulo a 2ª edição da FLIPOP, um festival de literatura pop organizado pela Editora Seguinte e mais 9 editoras parceiras. A autora Morgan Rhodes esteve presente no evento, onde concedeu uma entrevista muito legal falando sobre a série “A Queda dos Reinos” e sobre alguns outros livros. A autora foi super simpática durante toda a entrevista e a sessão de autógrafos. Adorei!


Série A Queda dos Reinos




Essa leitura foi uma cortesia da Editora Seguinte.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

[Resenha] O Dueto Sombrio

O Dueto Sombrio - Victoria Schwab

O Dueto Sombrio - Victoria Schwab
Duologia Monstros da Violência - Livro 02
Sinopse - Editora Seguinte - 2018 - 448 páginas



“O Dueto Sombrio” é o segundo volume da Duologia “Monstros da Violência”, uma obra de Fantasia Urbana onde atos de violência geram monstros. No primeiro livro, “A Melodia Feroz” (resenha aqui), quando a frágil trégua que sustentava a paz entre a cidade do Norte e do Sul despedaçou-se, derrubou consigo o sistema que mantinha os monstros mais ou menos sobre controle.

Após tudo o que enfrentaram juntos, Kate e August desenvolveram um forte laço de confiança e lealdade, mas em “O Dueto Sombrio”, precisam separar-se provisoriamente, para juntar os cacos de si mesmos e enfrentar as consequências de atos causados pelo fanatismo de alguns, a ganância de outros e pela violência de muitos.

Assim encontramos Kate transformada, ela agora é uma caçadora de monstros em Prosperidade e faz parte de um grupo denominado os Guardiões. Enquanto isso, em Veracidade, August se vê obrigado a liderar a FTF, que recrutou toda a cidade do Sul e os sobreviventes que migraram do Norte para lutar contra os monstros que ameaçam dominar o Sul, assim como fizeram com o Norte.

Entretanto, além dos Sunais (monstros que se alimentam de carne e ossos humanos), dos Malchais (monstros que se alimentam de sangue), de seu líder Sloan, sua comparsa Alice e suas tropas de Garras (humanos leais aos malchais que cometem crimes violentos a seu comando, gerando mais monstros a cada dia), uma nova e terrível ameaça está à espreita em Veracidade, um monstro Devorador de Caos, um inimigo que coloca Kate e August lutando lado a lado novamente.

Mas se a luta pela sobrevivência é tamanha, a luta pela sanidade é maior ainda. Diversos são os conflitos internos de Kate August, as duas vozes que se sobrepõem na narrativa em terceira pessoa escolhida por Victoria Schwab. Se os monstros do mundo são terríveis, nossos monstros internos podem ser piores e é nessa premissa que a autora apoia a construção de seus personagens no decorrer do livro.

Durante toda a leitura torci por Kate August como casal, essa “humana” e esse “monstro” ficam lindos juntos e se completam como poucos. Contudo, torci especialmente para os dois enquanto individualidades, para que tivessem a força necessária para lutar e não sucumbir às trevas. Utilizando o recurso da fantasia, a autora nos mostra que não importa o nosso DNA, nossa criação ou formação, são nossos atos que dizem quem realmente somos.

Outro elemento que me marcou demais nesse livro, foi o forte paralelo que pude traçar entre a história e o nosso mundo real, com a violência que atualmente permeia tudo. Como manter a violência afastada de nossas almas quando ela está por toda parte? Como alcançar e manter a paz interior quando temos que lutar pelo nosso espaço e por nossas vidas o tempo todo? Senti muita empatia por Kate, August e todos em Veracidade, e isso tornou a leitura super especial.

Adorei e recomendo!

Duologia Monstros da Violência





Essa leitura foi uma cortesia do Grupo Companhia das Letras.
Aguardamos seus comentários! Beijos...

Sorteio "Outsider"


Olá Amigos Passionais! Em parceria com a Editora Suma, o Arquivo Passional traz pra vocês o sorteio do lançamento "Outsider" de Stephen King, uma história envolvente, inquietante, surpreendente e genial! Confiram a resenha da Rosem AQUI e participem:

Regulamento
1) Ter um endereço de entrega no Brasil, deixar um comentário nessa postagem e preencher corretamente o formulário Rafflecopter.

Chances Extras
Seguir o Arquivo Passional no GFC
Comentar na Resenha de "Outsider"
Comentar nas Postagens de JULHO de 2018
Curtir o Arquivo Passional e a Editora Suma no Facebook
Seguir o Arquivo Passional e a Editora Suma no Twitter
Adicionar no Google+  | Compartilhar a Promoção | Twittar a frase promocional

Inscrições até 31/07/18 * Resultado até 05/08/18
O vencedor será avisado por e-mail e terá 72 horas para retornar o contato. O prêmio será enviado pela EDITORA SUMA em até 60 dias. Será responsabilidade do ganhador fornecer seu endereço corretamente e assegurar-se de que haja alguém em casa para receber a encomenda. Não nos responsabilizamos por danos, demora ou extravios durante o transporte. Esta atividade é de caráter exclusivamente cultural e a participação é voluntária e gratuita. Ao se inscrever, o participante declara concordar com as regras aqui descritas.

Boa sorte e beijos...